quinta-feira, 31 de outubro de 2013

SOLENIDADE DE TODOS OS SANTOS: sexta-feira, 1 de Novembro

Nós, os cristãos, celebramos a 1 de Novembro o “Dia de Todos os Santos" e a 2 de Novembro o "Dia dos Fiéis defuntos."
A Festa de "Todos os Santos" é a festa de todos os baptizados, pois cada um é chamado por Deus à santidade. Constitui, portanto, um convite a experimentar a alegria daqueles que puseram Cristo no centro das suas vidas!
A 2 de Novembro, dia de oração pelos defuntos, é proposta uma prática que se iniciou com os primeiros cristãos: a ideia de convocar uma jornada especial de oração pelos falecidos, continuação de "Todos os Santos", que surgiu no século X.
Aproximando-se o final do Ano da Fé, e sendo confrontados por estes dias com a festa profana conhecida por "Halloween" (a qual tem, nos últimos anos, ofuscado a celebração do “Dia de Todos os Santos”), vamos manifestar publicamente a Fé que professamos em Jesus Cristo, não alinhando em festividades profanas que distorcem as celebrações cristãs. Vamos celebrar Jesus, Luz do Mundo!

Tradição das Crianças
A tradição diz que, em Portugal, no "Dia de Todos os Santos" as crianças saem à rua e juntam-se em pequenos grupos para pedir o «Pão por Deus» de porta em porta.
Em tempos, as crianças, quando pediam o «Pão por Deus», recitavam versos e recebiam como oferenda pão, broas, bolos, romãs e frutos secos, nozes, amêndoas ou castanhas, que colocavam dentro dos seus sacos de pano. É costume em algumas regiões os padrinhos oferecerem um bolo, o Santoro. Em algumas povoações chama-se a este dia o "Dia dos Bolinhos."

Celestino Gomes

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

SOU UM BOM CATEQUISTA?

Ninguém nasce ensinado. Ninguém nasce bom catequista. Ser um bom catequista vem das boas escolhas que fazes. Resulta de dizeres ‘sim’ àquilo que Deus quer fazer contigo.
Se fores um catequista com pouca experiência, podes empenhar-te em desenvolver ao máximo as pistas que se seguem. Aposta naquelas qualidades e competências que já tens. Pede ajuda para desenvolver aquelas que ainda não tens.
Os bons catequistas…

Amam os seus catequizandos.
Inspiram os catequizandos a crescer na fé.
Usam uma variedade grande de actividades durante a catequese.
Procuram que os catequizandos estejam ocupados. Aprende-se fazendo.
Procuram que os catequizandos percebam bem o que lhes e pedido em cada actividade.
Percebem os conteúdos de que trata cada catequese.
São um modelo credível de vida e de fé para os catequizandos.
Mantêm o grupo de catequese como um espaço ordeiro e seguro.
Estão disponíveis para dialogar com os catequizandos e com os pais.
Sentem que fazem parte de uma equipa.
Preparam cada catequese com seriedade.
Mantêm os catequizandos motivados.
Avaliam as catequeses e procuram aprender com os erros cometidos.
Têm uma mente aberta para procurar novos caminhos.
Sentem em todos os momentos que Deus é a grande força nas suas vidas.



terça-feira, 29 de outubro de 2013

REZAR EM FAMÍLIA

O Papa Francisco pediu que todos os católicos rezem em família e explicou como podem fazê-lo, de forma  bem simples.
Ele falava na homilia da missa de conclusão da Peregrinação das Famílias no Ano da fé, nesse domingo, na Praça de São Pedro.
Segundo o Papa, o modo de rezar é “com humildade, diante de Deus”. “Cada um com humildade se deixa olhar pelo Senhor e pede a sua bondade, que venha até nós”.
E como rezar em família, já que a oração parece uma coisa pessoal? “Além disso, nunca se encontra um momento oportuno, tranquilo, em família...”, comentou o Papa.
“Sim, isso é verdade, mas é também questão de humildade, de reconhecer que precisamos de Deus”. “E todas as famílias, todos nós precisamos de Deus: todos, todos!”
“Há necessidade da sua ajuda, da sua força, da sua bênção, da sua misericórdia, do seu perdão. E é preciso simplicidade: para rezar em família, é necessária simplicidade!”
O Papa afirmou que “rezar juntos o ‘Pai Nosso’, ao redor da mesa, não é algo extraordinário: é fácil”.
“E rezar juntos o Terço, em família, é muito belo; dá tanta força! E também rezar um pelo outro: o marido pela esposa; a esposa pelo marido; os dois pelos filhos; os filhos pelos pais, pelos avós... Rezar um pelo outro. Isto é rezar em família, e isto fortalece a família: a oração.”
Francisco pediu ainda que as famílias conservem a fé, mas sempre compartilhando-a com as outras famílias e a sociedade; e que também vivam alegres, sendo a alegria um sentimento que tem na base a presença de Deus na família, o seu amor acolhedor, misericordioso, cheio de respeito por todos.

