terça-feira, 31 de julho de 2018

ORAÇÃO A SÃO CAETANO

Ó gloriosíssimo São Caetano que, com razão, 
sois chamado o santo da Divina Providência, 
que obtivestes méritos especiais de Jesus, 
que sob a aparência de Menino recebestes nos braços, 
humildemente vos peço que me inspireis 
uma constante aversão aos prazeres mundanos 
e um grande amor às coisas celestes. 
Ó glorioso São Caetano, 
fazei que a divina Providência não me abandone, 
protegei-me dos perigos da alma e do corpo, 
socorrei-me nas necessidades,
reavivai o meu zelo pela Glória de Deus 
e fazei que eu possa imitar as eminentes virtudes 
que vos fizeram digno da felicidade eterna.

Assim seja.

Glória ao Pai.

LITURGIA: Acólitos portugueses com participação recorde em peregrinação internacional a Roma

O Serviço Nacional de Acólitos (SNA) vai participar com 325 portugueses, uma delegação recorde, na peregrinação internacional que decorre em Roma, de 30 de julho a 3 de agosto.

“Para nós é uma alegria ver este aumento da participação, quer dizer que é uma aposta ganha”, disse à Agência ECCLESIA o padre Luís Leal, diretor do SNA.

O responsável sublinha a importância de promover o encontro com o Papa e com outros acólitos, da Europa e do resto do mundo.

“Servir o altar não é algo de individual, implica também um grupo”, precisa.

O sacerdote assinala que os acólitos não se devem limitar à “parte ritual”, mas devem perceber a “dimensão espiritual” que cada gesto litúrgico tem.

“Os acólitos não são empregados de mesa, são aqueles que acompanham, aqueles que servem o altar da Eucaristia, o que tem uma dimensão espiritual, mais do que funcional”.

A organização espera mais de 60 mil participantes na peregrinação internacional de 2018, que tem como lema ‘Procura a paz e segue os Seus Passos’.

Para o padre Luís Leal, este é “um grande encontro de festa, antes de mais”.

A cada participante é pedido um “pequeno gesto de agradecimento” a quem os acolhe, em Roma.

O presidente da Comissão Episcopal de Liturgia e Espiritualidade, D. José Cordeiro (bispo de Bragança-Miranda), vai acompanhar os acólitos.

segunda-feira, 30 de julho de 2018

RECOLHA DE BENS ALIMENTARES

Aconteceu este fim-de-semana com as Vicentinas e o Grupo de Jovens, sempre activo e atento a colaborar, e a quem agradecemos a prestimosa ajuda.
Obrigada também a quantos encheram os saquinhos com os mais variados alimentos, e que vão fazer a diferença em muitas famílias.
Assim se põe em pratica o Evangelho: "que nos ensina a abrir as mãos, para partir, repartir o pão". 💗

domingo, 29 de julho de 2018

ONDE COMPRAREMOS PÃO?

(...)
18. S. Paulo lembra-nos, na lição da sua Carta aos Efésios 4,1-6, que a fome não é só de pão. É também de paz e de unidade. A matar esta fome que nos vai matando, lá está, reafirma Paulo, um só Senhor, um único Espírito, um só Deus e Pai de todos. Não há dúvida: uma comunidade unida e reunida sabe partilhar com alegria. E é assim que se resolvem todas as fomes, também a de pão.

19. Fica bem hoje cantar com alegria renovada o grande hino alfabético que é o Salmo 145, até que vibrem as cordas do nosso coração. E enquanto saboreamos as imensas riquezas que nos vêm de Deus: a sua graça, misericórdia, amor e bondade (Salmo 145,8-9), usando, para o efeito, toda a gama de sabores e todas as letras do alfabeto, continuemos a cantar: «Abris, Senhor, a vossa mão, e saciais a nossa fome!» (Salmo 145,16).

D. António Couto

IGREJA/SOCIEDADE:«Para mim não há diferença entre uma biblioteca e um jardim» – D. José Tolentino Mendonça

O bibliotecário e arquivista da Santa Sé, D. José Tolentino Mendonça, disse hoje após a sua ordenação episcopal no Mosteiro dos Jerónimos, que assume estas funções com o desejo de transmitir a beleza aos outros.

“Para mim não há diferença entre uma biblioteca e um jardim”, referiu, no final da celebração, já após ter percorrido a igreja sob os aplausos da assembleia.

O novo arcebispo português agradeceu a “confiança” do Papa Francisco, assumindo como missão “a sede de olhar e ajudar os seus semelhantes a olhar os lírios do campo”.

