Faça o seu DONATIVO à Paróquia de São Pedro de Vilar do Paraíso. IBAN PT50 0018 000010163256001 75 (Fábrica da Igreja Vilar do Paraíso). Se desejar recibo para efeitos de IRS, envie e-mail para: parocovp@gmail.com. Muito obrigado!

terça-feira, 31 de agosto de 2010

FESTAS DO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Agosto foi iniciado na nossa Paróquia com as Festas Bom Jesus do Monte e S. Caetano. 

Agora que este mês se está a despedir, resolvemos finaliza-lo em beleza; recordando tão bonito acontecimento com as imagens que dedicamos a todos os que por algum motivo não puderam estar presentes.
 Início da celebração com a procissão solene e a capela cheia de fiéis pela devoção ao Bom Jesus do Monte e São Caetano 
 
Na Festa do Bom Jesus do Monte: a Junta de Freguesia e a Paróquia, prestam merecida homenagem ao Sr. José Lopes, pelos 25 anos de dedicados à organização das festas.

Homenagem extensiva à D. Ester, esposa do Sr. José Lopes, sempre incansável em todo o trabalho que as festas acarretam.

Segunda-feira: Festa de S. Caetano, momento também muito bonito com homenagem à Paroquiana de mais idade presente na Assembleia.
 
Apesar das férias, as crianças da catequese estiveram nas procissões, alegres e em número bastante significativo. 
  
Como é habitual, as procissões de domingo e segunda, estiveram sempre com muita gente a participar e a assistir.
 
O Pálio, sob o qual o sacerdote leva a relíquia sagrada - Cruz de Cristo-.
   
As figuras alegóricas, na sua maior parte, são representadas por crianças.
 
Bênção na Capela: dada no final da procissão e, por isso, crianças e jovens esperam pacientemente que o sacerdote chegue ao altar
Agradecimentos à Paula Duarte, pela cedência de algumas fotos que ilustram este trabalho

sábado, 28 de agosto de 2010

DOMINGO XXII DO TEMPO COMUM - Ano C




«Quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado»
Lc 14, 1.7-14




Se “a humildade é a verdade”, no dizer de S. Teresa, nada pode ser mais certo e mais agradável a Deus do que a humildade. É ela que prepara o íntimo do coração para poder receber a palavra de Deus e permitir-lhe que aí lance raízes e dê fruto.

Secretariado Nacional da Liturgia

TARDE VOS AMEI
...

"Tarde Vos amei, ó Beleza tão antiga e tão nova,

tarde Vos amei!



Eis que habitáveis dentro de mim, e eu, lá fora, a procurar-Vos!



Disforme, lançava-me sobre estas formosuras que criastes.




Estáveis comigo e eu não estava Convosco!


Retinha-me longe de Vós aquilo que não existiria,


se não existisse em Vós.


Porém, chamastes-me, com uma voz tão forte,


que rompestes a minha Surdez!


Brilhastes, cintilastes, e logo afugentastes a minha cegueira!



Exalastes perfume: respirei-o, a plenos pulmões, suspirando por Vós.


Saboreei-Vos e, agora, tenho fome e sede de Vós.



Tocastes-me e ardi, no desejo da Vossa Paz".










Santo Agostinho
SANTO AGOSTINHO








Bispo, Confessor e Doutor da Igreja








28 de Agosto













Nascido na cidade africana de Tagaste, depois de uma juventude viciosa e cheia de desvios doutrinários, converteu-se por influência de Santo Ambrósio, bispo de Milão, e sobretudo graças às orações e lágrimas de sua mãe Santa Mônica.
Ordenado sacerdote, foi durante 34 anos bispo de Hipona, no norte da África. Além de pastor dedicado e zeloso, foi intelectual brilhantíssimo, dos maiores gênios já produzidos em dois mil anos de História da Igreja. Escreveu numerosas obras de Filosofia, Teologia e Espiritualidade, que exerceram e ainda exercem enorme influência. Combateu vigorosamente as heresias de seu tempo. De Santo Agostinho, disse o Papa Leão XIII:
"É um gênio vigoroso que, dominando todas as ciências humanas e divinas, combateu todos os erros de seu tempo".
Imagem e texto: Internet

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

SANTA MÓNICA: MÃE DE SANTO AGOSTINHO

Santa Mónica nasceu em Tagaste, África, por volta do ano 331. Foi mãe do célebre doutor da Igreja, Santo Agostinho. Jovem, ainda, ela casou com Patrício e teve filhos, um dos quais foi Agostinho de Hipona, convertido ao cristianismo, graças às suas orações e lágrimas.

