quinta-feira, 30 de agosto de 2018

ENCONTRO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS (WMOF Ireland 2018)

  Festival das Famílias em Dublin... 
com a presença do Papa. 
Que privilégio pertencer a estas cerca de 
80 mil pessoas presentes.
Pe. Zé Manel
 
 

FALAR ÀS CRIANÇAS

«A palavra sábia é aquela que, quando contada a uma criança, é entendida sem necessidade de explicações.»
(...) 
É por isso que as palavras a elas destinadas devem ter não só uma substância, mas também uma sabedoria expositiva: se se conseguir entretecer estes dois talentos, então acontecerá que também os adultos permanecerão envolvidos.

É isto que recorda o grande escritor espanhol Miguel de Unamuno (1864-1936) na frase que proponho hoje. A arte de comunicar é um pouco inata e um pouco (na verdade, muito) aprendida, e por isso tem de ser adquirida.

A improvisação – pelo menos em assuntos sérios – é sempre perigosa e, infelizmente, não é raro comprová-lo também nas homilias dominicais.

Os pais, se querem oferecer aos seus filhos um verdadeiro ensinamento, não devem contentar-se com as costumeiras boas palavras ou com a repreensão instintiva: as crianças são as primeiras a dar-se conta, deixando passar essas palavras como água sobre pedra.

terça-feira, 28 de agosto de 2018

PAPA FRANCISCO NA IRLANDA

“O mundo diz-nos para sermos fortes e independentes, preocupando-nos pouco com aqueles que estão sozinhos ou tristes, rejeitados ou doentes, que ainda não nasceram ou estão moribundos. O nosso mundo precisa duma revolução de amor! Que esta revolução comece por vós e pelas vossas famílias!”

segunda-feira, 27 de agosto de 2018

É NOSSA OFERTA: RECEBEI, SENHOR

É nossa oferta: recebei, Senhor!
É nossa oferta: recebei, Senhor!

 Recebei, Pai santo,  
Esta hóstia imaculada.
O nosso pão e nosso vinho 
 Para o corpo e sangue de Jesus.

O nosso trabalho e as nossas lutas, 
A nossa fadiga e o nosso repouso.
A nossa riqueza e a nossa pobreza
A nossa virtude e a nossa miséria.

A nossa saúde e a nossa doença
A nossa vida e a nossa morte.
Tudo o que somos e temos.
 Para aumento do vosso reino.

sábado, 25 de agosto de 2018

DOMINGO XXI DO TEMPO COMUM - Ano B

ANTÍFONA DA COMUNHÃO
Salmo 103, 13-15 

Encheis a terra, Senhor, com o fruto das vossas obras. 
Da terra fazeis brotar o pão e o vinho 
que alegra o coração do homem. 

sexta-feira, 24 de agosto de 2018

SEXTA-FEIRA da semana XX

S. Bartolomeu, Apóstolo – FESTA 
São Bartolomeu - filho de Tholmai - é um dos doze apóstolos. 

Muitos o identificam com Natanael, mencionado em João 1,45: Jesus viu Natanael vindo até ele, e disse a seu respeito: "Eis um verdadeiro israelita, em quem não há fraude". Natanael exclamou: "Rabi, tu és o Filho de Deus, tu és o Rei de Israel". Jesus respondeu-lhe: "Crês só porque te disse: 'Eu vi-te sob a figueira'? Verás coisas maiores do que essas".

Além de João, Mateus, Marcos, Lucas, os Actos referem-se a ele como um dos Doze. Uma antiga tradição arménia afirma que o apóstolo Bartolomeu, que era da Galileia, foi para a Índia.
Pregou àquele povo a verdade do Senhor Jesus segundo o Evangelho de São Mateus. Depois de, naquela região, ter convertido muitos a Cristo, sustentando não poucas fadigas e superando muitas dificuldades, passou para a Arménia Maior, onde levou a fé cristã ao rei Polímio, a sua esposa e a mais de doze cidades. Essas conversões, no entanto, provocaram uma enorme inveja nos sacerdotes locais, que, por meio do irmão do rei Polímio, conseguiram obter ordem para tirar a pele de Bartolomeu e depois decapitá-lo. 

quinta-feira, 23 de agosto de 2018

QUINTA-FEIRA da semana XX

S. Rosa de Lima, virgem – MF 
SALMO RESPONSORIAL Salmo 50 (51), 12-13.14-15.18-19 (R. Ez 36, 25) 
Refrão: Derramarei sobre vós água pura 
e ficareis limpos de toda a iniquidade. 