“Olhai os lírios do campo” foi o lema episcopal escolhido, evocando os poetas-monges que durante séculos foram a “alma do mundo do Oriente”, que procuravam deixar uma frase capaz de resumir todo o ensinamento recebido.

“Os farrapos de mendigos que interiormente nos vestem têm a beleza dos lírios: é essa a lição”.

As insígnias episcopais foram desenhadas por artistas como o escultor Manuel Rosa ou artesãs da Serra do Marão, responsáveis pelo tecido da casula.

“Recebi sempre muito mais do que aquilo que dei”, confessou D. José Tolentino Mendonça.

O responsável apresentou-se a todos como uma “obra dos outros”.

“A minha vida não é minha, é uma vida dada, oferecida, sinto que sou obra dos outros e para os outros”, precisou.

O bibliotecário e arquivista da Santa Sé disse ter contado com a ajuda e oração de todos, elogiando a “espantosa plasticidade da vida”, antes de deixar um convite a admirar o “milagre da vida”, num “êxtase”.

“Jesus é o terapeuta do nosso olhar, o reconstrutor do nosso modo de ver”, observou.

http://www.agencia.ecclesia.pt/portal/igreja-sociedade-para-mim-nao-ha-diferenca-entre-uma-biblioteca-e-um-jardim-d-jose-tolentino-mendonca/

sábado, 28 de julho de 2018

CONFERÊNCIA DE S. VICENTE DE PAULO

As Vicentinas da nossa Paróquia, sempre atentas às necessidades dos mais pobres, fazem este fim de uma recolha de bens alimentares no supermercado Pingo Doce de Valadares. 
O Grupo de Jovens estará a ajudar nesta recolha, que esperamos tenha a colaboração de muitas pessoas. 
OBRIGADA, a todos os que comparticiparem!

FOLHA DOMINICAL: informações e reflexões importantes para toda a comunidade

TÔMBOLA PAROQUIA: Festas do Bom Jesus do Monte e S. Caetano


Precisamos da vossa COLABORAÇÃO, para que a nossa Tômbola fique cheia de prendas para leiloar nas festas, e que devem ser entregues no Centro Paroquial. 
Se alguém não puder deslocar-se ao Centro Paroquial, também pode fazer a entrega no próximo domingo, 29 de Julho, antes ou no final da Eucaristia das 9h30, em São Caetano.
Desde já os nossos agradecimentos pelas vossas ofertas, que estamos em crer serão muitas.

sexta-feira, 27 de julho de 2018

FESTAS DO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

ENSAIO DE CÂNTICOS
Hoje, 27 de Julho, às 21h30, na Capela de S. Martinho

Renovamos o CONVITE  à participação dos  elementos de todos os grupos corais, catequistas, jovens e quem saiba e goste de cantar.

quinta-feira, 26 de julho de 2018

QUINTA-FEIRA DA SEMANA XVI DO TEMPO COMUM (S. JOAQUIM E S. ANA

NOTA HISTÓRICA

Joaquim e Ana, foram os nomes dos pais da Imaculada Virgem Mãe de Deus, conservados pela antiga tradição cristã, que remonta ao séc. II. O culto de Santa Ana existia no Oriente já no séc. VI e estendeu-se ao Ocidente no séc. X. Mais recentemente foi introduzido o culto de São Joaquim.

MISSÃO: Padre Adelino Ascenso destaca desafio de «caminhar ao lado das pessoas, ombro com ombro»

O padre Adelino Ascenso, superior-geral da Sociedade Missionária da Boa Nova (SMBN), diz que o verbo “escutar” tem de ser cada vez mais uma atitude fundamental do trabalho com as comunidades, em Portugal e no exterior.

O sacerdote, que está a terminar um ciclo de quatro anos à frente da congregação, realça que “o paradigma da missão mudou, está a mudar”.

Mais do que “ensinar” o Evangelho ou a fé cristã, o trabalho de hoje da Igreja Católica, junto dos diferentes povos e culturas, tem de passar por “caminhar com as pessoas, ao lado delas”, mesmo “ombro com ombro”.

“Não é desfazermo-nos dos nossos conceitos culturais, da nossa carga cultural, porque isso caminha connosco, mas é termos a humildade de sentir que o outro tem algo para nos dizer, seja ele cristão, budista, ateu, agnóstico ou muçulmano, tenha a religião que tenha, isso tem que ser a postura desde o princípio”, salienta.