Foi uma mulher de intensa oração e de virtudes comprovadas. No seu livro, "Confissões", Santo Agostinho fala de sua mãe com grande estima e veneração.

Saber mais em : http://www.evangelhoquotidiano.org/

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

FALECEU: MARIA POLÓNIA SOARES

A Poloninha, como era carinhosamente tratada por todos os que tiveram o privilégio de a conhecer, partiu para a casa do Pai. Conheci esta bondosa senhora, no Grupo Coral de S. Caetano, de que ela começou a fazer parte desde o início da formação do Grupo. Gostava muito de cantar, conviver e tinha um amor muito grande à Capela de S. Caetano, onde, apesar da idade, não faltava à Eucaristia, acompanhada da extremosa filha que Deus lhe deu. Anualmente era também presença nas festas que ali se realizam. Este ano, sentimos a sua falta, pois já não pode comparecer por se encontrar adoentada. Durante muitos anos fez também parte das Vicentinas da Paróquia, num belo trabalho de dedicação e amor ao próximo.
Apesar da saudade que já sentimos pela partida, fica a certeza de que a nossa Poloninha, está agora serenamente, junto de Deus, de Jesus Cristo e de Sua Mãe Maria Santíssima.
Até um dia querida Poloninha!

32ª. PEREGRINAÇÃO DAS CRIANÇAS A FÁTIMA

Naquele dia o Céu testou a nossa perseverança! Mas, ei-las que partem de todas as paróquias rumo à terra que a Virgem escolheu para se revelar aos mais pequeninos! Também a paróquia de S. Pedro de Vilar do Paraíso esteve lá.
A chuva e o céu plúmbeo prometiam molhar-nos até à medula… Como chegámos relativamente cedo alcançámos lugar nas colunatas do templo, resguardando-nos, assim, da chuva.
Entretanto, o Santuário foi-se aconchegando num colorido de arco-íris, qual jardim na primavera.
E então o Céu foi sorrindo de mansinho durante a celebração da Eucaristia. De cinzento se fez azul celeste e o Sol secou as encharcadas flores daquele jardim a perder de vista, em que se transformou o enorme recinto mariano. Quanta ternura celestial!...
Mas talvez ao Céu parecesse que as secou em demasia e então terminada a celebração voltou a regá-las em abundância.
Preocupámo-nos com as possíveis consequências que daí pudessem advir para as nossas crianças – os espirros, as tosses, as febres, enfim os resfriados... Mas não, foi mesmo uma brincadeira do Céu!...A tarde compôs-se e permitiu o convívio e o almoço, que é sempre também um ponto importante para as crianças.
E o Céu não mais nos pregou partidas, deixando-nos apreciar os lugares reais e os contextos sociais e de fé fervorosa das famílias em que viveram as crianças, simples pastores, preferidas pela Virgem.
Foi possível fazer a Via-sacra e ainda comprar pequenas lembranças de recordação ou um gelado para refrescar, apesar de o calor não apertar!... O regresso a casa foi com grande entusiasmo, não revelando cansaço… Alguma marca deste dia ficará com certeza na memória colectiva e de cada um dos peregrinos do 5.º ano de 2010.
Fotos e texto: Conceição Rocha

MADRE TERESA DE CALCUTÁ - 26 de Agosto, 100 anos do seu nascimento.


