sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

RECONCILIAÇÃO - Celebração Penitencial - preparação para o Natal

Domingo, dia 21, às 17h00 na Capela de S. Martinho


Nesta tarde, preparemos o coração para receber a Luz que vem iluminar as nossas trevas, e deixemos de lado todas as azafamas que nos tiram o verdadeiro sentido do mistério do Natal. O Menino vem ao nosso encontro e temos que recebê-lo libertos de todo o egoísmo e na simplicidade do amor e da bondade.

FOTO PARA O PRESÉPIO - da tua casa ou da tua família


Todas as famílias são convidadas a trazer para as missas este fim-de-semana, uma foto da sua família ou da sua casa para fazer parte do presépio em cada centro litúrgico. A foto pode ser identificar a foto na parte de trás.

MISSA COM A CATEQUESE - Celebração de Natal

Sábado, dia 20, às 15h00 na Capela de S. Martinho
(Não há catequese por grupos, por isso a celebração é às 15h00)
O concurso de Presépios tem estado a decorrer muito bem, e já foram entregues muitos, mas ainda  esperamos que tragas o teu! 
TRAZ TAMBÉM UMA FOTO DA TUA CASA OU DA TUA FAMÍLIA, PARA COLOCAR NO PRESÉPIO.

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

ORAÇÃO TAIZÉ - Porto, Igreja da Taipas

video
Deus é amor, atreve-te a viver por amor
Deus é amor, nada há a temer

ORAÇÃO TAIZÉ

O 10º. ano participou ontem na Oração Taizé, 
realizada na Igreja das Taipas, no Porto. 
 Momento belo de oração, música, reflexão, 
interiorização da Palavra, silêncio e muita LUZ!
  Luz da Paz vinda de Belém, 
 que ali foi dada a todos os participantes,
cuja missão é agora partilhar-la. 
 
 "Para que este gesto de partilha
 leve o amor do Menino Deus a todos quantos a receberem e, 
através dela, a sua mensagem de Paz e Salvação.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

PARABÉNS AO PAPA! Natal de Jesus no natal do papa Francisco

No dia 17 de dezembro de 2014, em que o papa Francisco completa 78 anos.

"Deus está a chegar. O Natal recorda-nos que veio uma vez, que vai voltar, e convida-nos a que o recebamos todos os dias. Convida-nos a que todos os dias nos encontremos com Ele. Natal é a festa do encontro, do encontro da primeira vez, da esperança do encontro da última vez e do encontro diário. Do encontro com Jesus. Natal é encontrar Jesus."

VEM SENHOR JESUS!

Maranatha, Maranatha. Aleluia, Aleluia.
Vem Senhor Jesus, vem Senhor Jesus
despertar o coração dos homens,
iluminar as trevas deste mundo.

Deus de bondade e amor, vem visitar o teu povo.
Aleluia, aleluia.

Sol de justiça e verdade, vem despertar as nações.
Aleluia, aleluia.

Guia seguro e fiel, vem conduzir os errantes.
Aleluia, aleluia.

Fonte de vida e de paz, vem fecundar toda a terra.
Aleluia, aleluia.

Verbo eterno de Deus, vem renovar a esperança.
Aleluia, aleluia.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

CATEQUESE do 10º ano - encontro/reflexão /oração e convívio

 Quarta-feira, dia 17, de dezembro
a partir das 16h00, no centro paroquial
Terminam com Oração de Taizé, 
21h30, na Igreja das Taipas, no Porto.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CEIA DE NATAL DOS CATEQUISTAS

Nesta noite, os catequistas foram recebidos 
com mesas muito bonitas, decoradas pelo 1º e 6º ano.
Estrelas prendiam os guardanapos e, 
em cada estrela uma mensagem de Natal.
 