FELIZ DIA para todos os AVÓS! 💗💗

ORAÇÃO pelos AVÓS

Deus de bondade, 
Pai, Filho, Espírito Santo,
nós te agradecemos por nos teres dado 
os nossos queridos avós.
Obrigado, Senhor, por suas histórias bonitas,
palavras amigas, conselhos, carinho e amor por nós.
Nós agradecemos pelo ombro amigo, 
pela cumplicidade nas nossas brincadeiras,
por seus passos ao ritmo dos nossos, 
pelo colo macio e o olhar sereno, cheio de bondade.
Nós te pedimos para estas pessoas a quem tanto amamos, 
muita saúde, paz e alegria.
Pedimos para elas a graça de serem fiéis 
em cumprir a vontade de Deus, 
na alegria e nos sofrimentos, 
como o foram Joaquim e Ana. 
Nós te pedimos, Senhor, 
que os abençoes com a mesma ternura 
com que nos abençoam.
Amém.

quarta-feira, 25 de julho de 2018

S. TIAGO, APÓSTOLO

Evangelho: Mt 20, 20-28
Rezar a Palavra
Prostro-me diante de ti, Senhor, para te pedir, na esperança de que me abras as portas como fizeste à mãe dos filhos de Zebedeu e me digas: “Que queres?”. Desejo colocar o coração diante de ti e pedir que me mostres o teu cálice e me ensines a bebê-lo, que me faças participante do teu baptismo e transformes os meus sentimentos em atitudes interiores de serviço, para que o meu testemunho seja verdadeiro e a minha vida um sacrifício agradável aos teus olhos.

ENSAIOS para a FESTA do BJM e S. CAETANO

27 de Julho, 21h30, Capela de S. Martinho
31 de Julho e 2 de Agosto, 21h30, Centro Paroquial
Deixamos o CONVITE à participação de
todos os elementos dos Grupos Corais da Paróquia,
 bem como aos Catequistas, Jovens e 
a quem saiba e goste de cantar.

Contamos com TODOS!

INCÊNDIOS/GRÉCIA: Papa mostra-se «profundamente entristecido» com tragédia

O Papa Francisco mostrou-se hoje “profundamente entristecido” pelas mortes provocadas pelos incêndios que estão a atingir a Grécia, numa mensagem enviada às autoridades civis e eclesiais, manifestando a sua solidariedade a “todos os afetados por esta tragédia”.

O texto, transmitido através do secretário de Estado do Vaticano, recorda os falecidos e encoraja as autoridades e o pessoal envolvidos nas ações de combate ao fogo e de socorro às populações, concluindo-se com uma bênção papal.

O arcebispo católico de Atenas referiu que a região vive um momento de “inferno” com os incêndios que já provocaram mais de 70 mortos e mais de 150 feridos.

“É um verdadeiro inferno, uma carnificina”, disse D. Sevastianos Rossolatos, citado pela agência católica italiana Sir.

Milhares de pessoas foram retiradas das suas casas e mais de mil habitações acabaram por ser consumidas pelas chamas.

http://www.agencia.ecclesia.pt/portal/incendios-grecia-papa-mostra-se-profundamente-entristecido-com-tragedia/

terça-feira, 24 de julho de 2018

DESDE A AURORA

Video com imagens das Festas ao BJM e S. Caetano 

Desde a aurora procuro-Te 
Chamo-te até ao entardecer 
Tenho sede só de Ti 
Minha alma é como terra deserta 

Não pararei um só instante 
sempre cantarei o Teu louvor 
porque és meus Deus, o meu refúgio 
Proteger-me-ás na sombra das Tuas asas 

Não pararei um só instante 
sempre cantarei as Tuas obras 
porque és meus Deus, único bem 
A noite não fará nada mais contra mim 

Tenho sede só de Ti 
Minha alma é como terra deserta

TERÇA-FEIRA da semana XVI

Eis que estou à porta, e bato; 
se alguém ouvir a minha voz, 
e abrir a porta,
 entrarei em sua casa, 
e com ele cearei, e ele comigo.

Apocalipse 3, 20

domingo, 22 de julho de 2018

FAMÍLIA: Bispos portugueses prestam homenagem aos avós

A Comissão episcopal do Laicado e da Família quer hoje valorizar a presença e o testemunho dos avós no quadro familiar apresentando-os como “altar da sabedoria”.

Esquecer os avós é fazer tábua rasa da memória da nossa própria história familiar, das virtudes e defeitos que nos correm no sangue”, assinalam os bispos numa mensagem enviada à Agência ECCLESIA por ocasião do dia dos avós, que se celebra a 26 de julho, na memória litúrgica de São Joaquim e Santa Ana, pais da Maria.
(...)
“Não fossem os avôs e avós, e muitas das nossas crianças e adolescentes estariam entregues a si próprios no que respeita à catequese, à oração e à vida cristã”.


sábado, 21 de julho de 2018

A NOSSA ÚNICA REFERÊNCIA É JESUS

Passeio muitas vezes por aquele tempo puro,
Tempo cheio
E não apenas meio,
Cheio de luz, algumas vezes escuro,
Cheio de fontes, estradas, horizontes,
Casas sempre com recheio.

