domingo, 30 de novembro de 2014

CAMPANHA DE ADVENTO


FOLHA DOMINICAL-informações e reflexões para toda a comunidade



ESTAI PREPARADOS

 Estai preparados com as lâmpadas acesas
para a vinda do Senhor, para a vinda do Senhor.
Estai preparados com as lâmpadas acesas.

Abençoastes, Senhor, a vossa terra,
restaurastes os destinos de Jacob.

Perdoastes a culpa do vosso povo,
esquecestes todos os seus pecados.

Restaurai-nos, ó Deus, nosso Salvador,
e afastai de nós a vossa indignação.

Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia
e dai-nos a vossa salvação.

A sua salvação está perto dos que O temem
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade,
abraçaram-se a paz e a justiça.

A fidelidade vai germinar da terra
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom
e a nossa terra produzirá seus frutos.

A justiça caminhará à sua frente
e a paz seguirá os seus passos.


sábado, 29 de novembro de 2014

DOMINGO I DO ADVENTO - Ano B

SALMO RESPONSORIAL Salmo 79 (80), 2ac e 3b. 15-16.18-19 (R. 4) 
Refrão: Senhor nosso Deus, fazei-nos voltar, 
mostrai-nos o vosso rosto e seremos salvos. 

Pastor de Israel, escutai, 
Vós que estais sentado sobre os Querubins, aparecei. 
Despertai o vosso poder 
e vinde em nosso auxílio. 

Deus dos Exércitos, vinde de novo, 
olhai dos céus e vede, visitai esta vinha. 
Protegei a cepa que a vossa mão direita plantou, 
o rebento que fortalecestes para Vós. 

Estendei a mão sobre o homem que escolhestes, 
sobre o filho do homem que para Vós criastes; 
e não mais nos apartaremos de Vós: 
fazei-nos viver e invocaremos o vosso nome.

LAUSPERENE: graças e louvores se dêem a todo o momento.

Ao Santíssimo e Diviníssimo Sacramento
 Oração de louvor, agradecimento e perdão, 
junto de Jesus Cristo Sacramentado
 Alma de Cristo, santificai-me.
Corpo de Cristo, salvai-me.
 Sangue de Cristo, inebriai-me.
Água do lado de Cristo, lavai-me.
 Paixão de Cristo, confortai-me.
Ó bom Jesus, ouvi-me.
 Dentro das Vossas Chagas, escondei-me.
 Não permitais que de Vós me separe.
Do espírito maligno, defendei-me.
Na hora da minha morte, chamai-me.
E mandai-me ir para Vós,
para que Vos louve com os Vossos Santos,
por todos os séculos. Ámen.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

LAUSPERENE - Capela de S. Martinho, 29 de Novembro, das 8h00 às 20h00

Amanhã, com o teu grupo de catequese, ou escuteiros, com os teus pais ou mesmo sozinho, passa na Capela de S. Martinho. Vai rezar, contemplar, escutar, adorar e louvar o Santíssimo e Diviníssimo Sacramento da Eucaristia. Fruto do ventre sagrado da Virgem Santa Maria. No silêncio do teu coração acolhe-O e exulta de alegria!
Deixa que o Amor de Deus te toque,
Com Seu Espírito de Luz
E tua alma gritará de alegria!
Deixa que Ele te sacie
E o Seu Espírito de Amor,
Descerá em teu coração e dar-te-á paz.

Jesus, oh Jesus
Enche-nos de Ti! (bis)

Oh, vem cantar com alegria
Que Deus encheu teu coração
E tuas mãos se elevam para O bendizer.
Entrega-Lhe as tuas dores
E as tuas preocupações
E Ele virá e tomará conta de ti.

SANTO PADRE EM VIAGEM À TURQUIA

Rezemos pelo Papa Francisco em mais uma viagem apostólica, para que a missão seja bem sucedida e leve esperança a todos os irmãos da Turquia.

Siga toda a viagem - http://www.acidigital.com/

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

LECTIO DIVINA

Quinta-feira da Semana XXXIV do Tempo Comum
EVANGELHO Lc 21, 20-28
Rezar a Palavra

O tempo presente é tempo de espera. 
Ensina-me, Senhor, a esperar, 
como a humanidade esperou por ti,
 como Maria aguardou o dia do teu nascimento,
 como a criação aguardou a tua ressurreição, 
como a Igreja te aguarda em cada tempo e em cada lugar. 
Faz de mim lugar de espera ativa 
para que no dia em que vieres sobre as nuvens 
esteja onde tu esperas encontrar-me.