Criai em mim, ó Deus, um coração puro 
e fazei nascer dentro de mim um espírito firme. 
Não queirais repelir-me da vossa presença 
e não retireis de mim o vosso espírito de santidade. 

Dai-me de novo a alegria da vossa salvação 
e sustentai-me com espírito generoso. 
Ensinarei aos pecadores os vossos caminhos 
e os transviados hão-de voltar para Vós. Refrão 

Não é do sacrifício que Vos agradais 
e, se eu oferecer um holocausto, não o aceitareis. 
Sacrifício agradável a Deus é o espírito arrependido: 
não desprezeis, Senhor, 
um espírito humilhado e contrito. 

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

VIRGEM SANTA MARIA, RAINHA

EVANGELHO Lc 1, 26-38 
«Conceberás e darás à luz um Filho»  

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas 

Naquele tempo, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem chamado José, que era descendente de David. O nome da Virgem era Maria. Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo: «Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo». Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela. Disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David; reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim». Maria disse ao Anjo: «Como será isto, se eu não conheço homem?». O Anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus. E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice e este é o sexto mês daquela a quem chamavam estéril; porque a Deus nada é impossível». Maria disse então: «Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra». 
Palavra da salvação. 

terça-feira, 21 de agosto de 2018

TERÇA-FEIRA da semana XX

S. Pio X, Papa
SALMO RESPONSORIAL Salmo 88 (89), 2-3.4-5.21-22.25 e 27 (R. 2a) 
Refrão: Senhor, cantarei eternamente a vossa misericórdia. 

Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor 
e para sempre proclamarei a sua fidelidade. 
Vós dissestes: 
«A bondade está estabelecida para sempre»; 
no céu permanece firme a vossa fidelidade. 

«Concluí uma aliança com o meu eleito, 
fiz um juramento a David, meu servo: 
Conservarei a tua descendência para sempre, 
estabelecerei o teu trono por todas as gerações. 

Encontrei a David, meu servo, 
ungi-o com óleo santo. 
Estarei sempre a seu lado 
e com a minha força o sustentarei. 

A minha fidelidade e bondade estarão com ele, 
pelo meu nome será firmado o seu poder. 
Ele Me invocará: ‘Vós sois o meu Pai, 
meu Deus, meu Salvador’».

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

SONHAR: PERDA DE TEMPO OU SEMENTE DO FUTURO?

Quando de alguém se quer dizer que tem falta de bom senso, ou até de senso comum, diz-se muitas vezes que é «um sonhador». Porque o sonhador não tem os pés na terra, não faz ideia do que é a concretude, não tem consciência da oportunidade, não é capaz (ou talvez não queira) de ser esperto. É uma condição típica dos jovens, aos quais se repete até à náusea «quando parares de sonhar, então, finalmente, conseguirás…». Desta forma, o sonho acaba por ter a sua dignidade exclusivamente como atividade onírica noturna, enquanto que sonhar de dia não é mais do que uma perda de tempo.
(...)
Na vigília de oração com os jovens italianos ocorrida a 1 de setembro de 2007, em Loreto, o papa Bento XVI lançou uma mensagem análoga: «Deixai que esta tarde eu vos repita: cada um de vós, se permanecer unido a Cristo, pode realizar coisas grandiosas. Eis por que, queridos amigos, não deveis ter medo de sonhar de olhos abertos grandes projetos de bem e não vos deveis desencorajar pelas dificuldades».