Sim, naquele tempo puro ainda o lume ardia
O amor doía,
O moinho moía,
O insonso não existia,
E parece que nem a indiferença,
A insensatez, a anestesia.

Sim, naquele tempo cheio,
E não apenas meio,
Nunca o vi vazio,
Havia lá um rio
Sempre ali por perto,
Que transformava o deserto em regadio.

Sim, naquele tempo belo,
Eu passeava pelo Evangelho,
E encontrava lá Jesus,
A contar um a um os lírios do campo,
Para ver se lhe faltava algum.

Senhor Jesus,
O tempo em que vamos hoje está cheio de vazio,
E há tantos que andam pela vida ao desvario,
Tristes, cansados, desanimados,
Como ovelhas sem pastor.
São estes meus irmãos que eu hoje te confio:
Trata as suas feridas,
Cura a sua dor,
E enche o seu coração de paz e de amor.

D. António Couto

FOLHA DOMINICAL: informações e reflexões importantes para toda a comunidade

sexta-feira, 20 de julho de 2018

SEXTA-FEIRA DA SEMANA XV DO TEMPO COMUM

EVANGELHO Mt 12, 1-8 
«O Filho do homem é Senhor do sábado» 
Rezar a Palavra
Senhor, as tuas leis e preceitos são para a minha salvação. Com a tua palavra pretendes elevar-me acima da pequenez da minha maneira de ver. Queres que eu me liberte da mesquinhez dos meus critérios sempre demasiado reduzidos que não deixam espaço para a vida, para o encontro, para a partilha, para a alegria, para o amor misericordioso. Dá-me a capacidade de ver mais além, até onde tu vez, para não ficar fechado nas leis e preceitos, mas chegar até ao coração do homem meu irmão a quem queres salvar.

COMO É ADMIRÁVEL SENHOR A VOSSA BONDADE

Como é admirável, Senhor, a vossa bondade!
À sombra das vossas asas se refugiam os homens.
À sombra das vossas asas se refugiam os homens.

A maldade fala ao ímpio no seu coração,
a seus olhos não existe o temor de Deus,
mas a si próprio se ilude.
para não descobrir nem odiar a sua iniquidade.

As palavras da sua boca são más e enganosas,
deixou de pensar com sensatez e de fazer o bem.
Em seu leito maquina a iniquidade,
anda pelo mau caminho e não se afasta do mal.

Senhor, até aos céus se eleva a vossa bondade
e até às nuvens a vossa fidelidade.
A vossa justiça é como os montes altíssimos,
os vossos juízos são como abismo profundo.

Como é admirável, ó Deus, a vossa bondade.
à sombra das vossas asas se refugiam os homens.
Podem saciar-se da abundância da vossa casa.
e vós os inebriais com a torrente das vossas delícias.

 Em Vós está a fonte da vida,
e é na vossa luz que vemos a luz.
Conservai a vossa bondade aos que Vos conhecem,
e a vossa justiça aos homens rectos de coração.

F. Santos

IGREJA/CULTURA: Um serão de poemas para homenagear um poeta

A comunidade da Capela do Rato juntou-se num serão de ‘Poesia e Oração’ para homenagear o poeta D. José Tolentino Mendonça com poemas da sua autoria, declamados por amigos.

“O mais belo poema são as próprias pessoas, estes amigos que com tanta generosidade quiseram acompanhar-me aqui nesta noite”, disse o futuro arquivista e bibliotecário da Santa Sé, no final da iniciativa.

Em declarações à Agência ECCLESIA e ao Secretariado Nacional da Pastoral da Cultura, D. José Tolentino Mendonça revelou-se “muito grato a eles e neles tanta amizade, tanta oração, tanta simpatia” com que as pessoas o “têm envolvido”.

“Não só nestes dias mas ao longo de toda a minha vida. De facto, sinto-me muito uma obra dos outros”, acrescentou o sacerdote que foi capelão da histórica Capela do Rato ao longo dos últimos nove anos.

E foi precisamente a obra poética de José Tolentino Mendonça que foi ouvida por uma assembleia que lotou a capela do Patriarcado de Lisboa numa noite de ‘poesia e oração’.