São muitas as iniciativas preparadas em todo o mundo para assinalar o centenário de nascimento da Beata de Calcutá. Ocasião para relembrar a vida e a obra desta santa missionária, beatificada por João Paulo II em 2003. Neste dia tenhamos presente os poemas, reflexões, e orações de Madre Teresa, mas, principalmente o grandioso legado de doação em favor do próximo que Madre Teresa nos deixou. Que ele inspire em cada um de nós a vontade ser a pequena gota que faz falta ao Oceano.
A vida

A vida é uma oportunidade, aproveita-a.
A vida é beleza, admira-a.
A vida é beatificação, saboreia-a.
A vida é sonho, torna-o realidade.
A vida é um desafio,
enfrenta-o.
A vida é um dever, cumpre-o.
A vida é um jogo, joga-o.
A vida é preciosa, cuida-a.
A vida é riqueza, conserva-a.
A vida é amor, goza-a.
A vida é um mistério, desvela-o.
A vida é promessa, cumpre-a.
A vida é tristeza, supera-a.
A vida é um hino, canta-o.
A vida é um combate, aceita-o.
A vida é tragédia, domina-a.
A vida é aventura, afronta-a.
A vida é felicidade, merece-a.
A vida é a VIDA,
defende-a.


Madre Teresa

sábado, 21 de agosto de 2010

DOMINGO XXI DO TEMPO COMUM - Ano C

"Esforçai-vos por entrar pela porta estreita, porque Eu vos digo que muitos tentarão entrar sem o conseguir." Lc 13, 22-30

Que grande felicidade é possuir o Reino de Deus! Que grande alegria para ti, coração humano, pobre coração habituado ao sofrimento e esmagado pela dor, quando usufruíres de uma felicidade tal. [...] E contudo, se outra pessoa, alguém que amasses como a ti mesmo, participasse de felicidade idêntica, a tua alegria redobraria, porque te alegrarias tanto por ti como por ele. E se dois ou três, ou muitos mais, possuíssem essa mesma felicidade, sentirias por cada um deles a mesma alegria que sentes por ti próprio, porque amarias cada um deles como a ti mesmo. Assim, pois, nesta plenitude de amor que unirá os numerosos bem-aventurados, em que ninguém amará os outros menos que a si mesmo, cada um usufruirá da felicidade dos outros como da própria. E o coração do homem, incapaz de conter a própria alegria, será imerso no oceano de tão grandes e numerosas beatitudes. Ora, como sabeis, cada um se alegra com a felicidade dos outros na medida em que os ama; assim, nesta beatitude perfeita em que cada um amará a Deus incomparavelmente mais do que a si mesmo e a todos os outros, a felicidade infinita de Deus será para todos uma fonte de incomparável alegria.
Santo Anselmo

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

É TEMPO DE FESTEJAR

É com alegria que hoje recordamos, o terceiro aniversário da tomada de posse do Rev. Padre Zé Manel, à frente dos destinos da Paróquia de S. Pedro de Vilar do Paraíso.
Todos sabemos o quanto é árdua esta missão de ser Padre, nos dias de hoje, e falar de Jesus Cristo e da sua Boa Nova a todos os homens, num contexto cada vez mais acentuado de descristianização.
Rezemos pois pelo nosso Pároco, agradecendo a Deus esta dádiva da sua presença amiga, para que na comunhão do Espírito Santo, continue a encontrar a força necessária para ser guia e luz desta comunidade que lhe está confiada e quer caminhar com ele ao encontro do Bem Supremo que é Jesus Cristo.
Nunca é demais recordar, que a Igreja não vive sem a presença do Senhor. Na Eucaristia, acreditamos na presença real, viva e verdadeira de Jesus Cristo, Seu Corpo e Sangue, sob as espécies do pão e do vinho, Consagradas todas as vezes que o Sacerdote celebra a Missa.
A comunidade que com seu Pároco, se reúne, em Nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo: reza, celebra e vive a plenitude da alegria cristã.
"É preciso que sejamos felizes anunciadores do Evangelho". Palavras que o nosso Pároco não se tem cansado de repetir, ao longo destes três anos de presença entre nós, e a todos corresponsabiliza na Missão.
É dessa alegria que aqui damos testemunho, em dois momentos especiais da vida do Rev. Padre Zé Manel, e que envolveram, para além da família, muitos paroquianos. 
Vigésimo Quarto Aniversário de Ordenação Sacerdotal e Quinquagésimo Aniversário de Nascimento.
Com felicitações também para a D. Júlia Nobre que festeja o seu Aniversário Natalício no mesmo dia do Rev. Padre Zé Manel.