OUTONO...

 
Entre o sol tímido e morno e a chuva e o vento mais frescos que vão pincelando os dias de outono em aguarelas de tons verde e dourado, vamos trocando palavras e emoções que estes dias nos inspiram em cada sempre novo amanhecer, com que nos mima o Criador.
Se Deus é poeta - eu creio que sim – esta será uma, entre tantas, maneiras de lhe dizer - Bom dia Senhor e obrigada.
Uma singela oração da manhã – Bom dia Senhor e Obrigada - para quem, saindo de casa a correr e já atrasado para enfrentar o quotidiano, entre um rápido pequeno almoço, ou a falta dele, e o pegar na carteira, no agasalho e no guarda chuva…, abre a porta da rua e, sentindo o fresco ou os pingos de chuva, já vê a claridade na linha do horizonte que adivinha o sol entre as nuvens que já se instalaram no teto do nosso mundo.
Agradecendo ao Senhor dos dias e do tempo, estaremos prontos para dizer bom dia e agradecer a cada uma e cada um que partilha a mesma condição de ser amado por Deus.

CR

sábado, 26 de outubro de 2013

HOJE MUDA A HORA!

E cá vamos nós a caminho do Inverno, que vai começar a fazer-se sentir no relógio, a partir deste domingo, na madrugada de 27 de Outubro. Não se esqueça de atrasar o seu relógio 60 minutos às 2h00, ou quando se for deitar, para que amanhã esteja à hora certa na Eucaristia Dominical a que vai habitualmente.

FOLHA DOMINICAL: informações e reflexões importantes para toda a comunidade



DOMINGO XXX DO TEMPO COMUM - Ano C

SALMO RESPONSORIAL Salmo 33 (34), 2-3.17-18.19.23 (R. 7a)
Refrão: O pobre clamou o Senhor o ouviu . 
A toda a hora bendirei o Senhor,
o seu louvor estará sempre na minha boca.
A minha alma gloria-se no Senhor:
escutem e alegrem-se os humildes. 

A face do Senhor volta-se contra os que fazem o mal,
para apagar da terra a sua memória.
Os justos clamaram e o Senhor os ouviu,
livrou-os de todas as angústias. 

O Senhor está perto dos que têm o coração atribulado
e salva os de ânimo abatido.
O Senhor defende a vida dos seus servos,
não serão castigados os que n’Ele confiam. 

MEDITAÇÃO DIÁRIA

Sáb, 26 – SEMANA XXIX DO TEMPO COMUM
Rom 8, 1-11 / Slm 23 (24), 1-4b.5-6 / Lc 13, 1-9
Quem poderá subir à montanha do Senhor? (...) O que tem o coração puro. (Salmo)
Ninguém nasce com um coração puro. Vamo-lo purificando através da caridade. É a caridade que o torna puro. As boas acções, de boas em melhores, é que nos vão purificando o coração. O leitor sente--se e faça um programa para depois controlar. E a oração. A oração ajuda. Mas é no fogo do amor que as impurezas do leitor vão ser queimadas.

http://apostoladodaoracao.pt/index.php/oracao/meditacao-diaria

REUNIÃO DE PAIS DA CATEQUESE DE INFÂNCIA - 4 º 5º e 6º anos - Sábado, 26 de Outubro, 16h00, no Centro Paroquial


A presença dos pais é sempre muito importante. Não falte!

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

CORO INFANTIL E JUVENIL: ensaios aos sábados, 14h30, na Capela de S. Martinho

O nosso Coro Infantil e Juvenil, retomou a sua actividade e já esteve em grande, no passado sábado na Eucaristia com a Catequese.
Todos sabemos que a Eucaristia com a presença de um Coro tem outra espiritualidade e alegria.  Por isso é muito importante que haja crianças e jovens, dispostos a dar o seu dom ao Senhor, em forma de canto.
 É muito bonito ver o empenho e atenção com estas crianças e jovens aqui estão, dando o seu melhor para que a Eucaristia seja mais vivida e sentida.
Por este belo trabalho muitos parabéns! Que a vossa voz nunca se canse de cantar, louvando dessa forma tão bela ao Senhor!

