quarta-feira, 31 de julho de 2019

REZAR A PALAVRA

“Foi vender tudo quanto possuía”. Esta decisão é radical. Compreender o encontro contigo, Senhor, como algo tão extraordinariamente rico que vale a pena vender tudo para poder estar contigo, para te ter em minha vida, parece loucura. Ensina o meu coração a procurar sempre este bem maior que és tu na minha vida.

Compromisso
Vou estar atento, às minhas decisões, para não passar por cima do tesouro que o Senhor colocou no terreno da minha própria vida.

https://aliturgia.com/quarta-feira-da-semana-xvii-do-tempo-comum-5/

QUARTA-FEIRA DA SEMANA XVII DO TEMPO COMUM

EVANGELHO: MT 13, 44-46

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: «O reino dos Céus é semelhante a um tesouro escondido num campo. O homem que o encontrou tornou a escondê-lo e ficou tão contente que foi vender tudo quanto possuía e comprou aquele campo. O reino dos Céus é semelhante a um negociante que procura pérolas preciosas. Ao encontrar uma de grande valor, foi vender tudo quanto possuía e comprou essa pérola».

Compreender a Palavra
Com estas duas parábolas, Jesus, pretende dizer à multidão que há “algo” de tal modo totalizante que vale mais do que tudo o que possuímos. Gastar a vida por coisas importantes mas não totalizantes e não procurar este bem maior, que está ao nosso alcance e pelo qual vale a pena deixar tudo, é sinal de insensatez. Aquele que encontra o tesouro, a pérola de grande valor, não hesita e vai vender tudo para adquirir o bem maior, que descobriu. Que bem maior é este?

Meditar a Palavra
Procuro incansavelmente o meu bem-estar, a satisfação das minhas necessidades imediatas e dos meus desejos mais exorbitantes. Sou capaz de tudo para alcançar estes bens a que habituei o meu coração. Sei que todas estas coisas são passageiras e que não poderei garantir a sua posse para sempre. Mesmo assim, não regateio esforços para os alcançar. Jesus ensina-me que há um bem maior, esse bem é ele mesmo, o Pai, a vida eterna, que se alcança pela escuta da sua palavra que ensina o nosso coração a querer o verdadeiro tesouro.

A TENDA DOS ESCUTEIROS

NAS FESTAS
Para retemperar forças, entre nesta TENDA!

terça-feira, 30 de julho de 2019

ASSIM FAZEMOS MEMÓRIA - Festa de 2008

Com o registo e recordação de algumas imagens da Festa em Honra do Bom Jesus do Monte e São Caetano, no ano de 2008, rogando Deus pelos que já partiram, muito trabalharam e engrandeceram as festas, e foram exemplo de comunhão na comunidade. 
Agradecemos a toda Comunidade que desde sempre acarinhou as festas. Aos Elementos do Coro, Salmistas, Organistas, Outros Músicos, Maestro e Maestrina que ao logo dos anos têm animado as celebrações. 
Aos Acólitos, Diáconos, Leitores, Zeladoras, Párocos e Pregadores que nos ajudaram a viver melhor cada celebração inspirados pela Palavra de Deus, e a quantos de alguma forma têm contribuído para que as festas se realizem, mas principalmente que a Fé em Deus e a veneração ao Bom Jesus do Monte e a São Caetano permaneçam.
Que São Caetano interceda por todos e que o Bom Jesus do Monte derrame sobre cada um e as suas famílias todas as suas bênçãos. 

REZAR A PALAVRA

Entro na tua tenda, Senhor, 
no santuário da tua presença, 
no lugar onde habitas no meio do teu povo.
Entro e prostro-me a teus pés, 
inclino diante de ti a minha cabeça e, 
de coração humilhado e contrito, 
peço-te que caminhes comigo, no meio deste povo 
tantas vezes incapaz de te reconhecer como Deus e Senhor.

Compromisso
Hoje, mais uma vez, vou entrar na igreja e falar face a face com Deus.


TERÇA-FEIRA DA SEMANA XVII DO TEMPO COMUM

EVANGELHO: MT 13, 36-43

Naquele tempo, Jesus deixou a multidão e foi para casa. Os discípulos aproximaram-se d’Ele e disseram-Lhe: «Explica-nos a parábola do joio no campo». Jesus respondeu: «Aquele que semeia a boa semente é o Filho do homem e o campo é o mundo. A boa semente são os filhos do reino, o joio são os filhos do Maligno e o inimigo que o semeou é o Diabo. A ceifa é o fim do mundo e os ceifeiros são os Anjos. Como o joio é apanhado e queimado no fogo, assim será no fim do mundo: o Filho do homem enviará os seus Anjos, que tirarão do seu reino todos os escandalosos e todos os que praticam a iniquidade, e hão-de lançá-los na fornalha ardente; aí haverá choro e ranger de dentes. Então, os justos brilharão como o sol no reino do seu Pai. Quem tem ouvidos, oiça».

segunda-feira, 29 de julho de 2019

ENSAIOS DO CORO

Vamos continuar a preparar os cânticos para a celebração da Eucaristia das Festas em Honra do Bom Jesus do Monte e São Caetano.
Por isso, os ensaios são hoje, 29 de Julho e quinta-feira, 1 de Agosto, às 21h30, no Centro Paroquial.
Agradece-se a presença de todos os que já estiveram nos ensaios anteriores . 

SEGUNDA-FEIRA da semana XVII - Santa Marta

EVANGELHO: JO 11, 19-27
Rezar a Palavra
Senhor, 
eu creio que tu és a ressurreição e a vida. 
Creio que na minha morte 
me encontro com a vida que vem de ti. 
Creio que nada pode separar-me do teu amor 
que é vida eterna. 
Creio que ainda que esteja morto 
hei-de viver porque para ti 
todos os seres vivem. 
Tu és Deus de vivos e não de mortos. 
Senhor, eu creio mas aumenta a minha fé 
para que não me entristeça como os pagãos 
mas permaneça na esperança 
de que o Pai estará em mim, para me ressuscitar, 
no mesmo poder com que esteve na tua ressurreição.

Compromisso
O meu olhar, hoje, não será um olhar de tristeza mas de esperança.

domingo, 28 de julho de 2019

VISITA DE UM AMIGO

O Pe. Rui Ferreira, da Boa Nova - bem conhecido de toda a nossa comunidade - e que foi destacado para fazer missão em Moçambique, encontra-se entre nós numa breve visita, tendo hoje celebrado a Eucaristia na Capela de S. Caetano.
Uma grata surpresa para a assembleia que participou nesta celebração, que com muita alegria o escutou e no final abraçou.
Desejamos ao Pe. Rui as maiores felicidades, e a continuação de uma missão fecunda em Moçambique, com todas as bênçãos do Espírito Santo. 
Deixamos aqui a saudação e cumprimentos a toda a comunidade que o Pe. Rui Ferreira pediu para serem transmitidas, uma vez que a brevidade desta sua visita não permite que esteja com todos.

AGRUPAMENTO DE ESCUTEIROS 321

E assim terminamos o Acagrup! Cansados mas felizes! A todas as equipas, às secções dirigentes: somos um, somos o 321! Criamos amizades, laços de fraternidade e ousamos ser! Todos têm um lugar na rocha do rei!             
Texto e Fotos: Hugo Carneiro 

sábado, 27 de julho de 2019

FOLHA DOMINICAL: informações e reflexões importantes para toda a comunidade

O TRÍPTICO DA ORAÇÃO

(...)
"Os discípulos veem Jesus a rezar, mas não ousam interromper tão intensa corrente de confiança e de amor. Veem apenas. O deslumbramento tolhe-lhes os movimentos e as palavras. Mas eis que Jesus termina a sua oração ao Pai. Então, ainda extasiado, um dos discípulos, em nome de todos, também em nosso nome, atreveu-se a formular este pedido: «Senhor, ensina-nos a rezar como João Batista ensinou a rezar os seus discípulos!» (Lucas 11,1).

E foi então que Jesus ensinou a eles e a nós, a todos, o segredo mais profundo da sua vida e da nossa vida, a orientação da sua vida e da nossa vida: para onde, melhor, para quem, devem estar sempre voltados o nosso coração, os nossos olhos, as nossas mãos, os nossos pés, a nossa vida toda.
E disse: «Quando rezardes, dizei:

“Pai (páter),
1. Santifica o teu Nome,
2. Venha o teu Reino,
3. Dá-nos o pão nosso (árton hêmôn) de cada dia,
4. Perdoa os nossos pecados,
5. Não nos deixes cair na tentação”» (Lucas 11,2-4)."

DOMINGO XVII DO TEMPO COMUM - Ano C

SALMO RESPONSORIAL Salmo 137 (138), 1-3.6-8 (R. 3a) 
Refrão: Quando Vos invoco, sempre me atendeis, Senhor. 

De todo o coração, Senhor, eu Vos dou graças, 
porque ouvistes as palavras da minha boca. 
Na presença dos Anjos hei-de cantar-Vos 
e adorar-Vos, voltado para o vosso templo santo. 

Hei-de louvar o vosso nome 
pela vossa bondade e fidelidade, 
porque exaltastes acima de tudo o vosso nome 
e a vossa promessa. 
Quando Vos invoquei, me respondestes, 
aumentastes a fortaleza da minha alma. 

O Senhor é excelso e olha para o humilde, 
ao soberbo conhece-o de longe. 
No meio da tribulação Vós me conservais a vida, 
Vós me ajudais contra os meus inimigos. 

A vossa mão direita me salvará, 
o Senhor completará o que em meu auxílio começou. 
Senhor, a vossa bondade é eterna, 
não abandoneis a obra das vossas mãos.

sexta-feira, 26 de julho de 2019

FELIZ DIA PARA TODOS OS AVÓS

Aos avós que visitam Sementes de Esperança, neste dia que é seu, não queremos deixar de lhes prestar a nossa merecida homenagem por tudo o que são e dão nas suas famílias. 
Agradecemos por isso aos avós o carinho e a ternura, os doces e as brincadeiras, as histórias e orações com que continuam a moldar o coração de todos os netos. 
Agradecemos a Deus a presença dos avós no meio de nós e pedimos-lhe que guarde num cantinho bem especial todos os que já partiram. 

DIA DOS AVÓS

Rezar a Palavra
Senhor, no afeto dos abraços e beijos dos meus avós reconheço o teu amor por mim. Quero agradecer-te por tanto carinho, tanto amor, tanta atenção com que rodeaste a minha vida através dos meus avós. Que essa seja para mim a minha verdadeira herança e nela reconheça que sou amado por ti tanto quanto por eles.

Compromisso
Vou visitar os meus avós ou pelo menos rezar por eles.

https://aliturgia.com/s-joaquim-e-santa-ana/
Imagem: Internet

SEXTA-FEIRA da semana XVI - SANTA ANA E S. JOAQUIM, pais de Nossa Senhora


EVANGELHO MT 13, 16-17

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Felizes os vossos olhos porque vêem e os vossos ouvidos porque ouvem! Em verdade vos digo: muitos profetas e justos desejaram ver o que vós vedes e não viram e ouvir o que vós ouvis e não ouviram».

http://www.liturgia.pt/santos/santo_v.php?cod_santo=115
Imagem: Internet

quinta-feira, 25 de julho de 2019

S. TIAGO, Apóstolo

O caminho do Apóstolo São Tiago congrega milhares de peregrinos do mundo inteiro que transformam a oração em caminho e o caminho em oração. "Caminho de oração e penitência, de caridade e solidariedade; pedaço de vida em que a fé, fazendo-se história nos homens, converte também a cultura, fazendo-a cristã" (São João Paulo II). 
Sentes-te peregrino com outros peregrinando nesta vida para a casa do Pai?

PRIORIDADE: RECONSTRUIR PEMBA!

Todos sabemos a devastação que em Março deste ano o ciclone Idai causou em Moçambique, particularmente em Pemba, deixando milhares de pessoas desalojadas e com condições muito precária de sobrevivência. A Diocese de Pemba e a Cáritas estão a fazer o que podem mas há ainda muito para fazer e os recursos são escassos.
Com o tempo, também as grandes tragédias com as suas nefastas consequências têm tendência a ser esquecidas e, por conseguinte, as ajudas diminuem. 
Não podemos deixar que isso aconteça com Pemba e, por isso, numa organização do Grupo Missionário da Vigararia de Gaia Norte, vamos caminhar no próximo dia 22 de Setembro, desde Valadares até Canidelo. 
Todos podem participar e queremos juntar pelo menos 1200 pessoas. CONVIDE a sua família e amigos e venha contribuir para esta nobre causa.
Para que seja possível providenciar o número de t'shirts para os participantes é necessário fazer INSCRIÇÃO até ao dia 1 de Setembro, no Cartório Paroquial, nos Centros de Culto ou junto de algum membro do Grupo Missionário.
Contribua e participe! O Grupo Missionário da Vigararia de Gaia Norte agradece.

ESCUTEIROS EM ACAMPAMENTO

Aos Escuteiros do Agrupamento 321 de Vilar do Paraíso que desde ontem estão em acampamento, desejamos dias de alegria, fraternidade, partilha, oração e comunhão com Deus no meio da natureza, essa bela "Casa Comum" que Ele criou para todos.
Divirtam-se, sejam muito felizes e espalhem sempre essa alegria, amizade e valores em todos os sítios onde estejais!

quarta-feira, 24 de julho de 2019

Pe. CARLOS ALBERTO DA COSTA CORREIA

Novo Pároco de Vilar do Paraíso e Valadares

Louvamos a Deus pela sua nomeação e
 desejamos-lhe as maiores felicidades nesta nova missão.

