Faça o seu DONATIVO à Paróquia de São Pedro de Vilar do Paraíso. NIB 0018 0000 1016 3256 0017 5, IBAN 001800001016325600175 (Fábrica da Igreja Vilar do Paraíso). Se desejar recibo para efeitos de IRS, envie e-mail para: parocovp@gmail.com. Muito obrigado! Continuação de SANTAS FESTAS PASCAIS.

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

LECTIO DIVINA

Evangelho: Lc 4, 38-44
«Tenho de ir também às outras cidades 
anunciar a boa nova do reino de Deus» 
Rezar a Palavra

Senhor, os homens de hoje procuram-te pelos mais diversos caminhos, sem saber que é a ti que procuram. Certo de que te encontrei e caminho contigo, esqueço-me de indicar aos outros o caminho para ir ao teu encontro. Fico de fora a lamentar ou a criticar o facto de outros não te conhecerem, não te seguirem e não te amarem. Esqueço-me da missão que me confiaste quando disseste: "Ide". Leva o meu coração para lá dos muros seguros e confortáveis das nossas igrejas e abre a minha boca para que proclame em todo o lugar a boa nova do reino.

Eu defendo Deus: Falar não chega


Um dia dialogava com o meu amigo filósofo, não crente, Norberto Bobbio. Disse-me ele: «Mas onde está Deus? Se permite guerras, terramotos, fome, onde está?» Diante de uma pergunta destas achei-me a defender Deus. «Posso fazer uma reflexão?». «Certamente.»

«A guerra: a culpa é de Deus ou do homem? A fome: a culpa é de Deus ou do homem? Os acidentes de viação: a culpa é de Deus ou do homem? O mesmo para um terramoto: a culpa é de Deus ou do homem? Se o homem fizesse a sua parte e construísse casas como a técnica ensina, talvez os danos fossem menores. O homem tem em si inteligência para construir também em zonas sísmicas mas com uma sabedoria diferente. Sim ou não?»

O homem, por isso, faça a sua parte e só depois pergunte a Deus: «Onde estás?». O homem comece a resolver todos os “porquês” que dependem de si antes de perguntar «porquê?» a Deus. Só então poderemos fazer-nos as perguntas que contam. «Deus, onde estás?» Se estivermos de boa-fé, Ele mostrar-se-á. Se usarmos só palavras, calar-se-á.

Ernesto Olivero 

terça-feira, 30 de agosto de 2016

RECORDANDO O MISSÃO JOVEM COM O PADRE LEONEL

É Jesus que nos guia e conduz
Nos caminhos da vida, é a luz
Ele é paz, ele é dom, ele é amor
É Jesus o Bom Pastor
Ele escuta a nossa voz
P`ra louvar e agradecer
Toca o nosso coração
Dá-nos força pra viver
Ele acolhe os que procuram
As nascentes da esperança
Abre os braços com ternura
E renasce a confiança
Ele caminha com aqueles 
Que carregam sua cruz
Reconforta os abatidos
Para todos é a luz
Ele convida para a festa
A alegria da salvação
Realiza nossa vida
O banquete da comunhão
Poema "O Bom Pastor"  CD O Sonho de Deus

FELIZ MISSÃO PADRE LEONEL

Muito obrigado por tudo quanto nos transmitiu,
e que Deus o proteja na continuação da missão!

EM TEMPO DE DESPEDIDA...

No Missão Jovem 2016 tivemos mais uma vez o privilégio de estar com o Pe. Leonel Claro, que está agora de partida para o Chade.
Vale a pena escutar o seu testemunho, em entrevista ao programa "A Fé dos Homens" da Agência Ecclesia, transmitido na RT2. 