 Um centro a decorava a mesa principal.
As lembranças vão chegando e 
são numeradas para a troca de prendas.
Os lugares iam-se compondo, com pratos 
e outros artefactos alusivos à época.
Na cozinha, as chefes Otilia Silva Silva, Fátima Cavadas, 
Céu e Rosalina,  afadigavam-se e esmeravam-se.
Antes de se iniciar o jantar, tempo para algumas palavras
 do Rev. Pe. José M Costa Lima aos catequistas, 
seguido de um momento de oração.
 Catequistas e familiares em animação à volta da mesa.
 E eis que chega o apetitoso bacalhau e companhia!
 As meninas, sempre bonitas a sorrir.
 E as catequistas a dar um ar da sua graça...
 "Olha pra mim... tão elegante! Melhor que o teu Paulo!
Para “quebrar” a tentação de depois da couvada
ir a correr para a sobremesa, foi passado
um pequeno filme, feito com as crianças do 1º ano, 
 e com perguntas pertinentes sobre o nascimento de Jesus, 
mas se este ocorresse nos dias de hoje.
Foi bonito e resultou muito bem!
 "Assalto" às sobremesas! Depois queixam-se da "linha...!
 Chegados à distribuição das lembranças, é preciso ter folgo 
para chamar os contemplados!
Vivem-se momentos hilariantes com as prendas e aqui
ficamos a saber que o Gil já tem uma caneca no enxoval!
 A Fátima,
 parece que também quer uma caneca igual à da Otília!
 E, com esta lembrança, nunca o seu dono
 se vai esquecer de quando a recebeu!
 Uma bonita caixa que, ao que sabemos já está a ser útil!
 A nossa mais "jovem" presença, a D. Aninhas,  
que será catequistas para sempre, e
estava com o ar mais jovial da noite!
Uma excelente noite de convívio de muita partilha
 e ALEGRIA.
FELIZ NATAL COM JESUS!

Todas as fotos da Ceia de Natal em  http://1drv.ms/1A7F8Jm

SESSÕES BÍBLICAS - Grupo Bíblico paroquial

Com o P. Luís Castro, do Seminário da Boa Nova
Segunda-feira, dia 15, às 21h30 no centro paroquial
(Será a primeira de seis sessões, ao longo deste ano de pastoral)

domingo, 14 de dezembro de 2014

DOMINGO III DO ADVENTO - O Domingo da Alegria

Alegrai-vos no Senhor, alegrai-vos,
porque o Senhor está perto!

Abençoastes, Senhor, a vossa terra
restaurastes os destinos de Jacob

Perdoastes a culpa do vosso povo,
esqueceste todos os seus pecado.

Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia
e dai-nos a vossa salvação

A sua salvação está perto dos que O temem
e a sua glória habitará na nossa terra

Encontram-se a misericórdia e a fidelidade,
abraçaram-se a paz e a justiça

FOLHA DOMINICAL - informações e reflexões importantes para toda a comunidade



Catequese do 6º ano: O nascimento de Jesus

O 6º ano quer partilhar a sua catequese de ontem, onde realizou uma pequena celebração com todo o grupo e reflectiu na fragilidade desse menino que nasceu para ser como um de nós, que sente fome e frio como um de nós e que foi, desde o primeiro momento, desde o seu nascimento na simplicidade de uma manjedoura, um exemplo para todos nós sobre como devemos viver a nossa vida.

Jesus nasceu para nos salvar, reconciliando-nos com Deus.
Jesus nasceu para ser o nosso modelo de santidade.
Jesus nasceu para que nós fôssemos feitos filhos e filhas de Deus.
Em toda a sua vida, Jesus mostra-nos como viver: imitando-o, orando com Ele, vivendo a pobreza e o despojamento, sem medo das dificuldades.
No estábulo em que nasceu e na simplicidade das suas primeiras visitas, os pastores, se mostra toda a glória de Deus.

Obrigado, Jesus, porque deixaste esse céu onde estavas
para nos visitar, para nos dar a mão,
para nos olhar e nos sorrir,
e para nos conduzir pelos caminhos do mundo.


Jesus, sê a luz que ilumina o nosso coração e o nosso mundo! 
                  

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

CEIA DE NATAL DOS CATEQUISTAS

Dia 13 de Dezembro, pelas 20h00, no centro paroquial, os catequistas e seus familiares, celebram a Ceia de Natal. Juntos à volta da mesa em confraternização, partilha e muita alegria. Lembramos que todos devem entregar as postas de Bacalhau – uma por cada pessoa que vai estar presente - até às 17h00, de sábado dia 13.
Como é habitual, contamos com as sobremesas deliciosas feitas pelas senhoras, e os cavalheiros devem levar as bebidas. Não esquecer que haverá também troca de prendinhas. Por isso, cada participante deve levar uma lembrança simples e que não seja dispendiosa.