domingo, 15 de agosto de 2010

UMA HORA DE ORAÇÃO

Capela de S. Martinho
21h00 às 22h00

SENHOR, 
nós Vos pedimos 
uma gota do Vosso Preciosíssimo Sangue,
como tesouro de graças,
para os sacerdotes que resistem, 
que rezam e trabalham,
pelos que cumprem o seu dever, 
que procuram agradar-Vos e não ao mundo,
para que perseverem nessa atitude e avancem, 
cada vez mais, no caminho da santidade. 
Sede Vós próprio, Senhor, 
sempre a sua consolação e a sua alegria. 
SENHOR, nós Vos suplicamos Graça, 
Luz e Amor para todos os sacerdotes, 
para que eles conduzam até Vós 
os filhos que lhes confiastes
e recebam, finalmente, 
a coroa de glória no Vosso Reino.
Ámen.

sábado, 14 de agosto de 2010

DOMINGO XX DO TEMPO COMUM - Ano C

ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA
15 de Agosto


A Assunção de Maria ao Céu, em corpo e alma, é a garantia de que o homem se salvará todo: também o nosso corpo ressuscitará! A Assunção de Maria é o penhor seguro de que o homem triunfará da morte!



Lc 1, 39-56


... Maria disse então: «A minha alma glorifica o Senhor e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, porque pôs os olhos na humildade da sua serva: de hoje em diante me chamarão bem-aventurada todas as gerações. O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: Santo é o seu nome. A sua misericórdia se estende de geração em geração sobre aqueles que O temem. Manifestou o poder do seu braço e dispersou os soberbos. Derrubou os poderosos de seus tronos e exaltou os humildes. Aos famintos encheu de bens e aos ricos despediu de mãos vazias. Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia, como tinha prometido a nossos pais, a Abraão e à sua descendência para sempre».









Secretariado Nacional da Liturgia


Imagem: net

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

F É R I A S
...


Neste tempo em que a disponibilidade é maior e, por vezes, gostamos de partir à descoberta de outras realidades, pode sempre acontecer uma paragem em Fátima. Aqui fica por isso, a programação de Agosto no Santuário, que pode ajudar na organização um dia diferente.

Mais informações em: http://www.santuario-fatima.pt/

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

DIOCESE DO PORTO de olhos postos na Jornada Mundial da Juventude do próximo ano

Pode dizer-se que o acolhimento à Cruz dos Jovens, na diocese do Porto, no dia 10, foi como que um regresso às origens. É que foram precisamente os jovens desta diocese que encabeçaram o grupo que acompanhou, de Santiago de Compostela para Portugal, o símbolo das Jornadas Mundiais da Juventude. Recordando esse dia 8, na Catedral de Santiago, quando o grupo português recebeu a Cruz das mãos dos jovens espanhóis, o padre Luís Mateus considera que “foi muito importante para eles sentirem o peso daquela Cruz, não o peso da madeira, mas da responsabilidade de serem jovens cristãos, chamados a darem testemunho”.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

A CRUZ DAS JORNADAS NO PORTO



Amanhã, dia 10 de Agosto, 21h00.
Oração na Igreja de São José das Taipas e entrega aos jovens de Aveiro.