4 DE SETEMBRO - CANONIZAÇÃO DE MADRE TERESA DE CALUCUTÁ

A santidade de Madre Teresa de Calcutá é a principal razão para ser declarada santa, no próximo domingo, mas esta canonização também tem algo a dizer a outros níveis: a misericórdia tornada prática, a defesa da fé face aos críticos e o papel da mulher na Igreja católica. Poucas figuras católicas alguma vez, e provavelmente nenhuma no seu tempo, ilustraram melhor esse impulso para a misericórdia concreta do que Madre Teresa, desde os centros para doentes com SIDA às casas de acolhimento para crianças perdidas e refugiados. Não houve virtualmente qualquer espécie de sofrimento humano a que ela não tivesse dado uma resposta prática.

segunda-feira, 29 de agosto de 2016

01 de setembro - Dia Mundial de Oração pelo cuidado da Criação

Oração cristã com a criação

Nós Vos louvamos, Pai,
com todas as vossas criaturas,
que saíram da vossa mão poderosa.
São vossas e estão repletas da vossa presença
e da vossa ternura.
Louvado sejais!

Filho de Deus, Jesus,
por Vós foram criadas todas as coisas.
Fostes formado no seio materno de Maria,
fizestes-Vos parte desta terra,
e contemplastes este mundo
com olhos humanos.
Hoje estais vivo em cada criatura
com a vossa glória de ressuscitado.
Louvado sejais!

Espírito Santo, que, com a vossa luz,
guiais este mundo para o amor do Pai
e acompanhais o gemido da criação,
Vós viveis também nos nossos corações
a fim de nos impelir para o bem.
Louvado sejais!

Senhor Deus, Uno e Trino,
comunidade estupenda de amor infinito,
ensinai-nos a contemplar-Vos
na beleza do universo,
onde tudo nos fala de Vós.
Despertai o nosso louvor e a nossa gratidão
por cada ser que criastes.
Dai-nos a graça de nos sentirmos
intimamente unidos
a tudo o que existe.
Deus de amor,
mostrai-nos o nosso lugar neste mundo
como instrumentos do vosso carinho
por todos os seres desta terra,
porque nem um deles sequer
é esquecido por Vós.
Iluminai os donos do poder e do dinheiro
para que não caiam no pecado da indiferença,
amem o bem comum, promovam os fracos,
e cuidem deste mundo que habitamos.
Os pobres e a terra estão bradando:
Senhor, tomai-nos
sob o vosso poder e a vossa luz,
para proteger cada vida,
para preparar um futuro melhor,
para que venha o vosso Reino
de justiça, paz, amor e beleza.
Louvado sejais!
Amen.

«LAUDATO SI’, mi’ Signore – Louvado sejas, meu Senhor»,

«Louvado sejas, meu Senhor,
com todas as tuas criaturas,
especialmente o meu senhor irmão sol,
o qual faz o dia e por ele nos alumia.
E ele é belo e radiante com grande esplendor:
de Ti, Altíssimo, nos dá ele a imagem.
Louvado sejas, meu Senhor,
pela irmã lua e pelas estrelas,
que no céu formaste claras, preciosas e belas.
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão vento
pelo ar, pela nuvem, pelo sereno, e todo o tempo,
com o qual, às tuas criaturas, dás o sustento.
Louvado sejas, meu Senhor, pela irmã água,
que é tão útil e humilde, e preciosa e casta.
Louvado sejas, meu Senhor, pelo irmão fogo,
pelo qual iluminas a noite:
ele é belo e alegre, vigoroso e forte»

domingo, 28 de agosto de 2016

MISERICÓRDIA DA VERDADE

A GRAÇA tem
tempo e jeito
maternal

Descobre sempre
alguém
para embalar

A GRAÇA só sabe
dizer SIM

A GRAÇA é Deus
a olhar por MIM

Sou eu também
a olhar por ti
assim.

D. António Couto 
https://mesadepalavras.wordpress.com/2016/08/27/misericordia-da-verdade/

DOMINGO XXII DO TEMPO COMUM - Ano C

SALMO RESPONSORIALSalmo 67 (68), 4-7ab.10-11 (R. cf. 11b)
Refrão: Na vossa bondade, Senhor, 
preparastes uma casa para o pobre.

Os justos alegram-se na presença de Deus, 
exultam e transbordam de alegria. 
Cantai a Deus, entoai um cântico ao seu nome; 
o seu nome é Senhor: exultai na sua presença.

Pai dos órfãos e defensor das viúvas, 
é Deus na sua morada santa. 
Aos abandonados Deus prepara uma casa, 
conduz os cativos à liberdade.