REUNIÃO DE PAIS - Catequese da Infância: 1º, 2º, e 3ºanos - sexta-feira, 25 de Outubro, às 21h30, no centro paroquial

A família é o berço da humanidade, primeira comunidade na qual a criança vai desenvolver a sua fé. E a fé forma-se através do exemplo, dos hábitos e orações em família. Os catequistas são colaboradores na educação da fé, sendo crucial a importância da família em todo este processo. Catequistas e Pais têm de estar sintonizados e ajudarem-se mutuamente, para que seja possível ajudar as crianças neste caminho de adesão a Jesus Cristo e à Palavra de Amor e Redenção que d´Ele nos vem.
Por isso, queridos pais, hoje, esperamos a vossa presença!

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

EUCARISTIA COM A CATEQUESE: Acolhimento ao 1º Ano

Apresentaram-lhe então crianças para que as tocasse; mas os discípulos repreendiam os que as apresentavam.
Vendo-o, Jesus indignou-se e disse-lhes: "Deixai vir a mim os pequeninos e não os impeçais, porque o Reino de Deus é daqueles que se lhes assemelham.
Em verdade vos digo: todo o que não receber o Reino de Deus com a mentalidade de uma criança, nele não entrará."
Marcos 10, 14-16
 
 
 
 
Foi uma Festa, a primeira Eucaristia com a catequese neste novo ano catequético, com os mais pequeninos no centro de toda a atenção! Que esta seja a primeira das muitas festas Eucarísticas, que se seguirão ao longo do ano, e em que todos desejem participar, cada vez com mais alegria e entusiasmo.

sábado, 19 de outubro de 2013

20 DE OUTUBRO, DIA MUNDIAL DAS MISSÕES


Missão é partir, 
caminhar, deixar tudo, sair de si, 
quebrar a crosta do egoísmo 
que nos fecha no nosso Eu.
É parar de dar volta ao redor de nós mesmos 
como se fossemos 
o centro do mundo e da vida.
É não se deixar bloquear nos problemas 
do pequeno mundo a que pertencemos:
A humanidade é maior.
Missão é sempre partir, 
mas não devorar quilómetros.
É sobretudo abrir-se aos outros como irmãos, 
descobri-los e encontrá-los.
E, se para descobri-los e amá-los, 
é preciso atravessar os mares e voar lá nos céus, 
então missão é partir até os confins do mundo.

Dom Hélder Câmara

DOMINGO XXIX DO TEMPO COMUM - Ano C


SALMO RESPONSORIAL Salmo 120 (121), 1-8 (R. cf. 2)
Refrão:O nosso auxílio vem do Senhor, que fez o céu e a terra. 

Levanto os meus olhos para os montes:
donde me virá o auxílio?
O meu auxílio vem do Senhor,
que fez o céu e a terra. 

Não permitirá que vacilem os teus passos,
não dormirá Aquele que te guarda.
Não há-de dormir nem adormecer
Aquele que guarda Israel. 

O Senhor é quem te guarda,
o Senhor está a teu lado, Ele é o teu abrigo.
O sol não te fará mal durante o dia,
nem a lua durante a noite. 

O Senhor te defende de todo o mal,
o Senhor vela pela tua vida.
Ele te protege quando vais e quando vens,
agora e para sempre. 

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Missionários somos todos nós


“Cristo manda-nos ao encontro dos outros. Somos missionários com a nossa palavra? Mas sobretudo com a nossa vida cristã? Com o nosso testemunho? Ou somos cristãos fechados no nosso coração e a na nossa Igreja? Cristãos da sacristia? Cristãos de palavra mas que vivem como pagãos?” 
Recuperemos hoje toda a beleza e a responsabilidade de ser uma Igreja Apostólica. Apostólica porque reza e porque anuncia o Evangelho com a vida e com a palavra”, 
 “A Igreja é apostólica porque é enviada a espalhar o evangelho por todo o mundo. De facto apóstolo significa “enviado”. Esta é uma bela responsabilidade que somos convidados a redescobrir: A Igreja é Missionária e não pode ficar fechada em si mesmo.”
Papa Francisco
16 de out

EUCARISTIA COM A CATEQUESE: 19 de Outubro, 16h00, Capela de S.Martinho


Acolhimento ao 1º Ano de Catequese
(Trazer uma moeda para o ofertório, que reverterá para das missões.)