CANTE ALENTEJANO PATRIMÓNIO IMATERIAL DA HUMANIDADE

POVO QUE CANTE NÃO MORRE!
«O arcebispo de Évora, D. José Alves, manifestou hoje «grande alegria» por o cante alentejano ter sido integrado na lista do património imaterial da humanidade pela Unesco, Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. O povo alentejano tem sido um povo mártir ao longo dos tempos; eu penso que o cante, à sua maneira, traduz um desejo de algo de novo, superior. Elevação, libertação - numa palavra, salvação. O reconhecimento como património imaterial da humanidade é um momento muito importante, e de hoje em diante vai dar um novo impulso à cultura e ao cante alentejano. Há uma ligação muito profunda entre o cante e a espiritualidade», realçou D. José Alves: «O povo alentejano é profundamente religioso, e também meditativo e espiritual, embora não frequente muito a igreja. Para a Unesco, o cante representa a solidariedade e a fraternidade, valores desta organização, sendo uma «referência de paz e serenidade», além de contribuir «para aproximar as pessoas».


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

FORMAÇÃO PERMANENTE

Um grupo de catequistas da nossa paróquia, continua a FORMAÇÃO PERMANENTE, coordenada pelo SDEC e Vigararia de Gaia Norte. Amanhã, quinta-feira, 27 de novembro, 21h00, em Oliveira do Douro, será a última sessão de Catequética.
 
 
Aqui deixamos algumas imagens da semana passada. O início no anfiteatro com a Dra. Isabel, e do grupo de catequistas da adolescência, das várias paróquias, com a catequista e formadora Carminda.

FOLHA DOMINICAL - informações e reflexões importantes para toda a comunidade



terça-feira, 25 de novembro de 2014

LECTIO DIVINA

EVANGELHO Lc 21, 5-11
Rezar a Palavra

Ensina-me a vigiar 
para que os acontecimentos do mundo e da história
 não me surpreendam como um ladrão. 
Não permitas que me deixe seduzir
 pela grandeza das obras dos homens, 
pelos seus conhecimentos
 nem pelas conquistas da ciência e da técnica 
e coloque nestas realidades a minha segurança. 
Só tu, Senhor, permaneces de pé 
quando à minha volta tudo se desmorona 
não deixando pedra sobre pedra. 
Dá-me a consciência dos meus limites 
e dos limites deste mundo 
e mostra-me a tua grandeza 
para que só em ti ponha a minha confiança.

O Natal segundo Bergoglio: DAR LUGAR AO SILÊNCIO

"Há um consumismo de palavras: palavras doces, sedutoras, objetivas, coléricas... de todo o género. Palavras que procuram entrar-nos com rumor no coração e nada trazem à verdade.
As verdadeiras palavras forjam-se no silêncio. Mais ainda: o próprio núcleo da palavra deve ser silencioso. Se a palavra é verdadeira, no seu coração aninha-se o silêncio.
Por fim, o silêncio é a expressão mais alta e mais quotidiana da dignidade. Tanto mais nos momentos de prova e de crucificação, quando a carne deseja justificar-se e subtrair-se à cruz."


O PRESÉPIO

"O presépio nos lembra que Deus não está no mercado das crenças, nem no apelo abusivo do comércio natalino que faz uma profanização deste universo de símbolos: pinheiros e estrelas, animais e pastores, presépios variados. Deus nem sempre está nas igrejas e nem nas bibliotecas; mas Ele está num coração que pulsa de Amor. Esta é a sacralidade inviolável do Natal: Deus está no seu grande projeto, que é Humanizar-se, fazer valer o Amor, Encarnar o Amor! "

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

LECTIO DIVINA

EVANGELHO Lc 21, 1-4
Rezar a Palavra

Recebe, Senhor, a minha existência breve e indefesa. 
Recebe-me na pobreza do que sou. 
O meu valor resume-se a duas pequenas moedas. 
Nada mais sou do que um pobre pedinte 
que espera o necessário para o dia de hoje. 
Nada mais quero do que entregar em tuas mãos 
a pobre segurança que significa o pão de cada dia. 
Ensina-me, Senhor, 
a não esperar senão na tua bondade para comigo.

sábado, 22 de novembro de 2014

SOLENIDADE DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, REI DO UNIVERSO

SALMO RESPONSORIAL Salmo 22 (23), 1-2a.2b-3.5-6 (R. 1)
Refrão:O Senhor é meu pastor: nada me faltará.

O Senhor é meu pastor: nada me falta.
Leva-me a descansar em verdes prados,
conduz-me às águas refrescantes
e reconforta a minha alma.

Ele me guia por sendas direitas,
por amor do seu nome.
Ainda que tenha de andar por vales tenebrosos
não temerei nenhum mal, porque Vós estais comigo.
O vosso cajado e o vosso báculo me enchem de confiança.

Para mim preparais a mesa
à vista dos meus adversários;
com óleo me perfumais a cabeça
e o meu cálice transborda.

A bondade e a graça hão-de acompanhar-me,
todos os dias da minha vida,
e habitarei na casa do Senhor
para todo o sempre.