Derramastes, ó Deus, uma chuva de bênçãos, 
restaurastes a vossa herança enfraquecida. 
A vossa grei estabeleceu-se numa terra 
que a vossa bondade, ó Deus, preparara ao oprimido.

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

A LÂMPADA E A MÃO

«Disse ao anjo que preside à porta do templo: "Dá-me, peço-te, uma lâmpada, a fim de que, com passo seguro, possa ir ao encontro do desconhecido". Mas o anjo respondeu-ne: "Vai antes na escuridão e mete a tua mão na mão de Deus. Ela é melhor do que uma lâmpada e mais segura do que um caminho conhecido».

A VIDA

A vida é uma oportunidade, aproveita-a. 
A vida é beleza, admira-a. 
A vida é beatificação, saboreia-a. 
A vida é sonho, torna-o realidade. 
A vida é um desafio, enfrenta-o. 
A vida é um dever, cumpre-o. 
A vida é um jogo, joga-o. 
A vida é preciosa, cuida-a. 
A vida é riqueza, conserva-a. 
A vida é amor, goza-a. 
A vida é um mistério, desvela-o. 
A vida é promessa, cumpre-a. 
A vida é tristeza, supera-a. 
A vida é um hino, canta-o. 
A vida é um combate, aceita-o. 
A vida é tragédia, domina-a. 
A vida é aventura, afronta-a. 
A vida é felicidade, merece-a. 
A vida é a VIDA, defende-a.

Madre Teresa de Calcutá

Índia: Festival de cinema assinala canonização de Madre Teresa

A cidade de Calcutá vai acolher a partir de hoje um festival de cinema dedicado a Madre Teresa, por ocasião da canonização da religiosa que dedicou a sua vida aos pobres na Índia.

A Rádio Vaticano avança que o ‘Madre Teresa International Film Festival’ começa hoje, data do aniversário de nascimento da futura santa, e decorre até dia 29 deste mês, com o objetivo de “sensibilizar a opinião pública e cada pessoa sobre a obra da missionária”.

 “Queremos apresentar o melhor e mais amplo repertório de filmes e documentários centrados na figura e na vida de Madre Teresa, vencedora do Prêmio Nobel da paz em 1979”, explica a diretora da mostra, Sunjl Lucas.

A santidade dos humildes que emerge da tragédia

"Neste rio de imagens e palavras, uma pergunta: de onde vem esta gente? Os sobreviventes, os que vivem agora em abrigos, os ceifados pela perda de filhos, mulheres, maridos, pais, amigos? Como fazem para conseguirem estar tão quentes e ao mesmo tempo sóbrios, estoicos, a sofrer e a controlar a dor para resistir à morte, à cegueira do sismo, à face cruel e desesperante do mistério mágico do mundo.

Depois aparece o pai de Giorgia, de quatro anos, rastreada, ela e a família, por um cão da equipa cinotécnica da polícia e resgatada pelos bombeiros, 16 horas após ter sido soterrada, na sequência de demorada escavação apenas à força das mãos. Vimo-la nos braços daquele que o jornalista corretamente define como seu socorrista, mas que nós sabemos ser seu salvador.

O seu rabo-de-cavalo depressa se torna símbolo da vida que continua. E o pai, entrevistado depois, lágrimas contidas, dor intensa e composta, agradece o destino que lhe salvou a vida da filha. Que sorte… Mas a outra, sugere timidamente a jornalista… Infelizmente a outra menina, a irmã de 10 anos encontrada sobre o corpo de Giorgia para a proteger… Não ousa continuar. Ele olha, ele e todos nós nos olhos, vemos os seus olhos como quando o divino possui um homem, um divino não antigo, um divino moderno, do pós-calvário, manso e bom antes de ser poderoso: infelizmente ela não conseguiu, responde. Como pensando que foi justo assim, em vez de uma agonia e um futuro de enfermidade."

Fé e inculturação: desafios contemporâneos

"A encarnação da fé numa cultura indiferente terá de enfrentar, antes de mais, a grave dificuldade de grande parte das pessoas não se interrogarem, não levantarem questões sobre o sentido, por estarem plenamente satisfeitas com o cómodo ritual do bem-estar conseguido dia-a-dia."

