terça-feira, 29 de maio de 2012

ORAR COM MARIA...

Para Maria, 
orar significou constatar a grandeza de Deus em si mesma 
e considerar-se fruto desta grandeza. 
Orar consiste em reconhecer a Deus como “meu Deus”, 
aquele que me ama e me considera um filho predilecto, 
sem um motivo específico. 
A oração Mariana é um diálogo com Deus-Pai; 
uma constante procura da fé.
“Ó Maria concebida sem pecado,
 rogai por nós que recorremos a Vós”.

Juventude Mariana Vicentina

FESTA DO PERDÃO


 

No dia 26 de Maio celebrou-se a Festa do Perdão, para as crianças do 3º ano da Catequese. Este ano fazem a Primeira Comunhão e neste dia ultrapassaram mais uma etapa de preparação para essa data tão importante. Numa celebração muito simples e muito bonita, os meninos e meninas vivenciaram pela primeira vez a alegria do perdão de Deus. A foto ilustrada com as pedras, é o símbolo do peso que cada um aliviou com o perdão da confissão. Que este dia fique gravado nos pequenos corações de todas as crianças, como sinal do sopro divino do Amor e da presença do Espírito Santo nas suas vidas.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

PEREGRINAÇÃO DOS FRÁGEIS

"Ao encontro de Cristo na fragilidade dos irmãos." 
Vila Nova de Gaia recebeu ontem à tarde a Peregrinação dos Frágeis. A iniciativa, que teve forte participação popular, foi presidida pelo Bispo do Porto D. Manuel Clemente e outros bispos juntaram-se à celebração em outros pontos da diocese.


Emanuel Silva, da organização, enaltece o espírito que presidiu a esta cerimónia, que vai já na terceira edição. “A peregrinação dos frágeis é um encontro das fragilidades diversas, desde logo as físicas, mas também outras, celebrando aquilo que as pessoas sofrem física, espiritual e socialmente”, disse.


Vilar do Paraíso, também se fez representar, e uma participante na peregrinação refere que "é difícil encontrar palavras para descrever o que o coração sente perante tantos frágeis e tantas fragilidades, sejam elas físicas ou não.
Que bom seria vermos estes nossos irmãos e irmãs e "ficar" em vez de "seguir em frente".
Eles são a imagem do nosso Cristo Ressuscitado, mas nem sempre os vemos desta forma!..."

O Pavilhão Desportivo Professor Miranda Carvalho, Vila d'Este encheu-se com peregrinos celebrando a vida que escreveram mensagens.
A figura de Maria foi aplaudida à saída da cerimónia.

Colaboração de Alexandra Silva

ENVIAI, SENHOR, O VOSSO ESPÍRITO E RENOVAI A TERRA

Oração ao Divino Espírito Santo 
(Cardeal Verdier)


Ó Espírito Santo, amor do Pai e do Filho!
Inspirai-me sempre aquilo que devo pensar, 
aquilo que devo dizer,
como devo dizê-lo,
aquilo que devo calar,
aquilo que devo escrever,
como devo agir,
aquilo que devo fazer,
para procurar a Vossa glória,
o bem das almas e a minha própria santificação.
Ó Jesus, toda a minha confiança está em Vós.
Ó Maria, Templo do Espírito Santo,
ensinai-nos a sermos fiéis
àquele que habita em nosso coração.
Ámen.

domingo, 27 de maio de 2012

RECITAÇÃO DO TERÇO - Último Domingo de Maio

Em Domingo de Pentecostes, a catequese fará, pela última vez neste mês de Maio, a recitação do terço, em todos os Centros de Culto: Igreja, Ilha, Capela de S. Martinho e Capela de S. Caetano, pelas 21h00.
Aqui fica o convite, para que nesta noite, por cerca de meia hora, deixes o aconchego da tua casa, convides a família e os amigos e venhas,  junto dos pés da Mãe, rezar e sentir o sopro do Espírito Santo.

sábado, 26 de maio de 2012

DOCE LUZ, ESPÍRITO SANTO


 Quem és Tu, doce Luz que me inunda
e ilumina a noite do meu coração?
Tu me guias com a tua mão maternal.
Se me deixas, não poderei avançar mais,
nem sequer um único passo.
És o espaço que envolve todo o meu ser
e no qual Tu te ocultas.
Se me abandonas, caio no abismo do nada,
de onde me chamaste para à vida.
Estás mais próximo de mim que eu próprio
mais íntimo que o meu próprio íntimo.
E, contudo, ninguém te pode tocar nem ouvir.
E nenhum nome poderá aprisionar:
Espírito - Santo - Eterno - Amor.
 Edith Stein

