quarta-feira, 30 de agosto de 2017

MARTÍRIO DE S. JOÃO BAPTISTA

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 118, 46-47 

Diante dos reis anunciei a vossa palavra 
e não me envergonharei. 
Alegro-me nos vossos mandamentos, 
que muito amo, Senhor. 

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

S. AGOSTINHO, bispo e doutor da Igreja

EVANGELHO Mt 23, 8-12 
«Aquele que for o maior entre vós será o vosso servo» 
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não vos deixeis tratar por ‘Mestres’, porque um só é o vosso Mestre e vós sois todos irmãos. Na terra não chameis a ninguém vosso ‘Pai’, porque um só é o vosso pai, o Pai celeste. Nem vos deixeis tratar por ‘Doutores’, porque um só é o vosso doutor, o Messias. Aquele que for o maior entre vós será o vosso servo. Quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado». 
Palavra da salvação. 

sábado, 26 de agosto de 2017

DOMINGO XXI DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL  Salmo 137 (138), 1-2a.2bc-3.6. 8bc (R. 8bc) 
Refrão: Por vossa misericórdia, não nos abandoneis, Senhor. 
não nos abandoneis, Senhor. 

De todo o coração, Senhor, eu Vos dou graças 
porque ouvistes as palavras da minha boca. 
Na presença dos Anjos Vos hei-de cantar 
e Vos adorarei, voltado para o vosso templo santo. 

Hei-de louvar o vosso nome 
Q95;pela vossa bondade e fidelidade, 
porque exaltastes acima de tudo o vosso nome 
Q95;e a vossa promessa. 
Quando Vos invoquei, me respondestes, 
aumentastes a fortaleza da minha alma. 

O Senhor é excelso e olha para o humilde, 
ao soberbo conhece-o de longe. 
Senhor, a vossa bondade é eterna, 
não abandoneis a obra das vossas mãos.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

S. BARTOLOMEU, Apóstolo

ORAÇÃO COLECTA 

Senhor, fortalecei em nós a fé 
pela qual o apóstolo São Bartolomeu 
se consagrou de coração sincero a Cristo vosso Filho 
e concedei, por sua intercessão, que a vossa Igreja 
seja o sacramento de salvação para todos os povos. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

LECTIO DIVINA - EVANGELHO Mt 20, 1-16a

Rezar a Palavra

Ao ler esta parábola percebo, Senhor, que tudo é dom gratuito da tua bondade. Não fosse essa bondade infinita que olha para todos de igual modo e eu ficava todo o dia inativo sem ser contratado para o trabalho da vinha. Débil e inapto como me encontro, só tu poderias chamar-me a incorporar nos que pertencem ao teu reino. O meu olhar perde-se nas expectativas do meu coração e não deixo de fazer comparações. Subverto o teu reino com as minhas apreciações e considero tantas vezes que és injusto. Que o meu olhar seja puro para ver a tua bondade ao cuidar de mim, o último a quem queres tornar primeiro.

LECTIO DIVINA-QUARTA-FEIRA DA SEMANA XX DO TEMPO COMUM

Evangelho: Mt 20, 1-16a

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos a seguinte parábola: «O reino dos Céus pode comparar-se a um proprietário, que saiu muito cedo a contratar trabalhadores para a sua vinha. Ajustou com eles um denário por dia e mandou-os para a sua vinha. Saiu a meia manhã, viu outros que estavam na praça ociosos e disse-lhes: ‘Ide vós também para a minha vinha e dar-vos-ei o que for justo’. E eles foram. Voltou a sair, por volta do meio-dia e pelas três horas da tarde, e fez o mesmo. Saindo ao cair da tarde, encontrou ainda outros que estavam parados e disse-lhes: ‘Porque ficais aqui todo o dia sem trabalhar?’. Eles responderam-lhe: ‘Ninguém nos contratou’. Ele disse-lhes: ‘Ide vós também para a minha vinha’. Ao anoitecer, o dono da vinha disse ao capataz: ‘Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, a começar pelos últimos e a acabar nos primeiros’. Vieram os do entardecer e receberam um denário cada um. Quando vieram os primeiros, julgaram que iam receber mais, mas receberam também um denário cada um. Depois de o terem recebido, começaram a murmurar contra o proprietário, dizendo: ‘Estes últimos trabalharam só uma hora e deste-lhes a mesma paga que a nós, que suportámos o peso do dia e o calor’. Mas o proprietário respondeu a um deles: ‘Amigo, em nada te prejudico. Não foi um denário que ajustaste comigo? Leva o que é teu e segue o teu caminho. Eu quero dar a este último tanto como a ti. Não me será permitido fazer o que quero do que é meu? Ou serão maus os teus olhos porque eu sou bom?’. Assim, os últimos serão os primeiros e os primeiros serão os últimos».