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

S. BARTOLOMEU, Apóstolo

SALMO RESPONSORIAL Salmo 144 (145), 10-11.12-13.17-18 (R. cf. 12a) 

Refrão: Aqueles que Vos amam, Senhor, 
proclamem a glória do vosso reino.

Graças Vos dêem, Senhor, todas as criaturas 
e bendigam-Vos os vossos fiéis. 
Proclamem a glória do vosso reino 
e anunciem os vossos feitos gloriosos;

Para darem a conhecer aos homens o vosso poder, 
a glória e o esplendor do vosso reino. 
O vosso reino é um reino eterno, 
o vosso domínio estende-se por todas as gerações.

O Senhor é justo em todos os seus caminhos, 
perfeito em todas as suas obras. 
O Senhor está perto de quantos O invocam, 
de quantos O invocam em verdade.

terça-feira, 23 de agosto de 2016

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

VIRGEM SANTA MARIA, RAINHA

Nota Histórica
A festa litúrgica da Virgem Santa Maria, foi instituída por Pio XII. Celebra-se na oitava da Assunção de N.ª Senhora, para manifestar claramente a conexão que existe entre a realeza de Maria e a sua Assunção ao céu.
EVANGELHO Lc 1, 26-38 
«Conceberás e darás à luz um Filho» 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas 

Naquele tempo, o Anjo Gabriel foi enviado por Deus a uma cidade da Galileia chamada Nazaré, a uma Virgem desposada com um homem chamado José, que era descendente de David. O nome da Virgem era Maria. Tendo entrado onde ela estava, disse o Anjo: «Ave, cheia de graça, o Senhor está contigo». Ela ficou perturbada com estas palavras e pensava que saudação seria aquela. Disse-lhe o Anjo: «Não temas, Maria, porque encontraste graça diante de Deus. Conceberás e darás à luz um Filho, a quem porás o nome de Jesus. Ele será grande e chamar-Se-á Filho do Altíssimo. O Senhor Deus Lhe dará o trono de seu pai David; reinará eternamente sobre a casa de Jacob e o seu reinado não terá fim». Maria disse ao Anjo: «Como será isto, se eu não conheço homem?». O Anjo respondeu-lhe: «O Espírito Santo virá sobre ti e a força do Altíssimo te cobrirá com a sua sombra. Por isso o Santo que vai nascer será chamado Filho de Deus. E a tua parenta Isabel concebeu também um filho na sua velhice e este é o sexto mês daquela a quem chamavam estéril; porque a Deus nada é impossível». Maria disse então: «Eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra». 

Palavra da salvação. 

domingo, 21 de agosto de 2016

sábado, 20 de agosto de 2016

DOMINGO XXI DO TEMPO COMUM - Ano C

SALMO RESPONSORIAL Salmo 116 (117), 1.2 (R. Mc 16, 15) 
Refrão: Ide por todo o mundo, anunciai a boa nova. 

Louvai o Senhor, todas as nações, 
aclamai-O, todos os povos. 

É firme a sua misericórdia para connosco, 
a fidelidade do Senhor permanece para sempre.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

JUBILEU DOS CATEQUISTAS DA DIOCESE DO PORTO


Em sintonia de fé, de missão e de tempo, os catequistas da Diocese do Porto terão a possibilidade de viver, em simultâneo, o seu Jubileu com os catequistas de todo o mundo reunidos em Roma. Assim, no domingo, 25 de setembro de 2016, (algumas Vigararias programaram a celebração para outro dia por motivos de agenda pastoral)  em comunhão diocesana e com a Igreja universal celebrar-se-á o Jubileu dos Catequistas, na Diocese do Porto. Seremos mais de 14 mil catequistas, reunidos, em simultâneo, nas respetivas paróquias ou vigararias num encontro em rede, a partir de um mesmo itinerário, que permitirá a todos celebrarmos o Jubileu, ouvirmos a mensagem do Papa Francisco e do nosso Bispo Dom António Francisco dos Santos.