CORO das Crianças e Adolescentes da Catequese

ENSAIOS – aos sábados, das 14h00 às 15h30, na Capela de S. Martinho
Se gostas de música, de cantar e tens muita vontade participar, então vem fazer parte deste CORO!



quinta-feira, 17 de outubro de 2013

OUTUBRO: MÊS DO ROSÁRIO

Recitação do terço, hoje, 17 de Outubro, 21h30,  na Capela de S. Caetano
Dinamização do Apostolado da Oração
Nossa Senhora do Rosário de Fátima,
salvai-nos e salvai Portugal!

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

TERÇO MISSIONÁRIO: Capela de S. Caetano, 16 de Outubro, 21h30

 
Oração Missionária

Espírito Santo,
que desceste sobre os Apóstolos 
e os fizeste anunciadores do Evangelho:
derrama os teus dons sobre cada um de nós 
e torna-nos sensíveis aos apelos 
e às necessidades dos nossos irmãos;
desperta em muitos corações (crianças, jovens e adultos...) 
o ideal missionário;
dá força e coragem a todos quantos se entregam
totalmente ao serviço da MISSÃO.
Amen.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Assim começamos a catequese!

Mas Jesus respondeu: «Mais felizes são os que ouvem a palavra de Deus e a põem em prática». 
Lc 11, 27-28

CONSAGRAÇÃO DO MUNDO ao IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

 
A consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria é um dia especial para a Igreja portuguesa, mas sobretudo para o mundo.
Ficamos muito contentes como católicos e como portugueses, porque isto passa por nós, por aquilo que é o Catolicismo português e o que oferece à Igreja Universal concretamente através de Fátima, que antes de mais Nossa Senhora nos quis oferecer.

D. Manuel Clemente




SER, o segredo do CORAÇÃO

 
Fátima é, sem dúvida, um lugar privilegiado de reconciliação, reflexão e oração. Naturalmente pelo significado que tem para os católicos, que se emocionam e se deixam envolver por todo o ambiente do recinto, da Capelinha das Aparições, da Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima e da Basílica da Santíssima Trindade. Nesta, encontramos sempre exposições que são verdadeiras catequeses pelo conteúdo das palavras, da arte e da beleza de imagens que ali são apresentadas. No 3º ano da celebração Centenário das Aparições de Fátima, encontra-se patente a Exposição temporária - SER, o segredo do CORAÇÃO - evocativa da aparição da Virgem Maria aos pastorinhos, em Junho de 1917.
Se for a Fátima não deixe de visitar!

domingo, 13 de outubro de 2013

Ó Virgem do Rosário


Ó Virgem do Rosário, da Fátima Senhora,
De Portugal Rainha, dos homens protectora.
Ó Virgem do Rosário, da Fátima Senhora,
Do Vosso Santuário, forçoso é ir-me embora.

Uma prece final, ao deixar-Vos Mãe de Deus
Viva sempre em minh’alma este grito imortal:
Ó Fátima, adeus! Virgem Mãe, adeus!

De Vós me aparto ó Virgem, eis o grito de dor,
Que solta ao despedir-se o pobre pecador.
De Vós me aparto ó Virgem, eis o grito de dor,
Acolhe, Mãe bondosa, este último clamor
De Vós me aparto ó Virgem, deste lugar bendito,
Onde a saúde e a paz, sois do enfermo aflito.
De Vós me aparto ó Virgem, deste lugar bendito,
Onde encontra perdão o coração contrito.

De Vós me aparto ó Virgem, desta montanha santa,
Onde Jesus é querido, onde a piedade é tanta.
De Vós me aparto ó Virgem, desta montanha santa,
Que o coração nos prende, e a nossa alma encanta.

De Vós me aparto ó Virgem, o pranto aos olhos vem,
Mas sente-se feliz, quem Vossa benção tem.
De Vós me aparto ó Virgem, o pranto aos olhos vem,
Adeus, repito e choro, adeus saudosa Mãe.

sábado, 12 de outubro de 2013

Fátima: 13 de Outubro

A treze de Outubro,
Foi o seu adeus,
E a Virgem Maria,
Voltou para os céus.

Avé, Avé, Avé Maria!
Avé, Avé, Avé Maria!