DOMINGO DE PENTECOSTES

«Assim como o Pai Me enviou, também Eu vos envio a vós: 
Recebei o Espírito Santo»

Jo 20, 19-23


Com a Páscoa, inicia-se a nova Criação. E, como na primeira, também agora o Espírito Santo está presente, a insuflar aos homens, mortos pelo pecado, a vida nova do Ressuscitado. Jorrando do Corpo glorificado de Cristo, em que se mantêm as cicatrizes da Paixão, o Sopro purificador e recriador do mesmo Deus, comunica-se aos Apóstolos. Apodera-se deles, a fim de que possam prolongar a obra da nova Criação, e assim a humanidade, reconciliada com Deus, conserve sempre a paz alcançada em Jesus Cristo.

Secretariado Nacional da Liturgia

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Celebração das Bem-Aventuranças (20 de maio de 2012)


Na capela de S. Caetano, pelas 9:30h do dia 20 de maio, o primeiro da semana deste ainda tempo da Páscoa, o 7.º ano celebrou as Bem-Aventuranças, iniciando o período de celebrações que culminam cada ano, antes da pausa para férias na atividade catequética.
Dar solenidade ao admirável Sermão da Montanha é uma bela forma de começar!

Numa celebração simples, os adolescentes e as catequistas vestiram t-shirts brancas, estampadas a preto e branco com um belíssimo desenho, especialmente concebido para esta celebração por um pai inspirado, formando um grupo destacado da restante assembleia. Grupo que também esteve representado simbolicamente no molho de vimes, que o acompanha desde o retiro do 6.º ano, agora decorados com criatividade por cada um dos adolescentes, simbolizando o renascimento e a alegria em cada etapa, numa promessa de esperança de continuarem juntos a crescer na fé, centrados em Jesus Cristo.
Esse mesmo Jesus, que sentado no alto da montanha, rodeado dos discípulos e em frente duma multidão ávida de encontrar a verdadeira felicidade, ensinava e tornava público o segredo para a descoberta dessa felicidade que dura, que traz o brilho ao olhar humano e não depende da mera ausência de dor ou de outras ausências!
Só Alguém verdadeiramente mandatado pode ousar falar a uma multidão, com autoridade, e afirmar tudo ao contrário do que o sistema aponta como modelo! Numa atitude serena e apaziguadora do sofrimento, mas simultaneamente não conformista ou quase subversiva e mesmo motivo de “escândalo”!
Esta é das peças valiosas da Herança de que toda a humanidade é herdeira!
E que esperança! E que alegria! E que emoção! E que apelo devem ter sentido quantos naquela multidão eram sofredores! E não seriam todos, no silêncio do seu coração? Continuamos a ser a multidão onde ecoa essa Palavra tão sublime e ao mesmo tempo tão enigmática!
Loucura ou Divindade? Loucura para uns, Divina para muitos! Tal como a Cruz! Jesus inverteu a lógica do mundo! Quando esperavam um rei a sério, com um exército poderoso, Ele deixa-se morrer na cruz! E só muito tempo depois os seus próprios amigos mais chegados percebem o seu verdadeiro poder e, afinal, do que é que Ele falava quando ainda estava entre eles.
Quando o poder, a riqueza, a arrogância, o domínio são os valores a que o mundo aspira para encontrar a felicidade, Ele diz que ser pobre em espírito, ser pacífico, ser justo, ser tolerante, chorar, sofrer com a injustiça, é o caminho para a felicidade!
Só a Sabedoria dada pelo Espírito Santo permite encontrar nos caminhos menos prováveis o tesouro que todos buscam.
Ninguém nos disse que é fácil!
Mas Alguém disse que é possível! Comecemos a treinar! Recomecemos as vezes que forem necessárias! Sejamos Bem-Aventurados!
O grupo participou em vários momentos da eucaristia e cantou com a alegria de quem se sente feliz! De quem festeja! Foi emocionante ouvi-los cantar para Maria, a Bem-Aventurada, o cântico “Totus Tuus”!
Prometam meus caros jovens que vão continuar a cantar e a tocar assim! E que os flautistas não vão esquecer as flautas!
As violas da Catarina e da Gisela, duas das nossas jovens do 7.º ano, acrescentaram melodia à celebração e acompanharam o cântico final que nos falava de “um sorriso, um olhar, um abraço amigo”, que só um coração puro pode dar.
Façam o favor de serem felizes porque a vida é partilhar. A alegria está mais no dar do que no receber...
As vossas catequistas