Alice Vieira, Carminho, Joana Carneiro, Ilda David, Luís Filipe Castro Mendes, Luís Miguel Cintra, Manuel Rosa, Nuno Júdice, Paula Moura Pinheiro foram alguns dos amigos do futuro arcebispo português que partilharam os seus poemas.
(...)
A 26 de junho, o Papa Francisco nomeou o capelão da Capela do Rato arquivista do Arquivo Secreto do Vaticano e bibliotecário da Biblioteca Apostólica, elevando-o à dignidade de arcebispo.

A ordenação episcopal de D. José Tolentino de Mendonça vai decorrer a 28 de julho, às 16h00, no Mosteiro dos Jerónimos, e o início das novas funções está marcado para 1 de setembro.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

ARTE E INCLUSÃO: Pessoas com deficiência conceberam cenário e mobiliário litúrgico para celebração do Crisma

A diocese francesa de Lille confiou à sua Comissão de Arte Sacra a conceção e realização, com a participação de pessoas com deficiência física ou mental, dos elementos artísticos e litúrgicos da celebração do sacramento do Crisma (Confirmação).

Cerca de 80 pessoas estiveram implicadas no processo iniciado em agosto de 2017 e que teve o seu momento culminante a 20 de maio, no "Grand Palais" de Lille, na celebração em que 800 jovens e adultos receberam o sacramento.

As mais de oito mil pessoas presentes na liturgia foram envolvidas nas obras efémeras concluídas após um processo de pedagogia e de catequese pela imagem, de apropriação da matéria e da cor.

«As cores são refulgentes, exalam a alegria e esperança. O coro está vestido com seis faixas de dez metros de altura sobre o tema do Pentecostes. Simbolizado pelo vermelho, o azul e o ouro, as cores de uma chama, é o Espírito Santo que desce como "línguas de fogo" sobre os discípulos de Jesus», descreve a página "Narthex", da Igreja católica em França.

http://snpcultura.org/pessoas_com_deficiencia_conceberam_cenario_e_mobiliario_liturgico_para_crisma.html

terça-feira, 17 de julho de 2018

PEREGRINAÇÃO PAROQUIAL A FÁTIMA - 5 de Outubro

Destinada a todos os paroquianos, 
familiares e amigos. 
Estão abertas as inscrições nos centros de culto 
ou junto dos responsáveis do ano passado.
Inscreva-se e participe!

segunda-feira, 16 de julho de 2018

SÃO CAETANO

São Caetano de Thiene, conhecido como Santo divino da providência, nasceu em 1480 em Vicenza, Itália.
Doutorou-se em direito civil e eclesiástico em Pádua, Itália, vindo mais tarde a abraçar 
a vida eclesiástica recebendo a ordenação do Papa Júlio II aos 36 anos.
Foi viver para Roma, sendo chamado pelo Papa Júlio II, foi nomeado e aceitou o ofício de Protonotário.
Sempre identificado com as práticas Católicas da confraria denominada “Amor de Deus”, juntou-se a ela.
Após a morte do Papa que o nomeou, regressou à sua terra Natal, Vicenza.
Fundou a Confraria de S. Jerónimo e andava sempre em auxílio dos doentes, dos pobres e mendigos da região.
Distribuiu, a todos eles, avultados bens que herdara após a morte dos pais.
Com humildade e persistência que o caracterizavam Caetano abraçou a causa da Confraria, num acto de extrema coragem.
Em 1524, já em Roma, Caetano, junto com Carrafa, Consigliari e Bonifácio, fundam a Ordem de Clérigos Regulares Teatinos.
Foi um grande orador e guia espiritual dos pobres. 
Morreu no Convento de Nápoles, em 7 de Agosto de 1547.
Oito anos mais tarde, 1671, Caetano foi inserido no livro dos Santos.

MEU CANTO É PARA TI

Meu canto é para Ti, 
Senhor que me criaste.
Com todos os meus irmãos, 
Eu digo muito obrigado.

A terra e o firmamento,
Os campos e as cidades.
As flores e os sorrisos
São rumos do teu amor.

Meu canto fala de paz,
Num mundo feito de guerra.
Eu quero levar, Senhor,
Teu nome a toda a terra.

Servir até à cruz,
Erguendo o meu cantar.
O tempo chegou ao fim:
É Cristo que vem salvar.

sábado, 14 de julho de 2018

SACRAMENTO DA CONFIRMAÇÃO - CRISMA

Os jovens do 11º ano, juntamente com um simpático grupo de adultos da paróquia, terminaram a sua formação inicial cristã hoje na Sé do Porto. Foi o "nosso" bispo D. António Augusto que presidiu, congratulando de forma especial os crismandos de Vilar do Paraíso.😉
Esta cerimónia teve também a colaboração dos acólitos da nossa paróquia.
Obrigada a todos que colaboraram, mas principalmente aos pais, que sempre acompanharam e orientaram este percurso... 
Crismandos, continuamos a contar convosco... agora com mais responsabilidade!