LECTIO DIVINA-Quinta-feira da Semana XX do Tempo Comum

Evangelho: Mt 22, 1-14
«Convidai para as bodas todos os que encontrardes»
Rezar a Palavra

A tua festa, Senhor, não se faz sem convidados. 
De muitos modos e através de muitas pessoas 
mostras-me a alegria que tens pela minha presença, 
mas eu ando demasiado ocupado para te ouvir, 
para aceitar o teu convite. 
No fundo o meu interesse é pouco. 
Parece que não dou grande importância 
ao banquete que preparas para mim. 
Ajuda-me, Senhor, 
a desprender-me dos meus interesses
para procurar a alegria da tua festa.

CAPELA DE S. CAETANO

Nova imagem da Capela de S. Caetano.
 Só possível com o empenho e trabalho 
de toda a comunidade. 
 Muito obrigada a todos!

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

PROCISSÃO DAS FESTAS AO BOM JESUS DO MONTE E S. CAETANO

 Procissão vista pelo olhar de Daniela Pereira
fotografa / Gaia
 
 

Vaticano: Papa cria novo organismo para os leigos, a família e a vida

O Papa Francisco instituiu hoje um novo organismo da Santa Sé para os leigos, a família e a vida, em substituição dos antigos conselhos pontifícios que tratavam separadamente dessas áreas pastorais.

“A Igreja tem procurado sempre cuidar dos leigos, das famílias e da vida, manifestando o amor de Deus misericordioso por toda a humanidade. Em particular, as nossas atenções estão centradas naqueles que precisam de suporte e de ajuda, para que sejam testemunhas ativas do Evangelho no nosso tempo e expressão da bondade do Redentor”.

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

SOB O TEU MANTO, SENHORA DE LUZ

Nossa Senhora da Assunção,
Santa Maria do verão,
Ao céu elevada,
À minha beira sentada,
Em casa e no caminho,
Senhora do meu carinho.

Olha por mim,
Fica sempre assim,
No campo e na eira,
À minha cabeceira.
É bom ter uma mãe
Como companheira.

Senhora da Assunção
Ou da Dormição,
Envolve-nos no teu manto,
Adormece-nos com o teu canto,
A tua lalação,
Pertinho do coração.

Vão os teus filhos
Em procissão de amor,
Atrás do teu andor.
Na mão levamos uma flor.
Recebe-a, mãe,
E acolhe-nos sob a tua proteção,
Hoje e em cada dia,
Ave-Maria.

D.António Couto

sábado, 13 de agosto de 2016

SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA - 15 de Agosto

SALMO RESPONSORIAL Salmo 44 (45), 10.11.12.16 (R. cf. 10b) 
Refrão: À vossa direita, Senhor, a Rainha do Céu, 
ornada do ouro mais fino.

Ao vosso encontro vêm filhas de reis, 
à vossa direita está a rainha, ornada com ouro de Ofir. 

Ouve, minha filha, vê e presta atenção, 
esquece o teu povo e a casa de teu pai.

Da tua beleza se enamora o Rei; 
Ele é o teu Senhor, presta-Lhe homenagem. 

Cheias de entusiasmo e alegria, 
entram no palácio do Rei.

Mensagem - Convite à Diocese

Venho, por este meio, convidar toda a Diocese, muito particularmente quantos se sentem mais próximos da vida e do ministério sacerdotal dos jubilados, a participar no próximo dia 15 de agosto, Solenidade da Assunção da Virgem Santa Maria, na Eucaristia das 11 horas na Sé.
Os meses de julho e agosto são, há várias décadas, o tempo escolhido para a celebração das ordenações presbiterais na nossa Diocese. Desde sempre, mas com acrescido entusiasmo nos últimos tempos, a celebração do aniversário da ordenação para o ministério ordenado assume um particular sentido de louvor a Deus e de gratidão aos sacerdotes por parte das as comunidades paroquiais e das instituições locais e diocesanas.

Esta evocação da memória do tempo e esta afirmação da gratidão do coração fazem da alegria de cada sacerdote e de cada comunidade o júbilo de toda a Igreja do Porto.

É esta mesma Igreja que sente, neste ano pastoral, razões aumentadas de alegria para dar graças a Deus pela ordenação episcopal de D. António Augusto de Oliveira Azevedo, oriundo do nosso presbitério diocesano, pela ordenação de quatro sacerdotes diocesanos e um religioso, de três diáconos diocesanos e um religioso a caminho do presbiterado e de cinco diáconos permanentes.