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

CAPELA DE S. CAETANO

Sempre muito bem arranjada em cada domingo, e mais ainda em dias de festa, é um local que convida ao silêncio e à oração.
Ontem, Domingo XX do Tempo Comum, podemos dizer que a capela resplandecia de beleza, com todos os altares ornamentados de flores brancas, o que não é habitual acontecer, mas que sem dúvida a torna sublime!
E apesar das imagens não serem da melhor qualidade, não resistimos a fazer a partilha.
Nem sempre pensamos no trabalho das zeladoras, cujo apostolado é zelar pelo arranjo da igreja, onde a parte mais visível são os altares.
É uma tarefa discreta, mas fundamental ao conforto, beleza, dignidade e asseio dos templos e das celebrações.
É, pois, tempo de louvar a Deus pelas nossas zeladoras, e rezar para que Deus lhes dê muita saúde, a fim de que possam continuar a zelar com amor e alegria pela Casa do Senhor.

LITURGIA: Domingo XX do Tempo Comum

Leitura do Livro de Isaías 56, 1.6-7

Eis o que diz o Senhor:
«Respeitai o direito, praticai a justiça,
porque a minha salvação está perto,
e a minha justiça não tardará a manifestar-se.
Quanto aos estrangeiros que desejam unir-se ao Senhor
para O servirem, para amarem o seu nome e serem seus servos,
se guardarem o sábado, sem o profanarem,
se forem fiéis à minha aliança,
hei-de conduzi-los ao meu santo monte,
hei-de enchê-los de alegria na minha casa de oração.
Os seus holocaustos e os seus sacrifícios
serão aceites no meu altar,
porque a minha casa
será chamada ‘casa de oração para todos os povos’».

Palavra do Senhor.

sábado, 19 de agosto de 2017

DOMINGO XX DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL Salmo 66 (67), 2-3.5.6.8 (R. 4) 
Refrão: Louvado sejais, Senhor, 
pelos povos de toda a terra. 

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, 
resplandeça sobre nós a luz do seu rosto. 
Na terra se conhecerão os vossos caminhos 
e entre os povos a vossa salvação. 

Alegrem-se e exultem as nações, 
porque julgais os povos com justiça 
e governais as nações
sobre a terra. 

Os povos Vos louvem, ó Deus, 
todos os povos Vos louvem. 
Deus nos dê a sua bênção 
e chegue o seu temor aos confins da terra. 

10 ANO DE PAROQUIALIDADE, 2007 - 2017

Rev. José Manuel Costa Lima
Para guardar na memória e no coração...
Recordamos com imagens 
A Tomada de Posse da Paróquia, 
do Rev. Pe. Zé Manel, em 2007...

10 ANO DE PAROQUIALIDADE, de 2007 a 2017

Rev. Pe. José Manuel da Costa Lima
Ó pescador do lago da Galileia
deixa teu barco na areia e vai homens pescar. 
E tu sonhador, de não importa donde,
deixa tudo e responde, o Mestre está-te a chamar. 

Na manhã fresca de boa pesca Jesus passou
e ao pescador madrugador chamou, chamou.
Quero que deixes a rede, os peixes, a praia, o mar…
daqui em frente tu vais somente homens pescar.

Naquele cais da Galileia deixou os pais,
deixou a areia e foi pescar a outro mar.
Um a um, muitos, alegres juntos, os pescadores
foram pescar a outro mar peixes melhores.