SEGUNDA-FEIRA da semana XX

S. Bernardo, abade e doutor da Igreja – MO
Nota Histórica

Nasceu no ano 1090 perto de Dijon (França) e recebeu uma piedosa educação. Admitido, no ano 1111, entre os Monges Cistercienses, foi eleito, pouco tempo depois, abade do mosteiro de Claraval. Com a sua actividade e exemplo exerceu uma notável influência na formação espiritual dos seus irmãos religiosos. Por causa dos cismas que ameaçavam a Igreja, percorreu a Europa para restabelecer a paz e a unidade. Escreveu muitas obras de teologia e ascética. Morreu em 1153.

domingo, 19 de agosto de 2018

VISITAR O PORTO A PARTIR DO SEMINÁRIO

Igreja de São Lourenço oferece «Visão de 360 Graus»
para património edificado do Porto e Gaia

ORAÇÃO OFICIAL DA FAMÍLIA

 PARA A REUNIÃO MUNDIAL DAS FAMÍLIAS 2018
Deus, nosso pai
Somos irmãos e irmãs em Jesus, teu filho.
Uma família, no espírito do seu amor.

Abençoe-nos com a alegria do amor.

Faça-nos paciente e gentil
gentil e generoso
acolhendo os necessitados.
Ajude-nos a viver seu perdão e paz.

Proteja todas as famílias com o seu carinho,
Especialmente aqueles por quem oramos agora:

[Pausamos e lembramos os membros da família e outras pessoas pelo nome].

Aumentar nossa fé
Fortalecer nossa esperança
Nos mantenha seguros em seu amor
Faça-nos sempre gratos pelo dom da vida que compartilhamos.

Isto pedimos, através de Cristo nosso Senhor

Maria, mãe e guia, rogai por nós.
São José, pai e protetor, rogai por nós.
Santos Joaquim e Ana, rogai por nós.
Santos Louis e Zélie Martin, rogai por nós

AINDA AS FESTAS EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E S. CAETANO

 
Imagens da Procissão 
cedidas por Daniela Pereira, 
a quem agradecemos a colaboração 
 
Todas as fotos em 

sábado, 18 de agosto de 2018

DOMINGO XX DO TEMPO COMUM - Ano B

EVANGELHO Jo 6, 51-58 
«A minha carne é verdadeira comida 
e o meu sangue é verdadeira bebida»
A ceia pascal judaica estava intimamente ligada à libertação dos hebreus da escravatura egípcia. Ao comerem a Páscoa, os judeus tinham consciência de serem o povo libertado por Deus. Cristo associa também os discípulos à Sua morte redentora. Os participantes na celebração eucarística, ao comerem o pão e beberem o sangue derramado na cruz pela multidão dos homens, reconhecem-se no povo redimido por Cristo.

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João 

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: «Eu sou o pão vivo que desceu do Céu. Quem comer deste pão viverá eternamente. E o pão que Eu hei-de dar é minha carne, que Eu darei pela vida do mundo». Os judeus discutiam entre si: «Como pode Ele dar-nos a sua carne a comer?». E Jesus disse-lhes: «Em verdade, em verdade vos digo: Se não comerdes a carne do Filho do homem e não beberdes o seu sangue, não tereis a vida em vós. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna; e Eu o ressuscitarei no último dia. A minha carne é verdadeira comida e o meu sangue é verdadeira bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em Mim e Eu nele. Assim como o Pai, que vive, Me enviou e Eu vivo pelo Pai, também aquele que Me come viverá por Mim. Este é o pão que desceu do Céu; não é como o dos vossos pais, que o comeram e morreram: quem comer deste pão viverá eternamente». 

Palavra da salvação.

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

FESTAS EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E S. CAETANO

 AGRADECIMENTOS
À Comissão de Festas, Zeladoras, Grupo de Jovens, Grupo Coral, Leitores, Acólitos, Diáconos, Rev. Pe. Luís Castro, Rev. Pe. Jerónimo, Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, e todos os que de alguma forma contribuíram para que as Festas decorressem com muita fé, alegria e o brilho que lhe é característico.
Que, por intercessão de São Caetano, o Bom Jesus do Monte a todos encha de bênçãos.
 
 
 
 
 
 
 
Fotos de Nádia Tavares

FESTAS EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E S. CAETANO

Celebração da Eucaristia 
 ORAÇÃO COLECTA 
Mostrai, Senhor, a vossa imensa bondade 
aos filhos que Vos imploram 
e dignai-Vos renovar e conservar os dons da vossa graça 
naqueles que se gloriam 
de Vos ter por seu criador e sua providência. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
  
 
 
 
 
 
Fotos de Nádia Tavares
a quem agradecemos a colaboração