FESTA EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Colabore nas festas e comece por fazer a sua oferta para a Tômbola Paroquial, cujo lucro reverterá a favor da paróquia.
As ofertas devem ser entregue no Centro Paroquial.
Desde já muito OBRIGADA pela colaboração e partilhem a informação. 💗

DOMINGO XV DO TEMPO COMUM - Ano B

SALMO RESPONSORIAL Salmo 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14 (R. 8) 
Refrão: Mostrai-nos o vosso amor, dai-nos a vossa salvação;
dai-nos a vossa salvação; 
Ou: Mostrai-nos, Senhor, a vossa misericórdia.

Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis 
e a quantos de coração a Ele se convertem. 
A sua salvação está perto dos que O temem 
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade, 
abraçaram-se a paz e a justiça. 
A fidelidade vai germinar da terra 
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom, 
e a nossa terra produzirá os seus frutos. 
A justiça caminhará à sua frente 
e a paz seguirá os seus passos.

FOLHA DOMINICAL: informações e reflexões importantes para toda a comunidade


sexta-feira, 13 de julho de 2018

PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL ANIVERSÁRIA

O bispo auxiliar do Porto, D. António Augusto Azevedo, presidente da Peregrinação Internacional Aniversária de julho, na Cova da iria, desafiou os cristãos a não se resignarem  e a não cairem na indiferença num mundo “cheio de incertezas e algumas sombras”.

“Diante do rosto do mal no nosso tempo, tenha ele o nome de guerra ou terrorismo, violência ou exclusão, abandono ou solidão, injustiça ou corrupção, precisamos ter esperança”, afirmou o prelado do Porto durante a homilia proferida na Missa que encerra a peregrinação de julho concelebrada por 90 sacerdotes, quatro deles bispos e um cardeal.

“Num presente cheio de incertezas e de um futuro com alguma sombras, precisamos de ter esperança, de sonhar e de acreditar”, precisou sublinhando que “não podemos cair na resignação, na indiferença ou na banalização do mal nem remeter ao individualismo ou comodismo fáceis”.

“Não queiramos ser uma esperança abortada nem hipotequemos, como aconteceu tantas vezes no último século, as nossas esperanças em utopias ilusórias ou messianismos equivocados”, disse D. António Augusto Azevedo.

A 13 DE JULHO

Avé Maria 
gratia plena
Dominus tecum
Benedicta tu

O que eu tenho é teu:
os meus sonhos e desejos.
Mãe de Cristo, minha mãe
apresenta-os ao teu Senhor.

A NOSSA ORAÇÃO PELOS SACERDOTES

Neste dia rezamos de forma particular pelo Rev. Pe. José Manuel da Costa Lima, que celebra o 32º Aniversário de Ordenação Sacerdotal. Rev. Pe. José Paulo de Sousa Teixeira, que celebra o 21º Aniversário de Ordenação.
Lembramos ainda D. António Augusto de Oliveira Azevedo, que foi Ordenado Presbítero há 32 anos.
Que Deus os acompanhe e proteja para que possam continuar a missão que lhes foi confiada.
Senhor Jesus, Bom Pastor,

Tu quiseste chamar homens de coração generoso a estar contigo e a aprender contigo o que significa entregar a vida em amor e serviço. Deste-lhes a missão de anunciar a todos o amor do Pai, de ser guia e amparo das comunidades às quais são enviados.

Cada sacerdote é chamado a ser, nas suas alegrias e dificuldades, nos seus talentos e fragilidades, exemplo vivo da tua presença no mundo e na Igreja.

Eu Te peço por todos os sacerdotes, em especial os que vivem em maior solidão as dificuldades do seu ministério. Que o teu Espírito Santo seja o seu conforto.

Uno esta minha oração à de todos os cristãos que, nestes dias, rezam pela missão dos sacerdotes, como nos pede o Papa Francisco neste mês, na intenção que confia à sua Rede Mundial de Oração.

Senhor Jesus, Bom Pastor, ouve a minha oração pelos sacerdotes.

Pai-Nosso.

FÁTIMA: PEREGRINAÇÃO INTERNACIONAL ANIVERSÁRIA DE JULHO


“Uma peregrinação a Fátima é sempre um momento especial de encontro com Jesus Cristo”. Fátima é um grande sinal de Deus, um sinal do Céu para o mundo”.