UM OLHAR DE OUTONO...

No jardim que envolve a Capela de São Martinho, é nos dado ver uma paleta de novas cores que extasiam o olhar, e lembram que a natureza se renova continuamente. 
Em tempo de ADVENTO, deixemos cair as nossas "folhas velhas" e preparemos o coração com cores quentes de amor e acolhimento.
 
Porque o SENHOR VEM E NÃO TARDARÁ! Iluminará as nossas trevas e manifestar-se-à a todos os povos.
 

IGREJA DOS CLÉRIGOS DEVOLVIDA À CIDADE

Depois de grandiosas obras de renovação, foi hoje inaugurada hoje, 12 de Dezembro, a Igreja dos Clérigos, 235 anos depois da primeira inauguração do monumento, "ex-libris" da cidade do Porto, construído por Nicolau Nasoni.
Com nova entrada, acesso a pessoas com mobilidade reduzida, elevador, museus e concertos de órgãos de tubo. Entre o Natal e o Dia de Reis, haverá concertos de órgãos de tubos, juntando o "culto e a cultura". Não deixe de visitar! Veja em http://torredosclerigos.pt/pt/horarios

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

FÁTIMA: Lugar de Fé, de Oração e de Reflexão

No 5º ano da celebração do Centenário das Aparições de Fátima, está patente no piso inferior da Basílica da Santíssima Trindade, no Convivium de Santo Agostinho, aberta todos os dias da semana, entre as 9h00 e as 19h00, a exposição evocativa da Aparição de Agosto de 1917:  "NESTE VALE DE LÁGRIMAS
"Esta exposição propõe aos visitantes, a partir das palavras da Salve-Rainha, uma reflexão acerca do contexto político e ideológico que marcava o País e o Mundo naquela segunda década do século XX."
O visitante encontrará, no âmago da exposição, uma reflexão sobre a Primeira Grande Guerra e sobre a Primeira República. Uma e outra conjuntura histórica foram cenário das aparições de Fátima; a primeira à escala mundial, a segunda à escala nacional.
Na primeira parte, intitulada “E depois deste desterro...”, o peregrino é conduzido desde a Cova da Iria até Aljustrel, ao lugar dos Valinhos, onde, segundo os videntes, ocorreu a aparição de agosto.
Até lá, encontrar-se-ão duas versões da mesma viagem, ambas relativas àqueles dias de agosto de 1917: uma contada pelo olhar de um crente e a outra pelo olhar dos jornais anticlericais que parodiavam Fátima. 
O visitante terá, assim, a possibilidade de contactar com objetos que, nesse episódio que medeia entre o dia 13 e o dia 19 de agosto, Francisco, Jacinta e Lúcia tocaram. 
A própria Lúcia apelida de «viagem ou prisão», que se desenvolve, depois, todo o discurso expositivo que, na segunda parte, intitulada “Gemendo e chorando”, faz memória dos grandes conflitos bélicos do século XX (a Primeira Guerra Mundial, cujo centenário do seu início esta exposição também evoca, a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Colonial, contexto histórico particularmente ligado às suplicas orantes que os portugueses depositaram no Santuário de Fátima). 
Mostram-se peças de destaque, entre outras, “O Cristo das Trincheiras”, uma farda militar da Segunda Guerra Mundial, a escultura “Jaz morto e arrefece o menino de sua mãe”, de Clara Menéres, que, a partir do celebrado poema de Fernando Pessoa, é uma das mais expressivas contestações estéticas à guerra do Ultramar, inclusive antes desse contexto bélico haver terminado.
Na terceira e última parte da exposição, intitulada com a expressão tradicionalmente usada para remate da Salve-Rainha (“Rogai por nós, Santa Mãe de Deus”), apresenta-se o caminho que, segundo o testemunho dos videntes, a Virgem Maria indicou para alcançar a paz: a oração do rosário.
Tomando como mote o drama vivido pelos Pastorinhos de Fátima, em meados de agosto de 1917, “Neste vale de lágrimas” é uma contemplação orante dos desterros, dos gemidos, dos choros e dos rogos que consubstanciam os dramas da época contemporânea, lidos à luz da esperança que irradia da Mensagem de Fátima."  (Marco Daniel Duarte, Comissário da Exposição).