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

EUCARISTIA COM A CATEQUESE


22 de novembro, 16h00, Capela de S. Martinho
Solenidade de Nosso Senhor Jesus Cristo Rei do Universo. 
Encerramento do Ano Litúrgico.

DEZ MILHÕES DE ESTRELAS

Na noite de 24 de dezembro acenda uma vela pela PAZ!

“Queremos recordar aos dez milhões de portugueses que os muitos milhões de lâmpadas elétricas que se acenderão por motivo do próximo Natal não chegam para aquecer os corações e a vida, elevar os enlodados na indignidade da pobreza e mudar a história do mundo. Quanto muito, mudarão a história das caixas registadoras do comércio... dez milhões de estrelas darão muita luz, farão recuar muitas trevas, iluminarão muitos aspetos da vida até agora desconhecidos, gerarão muita harmonia pessoal e coletiva a que damos o nome de paz”.
D. Manuel Linda

APRESENTAÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA

ORAÇÃO
Ao celebrarmos a memória gloriosa da Santíssima Virgem Maria, 
nós Vos pedimos, Senhor: 
concedei nos, por sua intercessão, 
que mereçamos participar da plenitude da vossa graça.
 Por Nosso Senhor.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

FORMAÇÃO PERMANENTE

Nesta quinta-feira, um grupo de catequistas da nossa paróquia estará presente no Centro Paroquial de Oliveira do Douro, dando continuidade à formação iniciada na semana passada. É um tempo de aprendizagem, de encontro e de partilha de experiências, de catequistas e para catequistas, cada um com as suas especificidades e realidades, mas sempre muito importante para o saber fazer catequese, Boa formação para todos!

terça-feira, 18 de novembro de 2014

LAUSPERENE - 29 de novembro, das 8h00 às 20h00, Capela de S. Martinho

ORAÇÃO 

Senhor Jesus, 
Eu creio que estais presente no pão da Eucaristia. 
Senhor, eu creio em Vós. 

R/ Senhor, eu creio em Vós. 

Senhor Jesus, 
Eu vos adoro pois sois o Senhor Ressuscitado. 
Senhor, eu Vos adoro. 

R/ Senhor, eu creio em Vós. 

Senhor Jesus, 
Eu espero em vós, pois ninguém nos ama tanto 
e deseja tanto a nossa felicidade. 
Senhor, eu espero em Vós. 

R/ Senhor, eu creio em Vós. 

Senhor Jesus, 
Eu amo-Vos com todo o meu coração 
E com todas as minhas forças. 
Senhor, eu amo-Vos. 

R/ Senhor, eu creio em Vós. 

FOLHA DOMINICAL- informações e reflexões importantes para toda a comunidade



domingo, 16 de novembro de 2014

UMA CASA PARA A ALEGRIA DO EVANGELHO: Diocese do Porto


«Queremos viver o tempo novo do Advento - Natal 2014/2015 impregnado do dinamismo, do encanto e da alegria do evangelho. Desejamos rezar, refletir e agir em Igreja diocesana, inseridos e interventivos nas paróquias e nas vigararias da nossa Diocese. Temos, cada um de nós e cada uma das nossas famílias, um lugar próprio e um desafio novo ao assumirmos a alegria do evangelho como missão.» 

Dom António Francisco dos Santos


CAMINHADA DE ADVENTO - Diocese de Aveiro

 

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

DOMINGO XXXIII DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL Salmo 127, 1-2.3.4-5 (R. cf. 1a)
Refrão: Ditoso o que segue o caminho do Senhor. 

Feliz de ti que temes o Senhor
e andas nos seus caminhos.
Comerás do trabalho das tuas mãos,
serás feliz e tudo te correrá bem. 

Tua esposa será como videira fecunda,
no íntimo do teu lar;
teus filhos serão como ramos de oliveira,
ao redor da tua mesa. 

Assim será abençoado o homem que teme o Senhor.
De Sião te abençoe o Senhor:
vejas a prosperidade de Jerusalém
todos os dias da tua vida. 

FORMAÇÃO PERMANENTE - Catequética

Numa noite que não era de todo a mais convidativa a sair, deixamos o conforto da nossa casa e partimos, com a certeza de que ia ser uma grande noite. E foi! 
Este é o primeiro passo dos restantes que vamos dar, convictos de que vale sempre a pena escutar e reter, palavras e gestos de quem sabe transmitir com verdade, simplicidade e emoção, esta fé que nos une e desejamos que cresça como o fermento na massa. Aprender é a caminhada de toda a vida de um catequista, porque ninguém pode dar o que não tem. 
O nosso bem-haja, ao SDEC e à Dra. Maria Isabel Azevedo de Oliveira, pela disponibilidade e partilha, e ao Rev. Pe. Avelino Jorge Pereira Soares, pelo acolhimento.