Junta-se a este hino de acção de graças a nossa comunhão com os nove sacerdotes, cinco do presbitério diocesano e quatro de Congregações Religiosas, que, no mês de julho, celebraram o jubileu dos 25 anos de ordenação presbiteral.

DOMINGO XX DO TEMPO COMUM- Ano C

SALMO RESPONSORIAL Salmo 39 (40), 2.3.4.18 (R. 14b) 

Refrão: Senhor, socorrei-me sem demora.

Esperei no Senhor com toda a confiança 
e Ele atendeu-me. 
Ouviu o meu clamor 
e retirou-me do abismo e do lamaçal, 
assentou os meus pés na rocha 
e firmou os meus passos.

Pôs em meus lábios um cântico novo, 
um hino de louvor ao nosso Deus. 
Vendo isto, muitos hão-de temer 
e pôr a sua confiança no Senhor.

Eu sou pobre e infeliz: 
Senhor, cuidai de mim. 
Sois o meu protector e libertador: 
ó meu Deus, não tardeis.

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

FESTAS AO BOM JESUS DO MONTE E S. CAETANO

PROCISSÃO 
 Bom Jesus do Monte, divino amigo de todos, 
olhai para nós e dai-nos o pão de cada dia, 
ajudai aqueles que não têm trabalho, 
nem tecto e estão prestes a perder a esperança. 
Ajudai-nos a ser firmes na fé;
e fieis aos vossos mandamentos.
Defendei-nos dos perigos e do pecado; 
perdoai-nos, pela dureza do nosso coração e 
pelo esquecimento de olhar o outro como irmão. 
Dá-nos em cada dia força para continuar; 
oferecendo-Te o nosso trabalho, alegrias e dores.
Dá-nos tempo para parar e contemplar,
meditar na Tua Palavra e rezar.
Bom Jesus do Monte, concedei a toda a comunidade 
a vossa bênção e a alegria de vos conhecer e amar, 
com ternura e alegria, na doce luz da Eucaristia. Ámen.
 Fotos de Paula Duarte, a quem agradecemos a colaboração

quinta-feira, 11 de agosto de 2016

FESTAS AO BOM JESUS DO MONTE E S. CAETANO

CELEBRAÇÃO DA EUCARISTIA
Dia muito bonito e certamente inesquecível, para quantos puderam estar presentes a 7 de Agosto, na festa em honra do Bom Jesus do Monte e da sagração do novo altar, por D. António Augusto Azevedo, bispo auxiliar do Porto, e que muitas vezes celebrou a Eucaristia nesta Capela, quando era pároco de Vilar do Paraíso.
 
Celebração festiva presidida por D. António, concelebrada pelo nosso pároco Pe. José Manuel, coadjuvados pelo Diácono Celestino e muitos acólitos.
 
Como já vem sendo tradição, o Grupo Coral que animou esta celebração, foi composto com elementos de todos os coros da paróquia e dirigido pela maestrina Tânia Leitão.
 
 "Lembrai-Vos, Senhor, da vossa aliança, não esqueçais para sempre a vida dos vossos fiéis. evantai-Vos, Senhor, defendei a vossa causa, escutai a voz daqueles que Vos procuram. 
ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 73, 20.19.22.23 
 
 ORAÇÃO SOBRE AS OBLATAS 
"Aceitai benignamente, Senhor, os dons que Vós mesmo concedestes à vossa Igreja e transformai-os, com o vosso poder, em sacramento da nossa salvação. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo." 
 
Na numerosa assembleia que participou nesta Eucaristia, estavam também presentes autoridades civis e o arquitecto responsável pela nova imagem da Capela de S. Caetano e Bom Jesus do Monte.
 
E, por este dia, bendigamos ao Senhor com todo o coração, anunciemos com a vida: “a Alegria do Evangelho é a nossa missão”!
    
Fotos: Paula Duarte, com os nossos agradecimentos pela colaboração
Álbum em : https://goo.gl/photos/bpHzNGi4Y8oj2vWeA