D. António Augusto Azevedo

quinta-feira, 12 de julho de 2018

FÁTIMA EM DIRECTO - Peregrinação Aniversaria de Julho

Presidida pelo Bispo Auxiliar do Porto, 
D. António Augusto Azevedo
Pode seguir as celebrações clicando em 

QUINTA-FEIRA DA SEMANA XIV DO TEMPO COMUM

EVANGELHO Mt 10, 7-15 
«Recebestes de graça; dai de graça» 
Meditar a Palavra
Receber de graça e dar de graça é um apelo de Jesus. Reconhecer que tudo o que sou o devo ao Senhor que me cumulou de bênçãos é uma atitude de quem se sente agradecido. Sou convidado a fazer este exercício da gratuidade de Deus para comigo. Só assim, poderei entender que tudo o que o Senhor me deu não se destina exclusivamente a mim, mas é para repartir por todos. A capacidade de me abrir ao outro generosamente será também princípio para que o outro se abra a mim e me acolha na sua casa. Este jogo de relações pessoais, mesmo vividas no Senhor, provoca receio, medo, insegurança. Nem todos são capazes de abrir o coração, àquele que vem em nome do Senhor. A paz vem desta abertura de coração. Também eu tenho receio perante a generosidade do Senhor para comigo, expressa na bondade dos que me recebem?

quarta-feira, 11 de julho de 2018

AGRUPAMENTO DE ESCUTEIROS 321

No passado dia 30 de Junho, foi eleita nova Direcção do Agrupamento de Escuteiros, a quem desejamos o maior sucesso no desempenho da missão. 💗

QUARTA-FEIRA da semana XIV S. Bento, Abade, Padroeiro da Europa – FESTA

ORAÇÃO DEPOIS DA COMUNHÃO 

Senhor, que neste divino sacramento 
nos destes o penhor da vida eterna, 
concedei-nos que, seguindo os ensinamentos de São Bento, 
perseveremos fielmente no vosso serviço 
e amemos os nossos irmãos com sincera caridade. 
Por Nosso Senhor.

SANTUÁRIO DE FÁTIMA: Peregrinação Internacional Aniversária de julho de 2018

 Presidida pelo Bispo Auxiliar do Porto, 
D. António Augusto Azevedo.
Programa

Dia 11
18:30 Missa dos peregrinos a pé, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Dia 12
07:30 Via-sacra aos Valinhos, partindo da Capelinha das Aparições e terminando com missa, na Capela de Santo Estêvão (Calvário Húngaro)
07:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
09:00 Missa, na Capela da Morte de Jesus
11:00 Missa, na Basílica da Santíssima Trindade
12:30 Missa, na Capela da Morte de Jesus
16:30 Missa com a participação dos doentes, na Capelinha das Aparições
17:30 Procissão eucarística, no Recinto de Oração
18:30 Saudação a Nossa Senhora e aos peregrinos, na Capelinha das Aparições
21:30 Bênção solene das velas e Rosário, na Capelinha das Aparições, seguindo-se a procissão das velas
22:30 Missa internacional, no Recinto de Oração
23:50 Procissão do silêncio

Vigília de Oração

00:00 às 02:00 Adoração eucarística, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
02:00 às 03:15 Via-sacra, no Recinto de Oração
03:15 às 03:30 Café (atrás da Capelinha das Aparições)
03:30 às 04:15 Celebração mariana, na Capelinha das Aparições
04:30 às 05:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
05:30 às 07:00 Adoração eucarística, com Laudes do Santíssimo Sacramento, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

Dia 13
07:00 Procissão eucarística, no Recinto de Oração
09:00 Rosário, na Capelinha das Aparições
10:00 Procissão, missa, bênção dos doentes e procissão do adeus, no Recinto de Oração

15:00 Missa, na Capela da Morte de Jesus
16:30 Missa, na Capela da Morte de Jesus
17:30 Adoração comunitária, na Capela do Santíssimo Sacramento
18:30 Missa, na Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima
18:30 Rosário transmitido pela Comunicação Social, na Capelinha das Aparições
19:15 Missa em espanhol, na Capelinha das Aparições
21:30 Rosário, na Capelinha das Aparições, e procissão das velas

Imagem: Santuário de Fátima

terça-feira, 10 de julho de 2018

PREPARANDO A SUA FESTA

Rezemos a S. Caetano
Ó São Caetano, que conhecestes a fraqueza da Igreja principalmente em seus membros mais responsáveis, e que trabalhastes pela reforma da vida e dos costumes dos cristãos, olhai com muito amor e compaixão para as nossas famílias e comunidades.

Lançai vossa mão poderosa a fim de que reine entre nós o espírito de fé, de amor e de justiça, segundo a vontade de Cristo.