Vem tomar parte neste momento significativo em volta da Cruz e sentir a força e energia que ela nos vem transmitir. Consulta o endereço infra para saberes onde fica a Igreja de S. José das Taipas, no Porto, e, não faltes!


http://taizenastaipas.blogs.sapo.pt/

Imagem: Internet

UMA CRUZ QUE NOS UNE A TODOS

Jovens portugueses acolheram com confiança o símbolo das Jornadas Mundiais da Juventude


Representantes de todas as dioceses do país receberam a Cruz da Jornada Mundial da Juventude (CJMJ) das mãos dos jovens espanhóis, durante a Eucaristia que encerrou, no dia 8, a Peregrinação e Encontro de Jovens, em Santiago de Compostela. O grupo português, constituído por 15 jovens, foi encabeçado por elementos da diocese do Porto, que tiveram a responsabilidade de trazer a Cruz para Portugal. O símbolo vai percorrer o país, até dia 20 de Agosto. A iniciativa tem como objectivo congregar os jovens e prepará-los para as Jornadas Mundiais da Juventude, que se realizam daqui a um ano, em Madrid.
D. Manuel Clemente, bispo do Porto, esteve presente na cerimónia e realçou a “grande ligação das dioceses do Norte de Portugal, e em especial do Porto, a Santiago de Compostela”. Foi com naturalidade, considera o mesmo responsável, que os jovens da sua diocese “corresponderam ao convite dos bispos espanhóis, aproveitando o Ano Santo Compostelano para preparar as jornadas de Madrid”. O bispo do Porto expressou ainda a sua satisfação pela participação entusiástica dos jovens, que é um exemplo para os responsáveis da Igreja. "Encontrarmo-nos com a juventude, nos seus próprios ritmos, serve como um acerto, ajuda-nos a definir aquilo que devemos fazer", defendeu D. Manuel Clemente. O percurso da CJMJ em Portugal começou no dia 8, com passagens por Viana do Castelo e Braga. 
S. Teresa Benedita da Cruz
virgem e mártir

9 Agosto








Edith Stein, filha de pais judaicos, nasceu em Breslau no dia 12 de Outubro de 1891. Tendo-se dedicado aos estudos filosóficos, empenhou-se perseverantemente na procura da verdade, até que encontrou a fé em Deus e se converteu à Igreja Católica. Foi baptizada no dia 1 de Janeiro de 1922. Desde então serviu a Deus na função de professora e escritora. Agregada às irmãs carmelitas em 1933 com o nome Teresa Benedita da Cruz por ela escolhida, dedicou a sua vida ao serviço do povo judaico e do povo alemão. Deixando a Alemanha por causa da perseguição aos Judeus, foi recebida a 31 de Dezembro de 1938 no convento das carmelitas de Echt (Holanda). No dia 2 de Agosto de 1942 foi presa pelas autoridades que exerciam o poder aterrador na Alemanha e enviada para o campo de concentração de Auschwitz-Birkenau (Polónia), destinado ao genocídio do povo judaico. Aí foi cruelmente morta no dia 9 de Agosto.
Secretariado Nacional da Liturgia

sábado, 7 de agosto de 2010

S. DOMINGOS, presbítero

8 Agosto


Nasceu em Caleruega (Espanha) cerca do ano 1170. Estudou Teologia em Palência e foi nomeado cónego da Igreja de Osma. Por meio da sua pregação e do exemplo da sua vida combateu com grande êxito a heresia dos Albigenses. Com os companheiros que aderiram a esta empresa fundou a Ordem dos Pregadores. Morreu em Bolonha no dia 6 de Agosto de 1221.


Secretariado Nacional da Liturgia

Imagem: Internet


Para saber mais: http://dominicanos.pmeevolution.com/

DOMINGO XIX DO TEMPO COMUM - Ano C


«Estai vós também preparados»



Lc 12, 35-40

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Tende os rins cingidos e as lâmpadas acesas. Sede como homens que esperam o seu senhor ao voltar do casamento, para lhe abrirem logo a porta, quando chegar e bater. Felizes esses servos, que o senhor, ao chegar, encontrar vigilantes. Em verdade vos digo: cingir-se-á e mandará que se sentem à mesa e, passando diante deles, os servirá. Se vier à meia-noite ou de madrugada, felizes serão se assim os encontrar. Compreendei isto: se o dono da casa soubesse a que hora viria o ladrão, não o deixaria arrombar a sua casa. Estai vós também preparados, porque na hora em que não pensais virá o Filho do homem».

Secretariado Nacional da Liturgia