DOMINGO XXVIII DO TEMPO COMUM - Ano C

SALMO RESPONSORIALSalmo 97 (98), 1-4 (R. cf. 2b)
Refrão: Diante dos povos manifestou Deus a salvação. 

Cantai ao Senhor um cântico novo
pelas maravilhas que Ele operou.
A sua mão e o seu santo braço
Lhe deram a vitória. 

O Senhor deu a conhecer a salvação,
revelou aos olhos das nações a sua justiça.
Recordou-Se da sua bondade e fidelidade
em favor da casa de Israel. 

Os confins da terra puderam ver
a salvação do nosso Deus.
Aclamai o Senhor, terra inteira,
exultai de alegria e cantai. 

Nossa Senhora de Fátima viajou até ao Vaticano


A pedido de Bento XVI e do Papa Francisco, a imagem de Nossa Senhora de Fátima venerada na Capelina das Aparições deixou a Cova da Iria às 05h30 deste sábado, e viajou para o Vaticano, onde vai permanecer até domingo, para a Jornada Mariana” do Ano da Fé.
O regresso da Imagem ao Santuário de Fátima, está previsto para as 23h30, de domingo, após 42 horas de ausência que acontecem pela primeira vez durante uma peregrinação aniversária das aparições (entre Maio e Outubro).

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

FÁTIMA 2013: Peregrinação Paroquial

No passado dia 6 de Outubro realizou-se a Peregrinação Paroquial ao Santuário de Fátima, com uma grande participação das gentes de Vilar. Este ano contamos 8 autocarros e muitos carros ligeiros que se fizeram ao caminho, para pedirem a bênção e protecção da Mãe e do Filho.
A primeira visita matinal, pode ser por exemplo a lindíssima Basílica da Santíssima Trindade.
Em seguida, Peregrinos como tantos outros, ali em oração, a caminho do Santuário, participamos activamente nos momentos fortes desse dia em que se iniciou o novo Ano Pastoral.
Todos querem estar o mais perto possível do altar e com uma boa visão sobre o recinto. Por isso, a procura de um lugar é, neste momento, a principal preocupação.
 Aos poucos vão chegando muitas caras conhecidas que sem o saberem estão a ser fotografadas!
Duas amigas e catequistas, que este ano farão a sua missão em S. Martinho. Para a Céu e Otília, toda a protecção de Nossa Senhora, e de Jesus Cristo Nosso Senhor, para um bom desempenho na catequese
A Eucaristia é o encontro mais importante do dia, de grande emotividade e beleza, todos unidos em oração e comunhão com Maria e seu Filho Jesus Cristo.
Ver a bandeira da nossa Paróquia, esvoaçando ao vento no meio de tantos estandartes, não deixa de ser também motivo de orgulho e de emoção redobrada.
 
Nossa Senhora em procissão, vinda da Capelinha das Aparições, quase a chegar ao altar para se dar início à Celebração da Eucaristia.
Os paroquianos de Vilar do Paraíso estavam espalhados por todo o recinto e, com o imenso calor que neste dia se fez sentir, muitos acabaram por descer das escadarias e procurar um lugar onde houvesse sombra, para continuarem a acompanhar a Celebração.
A multidão que em Fátima vive um turbilhão de sentimentos na procissão do adeus, com cânticos e lenços brancos.  E as imagens correm mundo instantaneamente através das novas tecnologias.  
Há sempre lágrimas impossíveis de conter, mas que são um balsamo para alma e dão novo alento a um coração amargurado.
Mãe e filha, a caminho da Basílica da Santíssima Trindade, para se integrarem na procissão que seria feita até à Capelinha das Aparições, para ali se recitar o terço a Nossa Senhora.
O Rev. Padre Zé Manel, a dar as últimas orientações ao grupo que com ele e o Diácono Celestino, rezaram o terço com a grande multidão de peregrinos que nesse dia esteve presente.
 O Grupo Coral constituído por elementos de vários os grupos e que animou a celebração.
 Inicio da oração do terço
Com elementos de vários grupos:
 
Responsável pelo Património Religioso
 
Catequese
 
Jovens que se preparam para o Sacramento da Confirmação - Crisma -
 
 
 
Apostolado da Oração
 
 
 
Grupo de Casais
  
E, como não podia deixar de ser, três crianças que não se intimidaram e rezaram muito bem!
 
 
Oração do compromisso apostólico e pastoral para o Ano 2013/14
 
Final com a bênção dos objectos religiosos adquiridos.