No mar do mundo, no mar sem fundo, no mar em flor,
houve uma festa, houve uma pesca, pesca de amor;
ei-los cantando, no mar dançando, os pescadores
madrugadores na barca cheia da Galileia.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

AS BOAS VINDAS,

Ao Rev. Pe. Zé Manel, 19 de Agosto de 2007
Memórias e recordações que também são de muita saudade,
 por todos os que estiveram presente nesse dia, 
19 de Agosto de 2007, mas já partiram para o Pai.
Fotos de Paula Duarte

ATENTADOS EM ESPANHA

Responsáveis católicos lamentam «barbárie» terrorista que voltou a ensombrar o país
Os bispos da Catalunha sublinharam em comunicado a sua “total consternação” pelo atentado terrorista ocorrido esta quinta-feira em Barcelona, que custou a vida a 14 pessoas e deixou mais de uma centena de feridos.

“Nenhuma causa justifica a violência nem a morte de ninguém”, frisam aqueles responsáveis católicos, numa nota publicada através da secretaria da Conferência Episcopal Tarraconense, que engloba dioceses das regiões espanholas de Barcelona e Tarragona.

REV. PADRE JOSÉ MANUEL DA COSTA LIMA

Amanhã, 19 de Agosto, passam 10 anos em que o Pe. Zé Manel se encontra ao serviço da Paróquia de S. Pedro de Vilar do Paraíso.
Em tempo de comemoração, agradecemos a Deus o dom da sua vida sacerdotal e todo o trabalho pastoral que desenvolveu na nossa comunidade.
Rezamos para que o futuro lhe traga muitas felicidades, e a concretização de outros projectos pastorais e pessoais.
Obrigada, por ter estado junto de nós durante todos estes anos!❤️

Nota: Nos próximos dias e para marcar esta data tão importante, publicaremos imagens - cedidas pela Paula Duarte - do dia 19 de Agosto de 2007.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

LECTIO DIVINA - Quarta-feira da Semana XIX do Tempo Comum

Evangelho: Mt 18, 15-20

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Se o teu irmão te ofender, vai ter com ele e repreende-o a sós. Se te escutar, terás ganho o teu irmão. Se não te escutar, toma contigo mais uma ou duas pessoas, para que toda a questão fique resolvida pela palavra de duas ou três testemunhas. Mas se ele não lhes der ouvidos, comunica o caso à Igreja; e se também não der ouvidos à Igreja, considera-o como um pagão ou um publicano. Em verdade vos digo: Tudo o que ligardes na terra será ligado no Céu; e tudo o que desligardes na terra será desligado no Céu. Digo-vos ainda: Se dois de vós se unirem na terra para pedirem qualquer coisa, ser-lhes-á concedida por meu Pai que está nos Céus. Na verdade, onde estão dois ou três reunidos em meu nome, Eu estou no meio deles».

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA - 15 Agosto

Missas com Horário dos Domingos
08h00 - Capela de S. Martinho
09h30 - Igreja Paroquial e Capela de S. Caetano
11h00 - Capela de S. Martinho
«A minha alma glorifica o Senhor 
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 
porque pôs os olhos na humildade da sua serva: 
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada 
todas as gerações. 
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: 
Santo é o seu nome. 
A sua misericórdia se estende de geração em geração 
sobre aqueles que O temem. 
Manifestou o poder do seu braço 
e dispersou os soberbos. 
Derrubou os poderosos de seus tronos 
e exaltou os humildes. 
Aos famintos encheu de bens 
e aos ricos despediu de mãos vazias. 
Acolheu a Israel, seu servo, 
lembrado da sua misericórdia, 
como tinha prometido a nossos pais, 
a Abraão e à sua descendência para sempre». 

Lc 1, 46-56

ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA – SOLENIDADE

15 de Agosto
SALMO RESPONSORIAL Salmo 44 (45), 10.11.12.16 (R. cf. 10b) 
Refrão: À vossa direita, Senhor, a Rainha do Céu, 
ornada do ouro mais fino. 

Ao vosso encontro vêm filhas de reis, 
à vossa direita a rainha, ornada com ouro de Ofir. 

Ouve, minha filha, vê e presta atenção, 
esquece o teu povo e a casa de teu pai. 

Da tua beleza se enamora o Rei; 
Ele é o teu Senhor, presta-Lhe homenagem. 

DOMINGO XIX DO TEMPO COMUM

ANTÍFONA DE ENTRADA 
Salmo 73, 20.19.22.23

Lembrai-Vos, Senhor, da vossa aliança
não esqueçais para sempre a vida dos vossos fiéis
Levantai-Vos, Senhor, defendei a vossa causa
escutai a voz daqueles que vos procuram

sábado, 12 de agosto de 2017

DOMINGO XIX DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL Salmo 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14 (R. 8) 

Refrão: Mostrai-nos o vosso amor,
dai-nos a vossa salvação; dai-nos a vossa salvação.

Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis 
e a quantos de coração a Ele se convertem. 
A sua salvação está perto dos que O temem 
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade, 
abraçaram-se a paz e a justiça. 
A fidelidade vai germinar da terra 
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom 
e a nossa terra produzirá os seus frutos. 
A justiça caminhará à sua frente 
e a paz seguirá os seus passos.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

DIOCESE DO PORTO - Nomeações 2017

Para o serviço do Povo de Deus 
(...)
P.e José dos Santos Guedes (SMBN), Vigário Paroquial de S. Pedro de Vilar do Paraíso, Vigararia de Vila Nova de Gaia Norte;

P.e Manuel Jerónimo Nunes (SMBN), Administrador Paroquial de S. Pedro de Vilar do Paraíso, Vigararia de Vila Nova de Gaia Norte;
(...)

FESTAS EM HONRA DO BJM e SÃO CAETANO

 "Uma Procissão é um acto de culto público 
em honra de Deus ou dos Santos". 
Com solenidade, andores  engalanados, e
crianças representando figuras alegóricas,
ou segurando as mensagens. 
 O povo, sempre presente, 
e desejoso de cumprir as suas promessa,
segue atrás dos andores… 
 Elementos dos vários grupos corais 
que animaram a celebração da Eucaristia,
também participam.
 Presença das autoridades civis, 
a banda de música...
 Ao compasso de Avé, Avé, Avé-Maria
segue a procissão, em oração...
E a Relíquia da Santa Cruz, 
é trazida solenemente sob o Pálio.
Chegada dos andores à Capela 
e a sensação de missão cumprida.
E assim de cumpriu a tradição das Festas, com
Procissão do Bom Jesus do Monte e S. Caetano. 
 Muito obrigado a todos os que participaram
 e se empenharam para que tudo decorresse bem. 
Bênçãos do Bom Jesus do Monte e S. Caetano para todos,
 e que no próximo ano possam de novo participar 
e ajudar na realização das festas.

FESTAS EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Mostrai, Senhor, a vossa imensa bondade 
aos filhos que Vos imploram 
e dignai-Vos renovar e conservar 
os dons da vossa graça naqueles que se gloriam 
de Vos ter por seu criador e sua providência. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
 
Procissão de São Caetano
Agosto 2017

terça-feira, 8 de agosto de 2017

FESTAS AO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Sorrisos de Festa!😃 
D. Lourdes e D. Olívia. 
 
Apesar do cansaço das muitas horas de trabalho, a
D. Lourdes e D. Olívia permanecem junto dos andores,
para acolher todos os que chegam.
 Oferta de flores:
Devoção e reconhecimento por graça recebida.
 Momentos de contemplação e oração, 
junto do Senhor do Monte. 
 Imagem bonita e expressiva da capela,
que estava particularmente bonita.
Parabéns, pelo bom gosto e trabalho! 💗
Azafama dos preparativos 
para se dar início à Procissão.
Troca de ideias e acerto de pormenores 
com o Rev. Pe. Zé Manel. 
 Chegada das autoridades civis
que participaram na Procissão.
 Opas vestidas, cada grupo já se organiza
para a missão de carregar o seu andor.
Estandarte do Bom Jesus do Monte, 
pronto para sair.
Momento de oração no altar, 
com o Rev. Pe. Zé Manel e Sr. Diácono Celestino.
E começa então a Procissão!