Agradecimentos:
Ao Domingos Loureiro pela desenho das Bem-Aventuranças;
À Conceição Rocha pelo desenho do logotipo Bem-Aventurados;
À Tânia (10º ano) e ao António (11º), pela disponiblidade em ensaiarem com o grupo as músicas da celebração.

terça-feira, 22 de maio de 2012

Catequese - Recitação do Terço


No encerramento da semana da vida, recordamos neste terço, os valores de que falamos em várias catequeses ao longo deste ano e com os quais devemos nortear esse bem supremo que nos foi dado por Deus, que é a vida de cada um de nós.
Em tempo Pascal de alegria da Ressurreição e Ascensão ao Céu, “construímos” a Cruz da Paz, da Verdade, da Justiça, da Liberdade e do Amor.
Cruz florida, Cruz de onde brota a VIDA! ALELUIA!
 

domingo, 20 de maio de 2012

TERÇO COM A CATEQUESE

Lembramos que a recitação do terço, nos Domingos de Maio, em todos os Centros de Culto: Igreja, Ilha, S. Martinho e S. Caetano, às 21h00, é da responsabilidade da catequese, com catequistas e catequizandos, na "primeira linha" envolvendo também os pais e restantes familiares.
Hoje, na Capela de S. Caetano, o 7º catecismo será responsável pela orientação e dinamização do terço, encerrando com Maria, no silêncio e na palavra a Semana da Vida, e a Festa da Bem-Aventuranças.
Jesus e Maria esperam por ti. Não faltes!

quarta-feira, 16 de maio de 2012

PEREGRINAÇÃO DAS CRIANÇAS A FÁTIMA


Na sequência das Aparições de Fátima, este segundo ano de celebração do seu Centenário centra-se na mensagem da 1ª Aparição de Nossa Senhora em 13 de maio de 1917. Desta primeira Aparição, a Peregrinação das Crianças destaca, de modo especial, a atitude de disponibilidade dos Pastorinhos para acolher o que Nossa Senhora lhes vem pedir, uma atitude tão bem expressa na pergunta da pastorinha Lúcia: “Que é que Vossemecê me quer?”. Esta pergunta é o tema da Peregrinação.
É com este tema que é proposta também uma campanha para o mês de maio que se encontra disponível, com outros materiais, no site do Santuário de Fátima.

SEMANA DA VIDA


A VIDA
A vida é uma oportunidade, aproveita-a. 
A vida é beleza, admira-a. 
A vida é beatificação, saboreia-a. 
A vida é sonho, torna-o realidade. 
A vida é um desafio, enfrenta-o. 
A vida é um dever, cumpre-o. 
A vida é um jogo, joga-o. 
A vida é preciosa, cuida-a. 
A vida é riqueza, conserva-a. 
A vida é amor, goza-a. 
A vida é um mistério, desvela-o. 
A vida é promessa, cumpre-a. 
A vida é tristeza, supera-a. 
A vida é um hino, canta-o. 
A vida é um combate, aceita-o. 
A vida é tragédia, domina-a. 
A vida é aventura, afronta-a. 
A vida é felicidade, merece-a. 
A vida é a VIDA, defende-a.

(Madre Teresa de Calcutá)



terça-feira, 15 de maio de 2012

PEREGRINAÇÃO DAS FAMÍLIAS AO MONTE DA VIRGEM

Prece: Peçamos ao Senhor que, a partir da celebração fiel da Eucaristia, cada vez mais a família, de cada um, se torne uma pequena e verdadeira “Igreja doméstica”, e a Igreja de Jesus cresça e apareça no mundo como uma “grande família”. Deste modo, também a nossa Paróquia, nutrida e reunida à volta desta mesa da Eucaristia, se tornará sempre, e cada vez mais, uma família de famílias!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

PROCISSÃO DE VELAS 2012

Decorreu na noite de 12 Maio, com a presença de dezenas de pessoas, a procissão de velas na nossa Paróquia, num clima de oração, silêncio e devoção, que uniu a comunidade em torno da Virgem Maria e com ela caminhou, desde a Capela de S. Martinho até ao Monte e Capela de S. Caetano.
Na comemoração dos 95 anos das aparições, ecoa a pergunta que do Céu chega ao pastorinho Francisco e às pastorinhas Jacinta e Lúcia naquele dia 13 de Maio de 1917: “Quereis oferecer-vos a Deus?” fica também para todos nós esta pergunta, na certeza de que Deus espera de nós a mesma de resposta dos pastorinhos e de Maria. Seremos capazes?



















Quero dizer meu sim, com tu Maria,
como tu um dia, como tu, Maria.

Veja mais imagens em: