terça-feira, 30 de abril de 2019

MAIO, COM MARIA

Recitação do Terço com a Catequese
3 de maio: 7º, 8º, 9º, 10º e Grupo de Crismandos
4 de maio: 4º, 5º e 6º
21h00, Capela de S. Martinho

MÊS DE MAIO, COM MARIA NOSSA MÃE

Magnificat

A minha alma glorifica o Senhor 
E o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador.

Porque pôs os olhos na humildade da sua Serva: 
De hoje em diante me chamarão bem aventurada todas as gerações.
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: 
Santo é o seu nome.

A sua misericórdia se estende de geração em geração 
Sobre aqueles que o temem.
Manifestou o poder do seu braço 
E dispersou os soberbos.

Derrubou os poderosos de seus tronos 
E exaltou os humildes
Aos famintos encheu de bens 
E aos ricos despediu de mãos vazias.

Acolheu a Israel, seu servo, 
Lembrado da sua misericórdia,
Como tinha prometido a nossos pais, 
A Abraão e à sua descendência para sempre

Glória ao Pai e ao Filho 
E ao Espírito Santo,
Como era no princípio, 
Agora e sempre. Ámen.

segunda-feira, 29 de abril de 2019

MÊS DE MARIA - Recitação do Terço

Em Maio, mês de Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe, inicia-se a recitação do terço em todos os centros de culto, todos os dias às 21h00. 
Tal como nos anos anteriores, iniciamos todos juntos no dia 01 e encerramos igualmente todos juntos no dia 31 de Maio, na Capela de São Martinho.
Os movimentos e serviços da paróquia podem orientar o terço no dia desejado, e para tal devem inscrever-se na escala que estará afixada.

ANIVERSÁRIO DE ORDENAÇÃO SACERDOTAL

O Rev. Pe. José Guedes comemora hoje, 29 de Abril, o quadragésimo sexto aniversário de Ordenação Sacerdotal.
Por isso, em nome de toda a comunidade endereçamos o ao Pe. Guedes as nossas felicitações e agradecemos a Deus o Dom da sua Vida e da sua Vocação.
Rezamos a  Deus para que lhe conceda todas as bênçãos, e possa continuar muitos anos junto de nós na missão que lhe está confiada.

domingo, 28 de abril de 2019

DOMINGO II DA PÁSCOA ou da Divina Misericórdia - Ano C

SALMO RESPONSORIAL Salmo 117 (118), 2-4.22-24.25-27ª (R. 1) 
Refrão: Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom, 
porque é eterna a sua misericórdia. 

Diga a casa de Israel: 
é eterna a sua misericórdia. 
Diga a casa de Aarão: 
é eterna a sua misericórdia. 
Digam os que temem o Senhor: 
é eterna a sua misericórdia. 

A pedra que os construtores rejeitaram 
tornou-se pedra angular. 
Tudo isto veio do Senhor: 
é admirável aos nossos olhos. 
Este é o dia que o Senhor fez: 
exultemos e cantemos de alegria. 

Senhor, salvai os vossos servos, 
Senhor, dai-nos a vitória. 
Bendito o que vem em nome do Senhor, 
da casa do Senhor nós vos bendizemos. 
O Senhor é Deus 
e fez brilhar sobre nós a sua luz.  

sábado, 27 de abril de 2019

FOLHA DOMINICAL: informações e reflexões importantes para toda a comunidade

BÊNÇÃO DAS GRÁVIDAS - 5 de Maio - Capela de S. Martinho

No domingo, 5 de Maio, as mães serão lembradas de forma especial em todas as Eucaristias da Paróquia, numa dinâmica que está a ser preparada pela Pastoral da família,  pois festejamos o Dia da Mãe. 
Na Capela de S. Martinho, às 11h00, haverá também a bênção das grávidas. Se tem na família quem vá ser mãe, ou conhece alguém em "estado de graça", dê-lhe a conhecer esta iniciativa para que também possa participar. 

sexta-feira, 26 de abril de 2019

PARABÉNS, SR. DIÁCONO CELESTINO

Em nome de toda a comunidade desejamos ao Sr. Diácono Celestino parabéns e votos de muitas felicidades na passagem do 27º aniversário da sua Ordenação.  
Que Deus o acompanhe e abençoe no caminho que escolheu e lhe conceda muita saúde, fé e esperança sempre renovadas, a fim de que a missão escolhida se torne mais fácil de desempenhar.
Agradecemos a Deus o Dom da sua Vocação, presença e trabalho na nossa paróquia. 

quinta-feira, 25 de abril de 2019

EM ABRIL

Palavra e Pão
Liberdade,
Acolhimento, Missão.
Com Jesus Cristo
Boa Nova
De Amor, Perdão
E Ressurreição!

INFÂNCIA MISSIONÁRIA

No nosso encontro deste mês os nossos meninos trouxeram a casinha mealheiro pintada, já com moedinhas dentro e de acordo com a escolha deles - quando as casinhas se encherem - o valor será destinado às crianças de Moçambique.
Este encontro foi realizado ainda em Tempo da Quaresma, mas onde não faltou um "cheirinho" a Páscoa!
Depois de falarmos do perdão e do grande coração de Jesus que a todos perdoa, foi pintado o desenho alusivo e colocado no painel.
No domingo dia 5 de Maio, a Infância Missionária estará na Eucaristia da 9h30, na Capela de S. Caetano, e participará na dinâmica organizada para este dia pela Pastoral Família.

DIA DE S. MARCOS, Evangelista

SALMO RESPONSORIAL Salmo 88 (89), 2-3.6-7.16-17 (cf. R. 2a) 
Refrão: Senhor, cantarei eternamente a vossa misericórdia. 

Cantarei eternamente as misericórdias do Senhor 
e para sempre proclamarei a sua fidelidade. 
Vós dissestes: 
«A bondade está estabelecida para sempre», 
no céu permanece firme a vossa fidelidade. 

Senhor, os céus proclamam as vossas maravilhas 
e a assembleia dos santos a vossa fidelidade. 
Quem sobre as nuvens se pode comparar ao Senhor? 
Quem entre os filhos de Deus será igual ao Senhor? 

Feliz do povo que sabe aclamar-Vos 
e caminha, Senhor, à luz do vosso rosto. 
Todos os dias aclama o vosso nome 
e se gloria com a vossa justiça.

quarta-feira, 24 de abril de 2019

VIGÍLIA PASCAL NA NOITE SANTA - Capela de São Martinho

Precónio Pascal 
"(...) Alegre-se a Igreja, nossa mãe, 
adornada com os fulgores de tão grande luz, 
e ressoem neste templo 
as aclamações do povo de Deus. 
 (...) Esta noite santa afugenta os crimes, 
lava as culpas; 
restitui a inocência aos pecadores, 
dá alegria aos tristes. 
Oh noite ditosa, 
em que o céu se une à terra, 
em que o homem se encontra com Deus! 
 Nesta noite de graça, 
aceitai, Pai santo, este sacrifício 
vespertino de louvor, 
que, na oblação deste círio, 
pelas mãos dos seus ministros 
Vos apresenta a santa Igreja. 
Nós Vos pedimos, Senhor, 
que este círio, 
consagrado ao vosso nome, 
arda incessantemente 
para dissipar as trevas da noite; 
e, subindo para Vós 
como suave perfume, 
junte a sua claridade 
à das estrelas do céu. 

Que ele brilhe ainda quando se levantar 
o astro da manhã, 
aquele astro que não tem ocaso, 
Jesus Cristo vosso Filho, 
 que, ressuscitando de entre os mortos, 
iluminou o género humano 
com a sua luz e a sua paz 
e vive glorioso pelos séculos dos séculos. 
Salmo Responsorial 
 "Cantemos ao Senhor, que  se revestiu  glória.
Cantemos ao Senhor."
 Aleluia. Aleluia. Aleluia. 
"Dai graças ao Senhor, porque Ele é bom, 
porque é eterna a Sua misericórdia. 
Diga a Casa de Israel: 
é eterna a Sua misericórdia."
Ladainhas 
(...) Pela vossa encarnação, 
livrai-nos, Senhor.
Pela vossa morte e ressurreição, 
livrai-nos, Senhor.
Pela efusão do Espírito Santo, 
livrai-nos, Senhor.
Bênção da água
 (...) Desça sobre esta água, Senhor, 
por vosso Filho, a virtude do Espírito Santo,
com o círio na água, 
para que todos, sepultados com Cristo 
na sua morte pelo Baptismo, 
com Ele ressuscitem para a vida. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho,
 que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
 
Águas das fontes, dos rios e dos mares, 
louvai o Senhor.
Louvai, bendizei o Senhor. 
Louvai o Senhor."
 
Nas águas do Jordão  
entrou Jesus, a fonte da água viva.
Por graça da Santíssima Trindade,
nas águas se formava a nova Humanidade.
Na sua dor os homens encontraram
Uma pura semente de alegria,
O segredo da vida e da esperança:
Ressuscitou o Senhor Jesus!
Ressuscitou, Ressuscitou!
Ressuscitou, Aleluia!
Os que choravam cessarão o pranto.
Brilhará novo Sol nos corações.
Pode o homem cantar o seu triunfo:
Ressuscitou o Senhor Jesus!
Os que nos duros campos trabalharam
Voltarão entre vozes de alegria
Erguendo ao alto os frutos da colheita:
Ressuscitou o Senhor Jesus!
Já ninguém viverá sem luz da fé.
Já ninguém morrerá sem esperança;
O que crê em Jesus venceu a morte:
Ressuscitou o Senhor Jesus!
Louvemos a Deus Pai eternamente
E cantemos a glória de seu Filho
Com o Espírito Santo que nos ama:
Ressuscitou o Senhor Jesus!
As portas da nova cidade se abrem para ti.
As portas da nova cidade se abrem para ti.
E Deus, teu amigo,
te salvará, te salvará.
O Senhor ressuscitou,
cantando vitória sobre
os poderes das trevas e da morte.
O amor é mais forte que o ódio
e a vida lançará um grito de vitória:
Aleluia! Aleluia!
Louvado seja Deus
pelas suas grandes maravilhas.
Percorramos os caminhos duros da vida,
sempre acompanhados de Jesus,
para com ele partilharmos
a vitória da Ressurreição.
Que a celebração da Páscoa
seja garantia e penhor da vida em plenitude, 
partilhando a glória de Cristo ressuscitado.
Texto: 
Secretariado Nacional da Liturgia
Música Litúrgica 

Pe. José Guedes

VIGÍLIA PASCAL NA NOITE SANTA

 BÊNÇÃO DO FOGO 
Caríssimos irmãos: 
Nesta noite santíssima, 
em que Nosso Senhor Jesus Cristo 
passou da morte à vida, 
a Igreja convida os seus filhos, 
dispersos pelo mundo, a 
reunirem-se em vigília e oração. 
Vamos comemorar a Páscoa do Senhor, 
ouvindo a sua palavra 
e celebrando os seus mistérios, 
na esperança de participar 
no seu triunfo sobre a morte 
e de viver com Ele para sempre junto de Deus. 

terça-feira, 23 de abril de 2019

CATEQUISTAS EM CAMINHADA

No próximo sábado, 27 de Abril, os catequistas têm a sua tradicional caminhada, e por esse motivo NÃO HAVERÁ CATEQUESE.
A catequese reinicia no fim-de-semana 3 e 4 de Maio.

MENSAGEM URBI ET ORBI DO PAPA FRANCISCO - PÁSCOA 2019

Hoje, a Igreja renova o anúncio dos primeiros discípulos: «Jesus ressuscitou!» E de boca em boca, de coração a coração, ecoa o convite ao louvor: «Aleluia!... Aleluia!» Nesta manhã de Páscoa, juventude perene da Igreja e de toda a humanidade, quero fazer chegar a cada um de vós as palavras iniciais da recente Exortação Apostólica dedicada particularmente aos jovens:

«Cristo vive: é Ele a nossa esperança e a mais bela juventude deste mundo! Tudo o que toca torna-se jovem, fica novo, enche-se de vida. Por isso as primeiras palavras, que quero dirigir a cada jovem [e a cada] cristão, são estas: Ele vive e quer-te vivo! Está em ti, está contigo e jamais te deixa. Por mais que te possas afastar, junto de ti está o Ressuscitado, que te chama e espera por ti para recomeçar. Quando te sentires envelhecido pela tristeza, os rancores, os medos, as dúvidas ou os fracassos, Jesus estará a teu lado para te devolver a força e a esperança» (Chistus vivit, 1-2).

Queridos irmãos e irmãs, esta mensagem é dirigida ao mesmo tempo a todas as pessoas e ao mundo inteiro. A Ressurreição de Cristo é princípio de vida nova para todo o homem e toda a mulher, porque a verdadeira renovação parte sempre do coração, da consciência. Mas a Páscoa é também o início do mundo novo, libertado da escravidão do pecado e da morte: o mundo finalmente aberto ao Reino de Deus, Reino de amor, paz e fraternidade.

Cristo vive e permanece connosco. Mostra a luz do seu rosto de Ressuscitado e não abandona os que estão na provação, no sofrimento e no luto. Que Ele, o Vivente, seja esperança para o amado povo sírio, vítima dum conflito sem fim que corre o risco de nos encontrar cada vez mais resignados e até indiferentes. Ao contrário, é hora de renovar os esforços por uma solução política que dê resposta às justas aspirações de liberdade, paz e justiça, enfrente a crise humanitária e favoreça o retorno em segurança dos deslocados, bem como daqueles que se refugiaram nos países vizinhos, especialmente no Líbano e Jordânia.

A Páscoa leva-nos a deter o olhar no Médio Oriente, dilacerado por divisões e tensões contínuas. Os cristãos da região não deixem de testemunhar, com paciente perseverança, o Senhor ressuscitado e a vitória da vida sobre a morte. O meu pensamento dirige-se de modo particular para o povo do Iémen, especialmente para as crianças definhando pela fome e a guerra. A luz pascal ilumine todos os governantes e os povos do Médio Oriente, a começar pelos israelitas e os palestinenses, e os instigue a aliviar tantas aflições e a buscar um futuro de paz e estabilidade.

Que as armas cessem de ensanguentar a Líbia, onde, nas últimas semanas, começaram a morrer pessoas indefesas, e muitas famílias se viram forçadas a deixar as suas casas. Exorto as partes interessadas a optar pelo diálogo em vez da opressão, evitando que se reabram as feridas duma década de conflitos e instabilidade política.

Cristo Vivente conceda a sua paz a todo o amado continente africano, ainda cheio de tensões sociais, conflitos e, por vezes, extremismos violentos que deixam atrás de si insegurança, destruição e morte, especialmente no Burkina Faso, Mali, Níger, Nigéria e Camarões. Penso ainda no Sudão, que está a atravessar um período de incerteza política e onde espero que todas as instâncias possam ter voz e cada um se esforce por permitir ao país encontrar a liberdade, o desenvolvimento e o bem-estar, a que há muito aspira.

O Senhor ressuscitado acompanhe os esforços feitos pelas autoridades civis e religiosas do Sudão do Sul, sustentados pelos frutos do retiro espiritual que, há poucos dias, se realizou aqui no Vaticano. Que se abra uma nova página da história do país, na qual todos os componentes políticos, sociais e religiosos se empenhem ativamente em prol do bem comum e da reconciliação da nação.

Nesta Páscoa, encontre conforto a população das regiões orientais da Ucrânia, que continua a sofrer com o conflito ainda em curso. O Senhor encoraje as iniciativas humanitárias e as iniciativas destinadas a buscar uma paz duradoura.

Que a alegria da Ressurreição encha os corações de quem sofre as consequências de difíceis situações políticas e económicas, no continente americano. Penso de modo particular no povo venezuelano: em tanta gente sem as condições mínimas para levar uma vida digna e segura, por causa duma crise que perdura e se agrava. O Senhor conceda, a quantos têm responsabilidades políticas, trabalhar para pôr fim às injustiças sociais, abusos e violências e realizar passos concretos que permitam sanar as divisões e oferecer à população a ajuda de que necessita.

O Senhor ressuscitado oriente com a sua luz os esforços que estão a ser feitos na Nicarágua para se encontrar, o mais rápido possível, uma solução pacífica e negociada em benefício de todos os nicaraguenses.

Perante os inúmeros sofrimentos do nosso tempo, o Senhor da vida não nos encontre frios e indiferentes. Faça de nós construtores de pontes, não de muros. Ele, que nos dá a paz, faça cessar o fragor das armas, tanto nos contextos de guerra como nas nossas cidades, e inspire os líderes das nações a trabalhar para acabar com a corrida aos armamentos e com a difusão preocupante das armas, de modo especial nos países mais avançados economicamente. O Ressuscitado, que escancarou as portas do sepulcro, abra os nossos corações às necessidades dos indigentes, indefesos, pobres, desempregados, marginalizados, de quem bate à nossa porta à procura de pão, dum abrigo e do reconhecimento da sua dignidade.

Queridos irmãos e irmãs, Cristo vive! Ele é esperança e juventude para cada um de nós e para o mundo inteiro. Deixemo-nos renovar por Ele! Feliz Páscoa!

VIA-SACRA 2019

Após a Via Sacra pelas ruas da freguesia, que cumpriu a missão da Igreja atual de rumar às periferias, a catequese achou por bem dar continuidade a esse espírito de mudança e, com todos os grupos paroquiais, entre palavras e silêncios, músicas e imagens, como comunidade, percorreu o caminho até à cruz, na Capela de S. Martinho. 
Jesus Cristo, Jesus Cristo, /Jesus Cristo, eu estou aqui. 
Olho p ´ró céu e vejo uma nuvem branca que vai passando. /Olho na terra e vejo uma multidão que vai caminhando. /Como essa nuvem branca essa gente não sabe aonde vai. /Quem poderá dizer o caminho certo, é você, meu Pai.
Senhor Jesus, consola com o Teu amor aqueles que são condenados injustamente; os marginalizados, os perseguidos, os maltratados, os incompreendidos. Que os nossos corações sejam sempre sensíveis à dor dos nossos irmãos. Senhor, tem piedade de nós!
Senhor, tem piedade de nós!
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Senhor, ajuda-nos a levar a nossa cruz, ajuda-nos a não sermos interesseiros nem violentos. Pelo contrário, ajuda-nos a defender o mais fraco, o que sofre de bullying; ajuda-nos a não sermos indiferentes. Porque o Teu amor é prestável, não é arrogante nem orgulhoso.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
 
Obrigado, Jesus, pelo Teu amor e pela Tua fidelidade até ao final. Mostraste-nos o amor que, apesar de tudo, não desiste. O amor é paciente, o amor tudo suporta.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Jesus, Tu sabes que sem Ti, não conseguimos fazer nada. Obrigado por não nos deixares sozinhos. Obrigado, Jesus, por nos teres dado Maria como modelo e companheira de caminho.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Obrigado, Jesus, por tantas pessoas que são capazes de ajudar e de entregar a sua vida pelos outros, trabalhando pela justiça, amor e solidariedade. Ensina-nos a atuar assim. 
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Senhor Jesus, consolador dos aflitos, auxílio dos cristãos que sofrem, em tantas partes do mundo, perseguições e morte. Alivia todos os seus sofrimentos e faz-nos estar atentos e confortar os outros.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Ó Cristo, bom samaritano, piedosamente debruçado sobre as nossas feridas, dá-nos alento e força para continuar a nossa caminhada! Porque o amor tudo suporta e tudo espera.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Jesus, que no Teu suplício encontras força para consolar as pessoas que se compadecem da Tua dor, pelas vezes que nos concentrámos no nosso bem-estar e não fomos capazes de dar o passo ao encontro do outro, Senhor, tem piedade de nós!
Senhor, tem piedade de nós!
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Jesus, que não vacilas nos passos de salvação da Humanidade, Tu és a fonte da esperança e da libertação para aqueles que caem na tentação do erro, da mentira e da vida fácil. Mas o Teu amor tudo desculpa e perdoa.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Tu és a minha vida, outra eu não tenho, / És o meu caminho, a minha verdade, /Na Tua palavra eu caminharei, / Enquanto viver e a minha vida Tu quiseres. / Eu não terei medo se estás comigo, / Eu Te peço, fica em mim.
Jesus, que és despojado das Tuas vestes, ajuda-nos a não sermos interesseiros e a sermos o Teu rosto para os irmãos que sofrem.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Jesus, que vives em contínuo dinamismo de perdão, mesmo para aqueles que querem dar-Te a morte, dá-nos a graça de ser fonte de misericórdia para todos os que nos ofendem, injuriam e maltratam, para manifestarmos a grandeza e a vitória do Teu perdão, convertendo o ódio e a vingança em amor e paz.
Porque o Teu amor tudo desculpa; não se irrita nem guarda ressentimento.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Jesus, que entregas a Tua vida na cruz para nossa salvação, dá-nos a graça de ser como o grão de trigo que, ao cair à terra, morre para dar fruto de vida nova.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Senhor, pregado na cruz quiseste deixar-nos Maria como Mãe na Fé. Olha a Tua Igreja e faz que também seja modelo de desprendimento e fidelidade ao Espírito. À semelhança de Maria, que seja para todos os Homens portadora da Tua Boa Nova.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Jesus, rosto de misericórdia do Pai, que és sepultado num túmulo novo, dá-nos a graça de fazer memória dos nossos irmãos que já morreram e de fortalecer a esperança de que vivem em paz na Vossa presença.
Pai-Nosso… Avé Maria… Glória ao Pai…
Bênção final: Senhor nosso Pai, que a Tua bênção desça com abundância sobre este povo que contemplou o caminho da cruz do Teu filho, com a esperança da Sua ressurreição. Desça sobre ele o Teu perdão, concede-lhe o Teu consolo, dá-lhe um coração puro e generoso e faz crescer a sua fé. Por Cristo, nosso Senhor.
Todos: Ámen.
 Me amou e Se entregou por mim
Peço uma oportunidade para ver o que ficou da minha vida / Creio que posso chegar a amar, /mostra-me os Teus caminhos Jesus / Pode na vida existir um amor / que consiga vencer meus impossíveis, / sem limites na hora de amar?  / É na cruz que mo dizes Jesus.
Onde encontro liberdade Tu pagaste por mim / o resgate da minha vida, / e olhando p’ra cruz entendo os Teus porquês / a tua razão ao dar a vida. / Me amou e se entregou por mim /para me dar a vida com a sua vida / para dizer ao mundo que o amor é o caminho / que a vida que se entrega gera vida à força de amor. / Penso que agora posso viver 
Agradecimentos ao Valter que com o Coro Anima nos ajudou  a viver melhor esta Via Sacra, bem como a todos os grupos que  participaram.