Fazei que cada um de nós assuma suas obrigações, pois, Cristo espera de cada um de seus seguidores, a fidelidade, o serviço e a dedicação em favor dos irmãos. 
Amém!

TERÇA-FEIRA DA SEMANA XIV DO TEMPO COMUM

Evangelho: Mt 9, 32-38
«A seara é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi ao Senhor da seara que mande trabalhadores para a sua seara».
Rezar a Palavra
Senhor da Messe, tu conheces a minha vida, a minha dedicação e as minhas impossibilidades. Sabes que preciso da força das tuas palavras que renovam em mim o impulso do teu chamamento e da missão que me confias. Expulsa de mim tudo o que se instalou na minha vida e pertence ao demónio que não quer que eu te sirva, te anuncie e oriente os meus irmãos pelo caminho da verdade. Liberta a minha língua para que seja sempre, junto dos que me rodeiam comunicador da tua libertação.

segunda-feira, 9 de julho de 2018

RETIRO DOS MISSIONÁRIOS DA BOA NOVA

Nesta semana, os Missionários da Boa Nova, onde se incluem o Rev. Padre Jerónimo e o Rev. Pe. José Guedes, estão em retiro. Por isso, os párocos só virão à paróquia para a Eucaristia, às 19 horas. Qualquer assunto a tratar devem procurar o Padre depois da Missa.
Rezemos pelos nossos párocos e por todos os missionários. 

FÉRIAS: Centro Paroquial Encerrado

Lembramos que 
o serviço de secretaria no Centro Paroquial, 
se encontra encerrado de 01 a 15 de Julho. 
Situações urgentes ou contactar o Pároco,
no horário das missas.

JOVENS DESAFIADOS A FAZER UMA EXPERIÊNCIA DE VOLUNTARIADO EM FÁTIMA

Projeto SETE avança de 9 de julho a 2 de setembro no Santuário.

O Santuário de Fátima propõe aos jovens, com idades entre os 16 e os 35 anos, a possibilidade de fazerem uma experiência de voluntariado na Cova da Iria.

O projecto SETE, que decorre entre os dias 9 de julho e 2 de setembro, visa permitir aos participantes penetrar na vivência do lugar e da sua mensagem, através de dinâmicas de acolhimento de peregrinos, do aprofundamento espiritual e da imersão no acontecimento de Fátima.

Os destinatários da iniciativa são todos os jovens, estejam ou não ligados a algum movimento eclesial, inquietos pela experiência cristã do acolhimento e da peregrinação, em busca de uma vivência espiritualmente rica, profunda e partilhada com outros jovens, ou que se interroguem sobre o sentido e a atualidade do acontecimento e da experiência de Fátima.

domingo, 8 de julho de 2018

JORNADAS MISSIONÁRIAS 2018, EM FÁTIMA

ALGUMAS SUGESTÕES DE ALOJAMENTO 

1 - CASA DE S. FRANCISCO (a 10 minutos a pé, junto às Irmãs do Bom Samaritano) 
– Alojamento exclusivo para grupos –
a) Jovens em sacos cama e em colchões no chão = 6 euros (lotação de aproximadamente 50 px)
b) Beliches = 10 euros ( 12 camas )
c) Quartos duplos/ com casa de banho privativa= 20/pessoa (2 quartos)
Pessoa de contacto: Ana Catarina Santos (anarsantos8@gmail.com )

2 - MISSIONÁRIOS DA CONSOLATA
– Alojamento exclusivo para Jovens (dos 14 aos 26 anos) –
Contribuição: 15 euros
Inscrições e mais informações: consolatajovem@gmail.com
Tel: 914 403 732 (P. Simão Pedro)
Inscrições até dia 31 de Julho

NB: inscrições limitadas

sábado, 7 de julho de 2018

DOMINGO XIV DO TEMPO COMUM - Ano B

SALMO RESPONSORIAL Salmo 122 (123), 1-2a.2bcd.3-4 (R. 2cd) 
Refrão: Os nossos olhos estão postos no Senhor, 
até que Se compadeça de nós. 

Levanto os meus olhos para Vós, 
para Vós que habitais no Céu, 
como os olhos do servo 
se fixam nas mãos do seu senhor. 

Como os olhos da serva 
se fixam nas mãos da sua senhora, 
assim os nossos olhos 
se voltam para o Senhor nosso Deus, 
até que tenha piedade de nós. 

Piedade, Senhor, tende piedade de nós, 
porque estamos saturados de desprezo. 
A nossa alma está saturada do sarcasmo 
dos arrogantes 
e do desprezo dos soberbos.