QUARTA-FEIRA DA SEMANA XVI DO TEMPO COMUM

EVANGELHO: MT 13, 1-9
Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-Se à beira-mar. Reuniu-se à sua volta tão grande multidão que teve de subir para um barco e sentar-Se, enquanto a multidão ficava na margem. Disse muitas coisas em parábolas, nestes termos: «Saiu o semeador a semear. Quando semeava, caíram algumas sementes ao longo do caminho: vieram as aves e comeram-nas. Outras caíram em sítios pedregosos, onde não havia muita terra, e logo nasceram porque a terra era pouco profunda; mas depois de nascer o sol, queimaram-se e secaram, por não terem raiz. Outras caíram entre espinhos e os espinhos cresceram e afogaram-nas. Outras caíram em boa terra e deram fruto: umas, cem; outras, sessenta; outras, trinta por um. Quem tem ouvidos, oiça».
(...)
Rezar a Palavra
Senhor, com a tua palavra, tocas a minha vida e fazes-me perceber quanto sou ingrato para contigo, por não escutar. Sinto em mim o turbilhão das minhas preocupações, o desejo imoderado das riquezas, a dureza do coração que não quer ouvir-te. Gostava tanto de ser capaz de estar no silêncio da tua presença e ouvir com o coração o que tens para me dizer. É tão difícil escutar. É tão difícil o silêncio que te acolhe. Por isso estou tão pobre e tantas vezes agitado com a minha vida. Vem, Senhor, e faz ecoar a tua palavra em mim para que me encontre e te encontre na semente que gera em mim uma nova vida.

Compromisso
Escutar é a palavra de ordem para hoje. Quero fazer silêncio para escutar o Senhor.

https://aliturgia.com/quarta-feira-da-semana-xvi-do-tempo-comum-4/

REZAR A PALAVRA

Senhor, 
ajuda-nos a descobrir e discernir o essencial do acessório. 
Dá-nos, Senhor, a graça de saber parar 
para reforçar a nossa intimidade conTigo! 
Concede-nos um coração grande, aberto e acolhedor! 
Que Te acolhamos nos irmãos que colocas na nossa vida. 
Que a hospitalidade de Abraão, 
de Maria e de Marta toque o nosso coração 
e nos faça atentos e sensíveis 
a quem mais precisa da nossa atenção e ajuda.

DIOCESE DO PORTO - NOMEAÇÕES

A Diocese do Porto com o Site completamente renovado, apresenta-nos hoje as Nomeações para o serviço da Igreja Diocesana do Porto onde consta para a Vigararia de Vila Nova de Gaia-Norte o Pe. Carlos Alberto da Costa Correia (Boa Nova), nomeado para pároco de Valadares (Divino Salvador) e Vilar do Paraíso (S. Pedro).
Louvamos e rezamos a Deus por todos os nomeados, a quem desejamos também as maiores felicidades para a nova missão que lhes foi confiada.

terça-feira, 23 de julho de 2019

ENSAIOS - FESTAS EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Tem início hoje, no Centro Paroquial, às 21h30.
São CONVIDADOS os elementos de todos os COROS, 
mas também catequistas e jovens que gostem de cantar 
e queiram participar.

segunda-feira, 22 de julho de 2019

OBRIGADA, D. QUININHA 💗

A D. Joaquina Castro, que todos conhecemos e tratamos carinhosamente por D. Quininha, é uma figura ímpar da nossa Paróquia e foi sempre muito ligada à Capela de S. Caetano.
Hoje, a idade já não lhe permite estar ali no coro como tanto desejaria, mas sempre que é possível está junto de nós. 
Assim aconteceu este domingo em que tivemos a alegria da sua presença, que teve como finalidade participar na Eucaristia, e oferecer uma toalha para o altar-mor em linho, com renda à volta, e que foi feita por ela.
A toalha foi mostrada pelo Sr. Diácono Angélico à Assembleia, que agradeceu a oferta em nome de toda Paróquia e da Capela de S. Caetano, pois é uma bela oferta e grande recordação da D. Quininha que ficará ali para sempre.
Que São Caetano guarde sempre a D. Quininha e que o Bom Jesus do Monte a cubra de todas as suas bênçãos.