Faça o seu DONATIVO à Paróquia de São Pedro de Vilar do Paraíso. NIB 0018 0000 1016 3256 0017 5, IBAN 001800001016325600175 (Fábrica da Igreja Vilar do Paraíso). Se desejar recibo para efeitos de IRS, envie e-mail para: parocovp@gmail.com. Muito obrigado! Continuação de SANTAS FESTAS PASCAIS.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

MARTÍRIO DE S. JOÃO BAPTISTA

ANTÍFONA DE ENTRADA Salmo 118, 46-47 

Diante dos reis anunciei a vossa palavra 
e não me envergonharei. 
Alegro-me nos vossos mandamentos, 
que muito amo, Senhor. 

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

S. AGOSTINHO, bispo e doutor da Igreja

EVANGELHO Mt 23, 8-12 
«Aquele que for o maior entre vós será o vosso servo» 
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus 
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Não vos deixeis tratar por ‘Mestres’, porque um só é o vosso Mestre e vós sois todos irmãos. Na terra não chameis a ninguém vosso ‘Pai’, porque um só é o vosso pai, o Pai celeste. Nem vos deixeis tratar por ‘Doutores’, porque um só é o vosso doutor, o Messias. Aquele que for o maior entre vós será o vosso servo. Quem se exalta será humilhado e quem se humilha será exaltado». 
Palavra da salvação. 

sábado, 26 de agosto de 2017

DOMINGO XXI DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL  Salmo 137 (138), 1-2a.2bc-3.6. 8bc (R. 8bc) 
Refrão: Por vossa misericórdia, não nos abandoneis, Senhor. 
não nos abandoneis, Senhor. 

De todo o coração, Senhor, eu Vos dou graças 
porque ouvistes as palavras da minha boca. 
Na presença dos Anjos Vos hei-de cantar 
e Vos adorarei, voltado para o vosso templo santo. 

Hei-de louvar o vosso nome 
Q95;pela vossa bondade e fidelidade, 
porque exaltastes acima de tudo o vosso nome 
Q95;e a vossa promessa. 
Quando Vos invoquei, me respondestes, 
aumentastes a fortaleza da minha alma. 

O Senhor é excelso e olha para o humilde, 
ao soberbo conhece-o de longe. 
Senhor, a vossa bondade é eterna, 
não abandoneis a obra das vossas mãos.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

S. BARTOLOMEU, Apóstolo

ORAÇÃO COLECTA 

Senhor, fortalecei em nós a fé 
pela qual o apóstolo São Bartolomeu 
se consagrou de coração sincero a Cristo vosso Filho 
e concedei, por sua intercessão, que a vossa Igreja 
seja o sacramento de salvação para todos os povos. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

LECTIO DIVINA - EVANGELHO Mt 20, 1-16a

Rezar a Palavra

Ao ler esta parábola percebo, Senhor, que tudo é dom gratuito da tua bondade. Não fosse essa bondade infinita que olha para todos de igual modo e eu ficava todo o dia inativo sem ser contratado para o trabalho da vinha. Débil e inapto como me encontro, só tu poderias chamar-me a incorporar nos que pertencem ao teu reino. O meu olhar perde-se nas expectativas do meu coração e não deixo de fazer comparações. Subverto o teu reino com as minhas apreciações e considero tantas vezes que és injusto. Que o meu olhar seja puro para ver a tua bondade ao cuidar de mim, o último a quem queres tornar primeiro.

LECTIO DIVINA-QUARTA-FEIRA DA SEMANA XX DO TEMPO COMUM

Evangelho: Mt 20, 1-16a

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos a seguinte parábola: «O reino dos Céus pode comparar-se a um proprietário, que saiu muito cedo a contratar trabalhadores para a sua vinha. Ajustou com eles um denário por dia e mandou-os para a sua vinha. Saiu a meia manhã, viu outros que estavam na praça ociosos e disse-lhes: ‘Ide vós também para a minha vinha e dar-vos-ei o que for justo’. E eles foram. Voltou a sair, por volta do meio-dia e pelas três horas da tarde, e fez o mesmo. Saindo ao cair da tarde, encontrou ainda outros que estavam parados e disse-lhes: ‘Porque ficais aqui todo o dia sem trabalhar?’. Eles responderam-lhe: ‘Ninguém nos contratou’. Ele disse-lhes: ‘Ide vós também para a minha vinha’. Ao anoitecer, o dono da vinha disse ao capataz: ‘Chama os trabalhadores e paga-lhes o salário, a começar pelos últimos e a acabar nos primeiros’. Vieram os do entardecer e receberam um denário cada um. Quando vieram os primeiros, julgaram que iam receber mais, mas receberam também um denário cada um. Depois de o terem recebido, começaram a murmurar contra o proprietário, dizendo: ‘Estes últimos trabalharam só uma hora e deste-lhes a mesma paga que a nós, que suportámos o peso do dia e o calor’. Mas o proprietário respondeu a um deles: ‘Amigo, em nada te prejudico. Não foi um denário que ajustaste comigo? Leva o que é teu e segue o teu caminho. Eu quero dar a este último tanto como a ti. Não me será permitido fazer o que quero do que é meu? Ou serão maus os teus olhos porque eu sou bom?’. Assim, os últimos serão os primeiros e os primeiros serão os últimos».

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

CAPELA DE S. CAETANO

Sempre muito bem arranjada em cada domingo, e mais ainda em dias de festa, é um local que convida ao silêncio e à oração.
Ontem, Domingo XX do Tempo Comum, podemos dizer que a capela resplandecia de beleza, com todos os altares ornamentados de flores brancas, o que não é habitual acontecer, mas que sem dúvida a torna sublime!
E apesar das imagens não serem da melhor qualidade, não resistimos a fazer a partilha.
Nem sempre pensamos no trabalho das zeladoras, cujo apostolado é zelar pelo arranjo da igreja, onde a parte mais visível são os altares.
É uma tarefa discreta, mas fundamental ao conforto, beleza, dignidade e asseio dos templos e das celebrações.
É, pois, tempo de louvar a Deus pelas nossas zeladoras, e rezar para que Deus lhes dê muita saúde, a fim de que possam continuar a zelar com amor e alegria pela Casa do Senhor.

LITURGIA: Domingo XX do Tempo Comum

Leitura do Livro de Isaías 56, 1.6-7

Eis o que diz o Senhor:
«Respeitai o direito, praticai a justiça,
porque a minha salvação está perto,
e a minha justiça não tardará a manifestar-se.
Quanto aos estrangeiros que desejam unir-se ao Senhor
para O servirem, para amarem o seu nome e serem seus servos,
se guardarem o sábado, sem o profanarem,
se forem fiéis à minha aliança,
hei-de conduzi-los ao meu santo monte,
hei-de enchê-los de alegria na minha casa de oração.
Os seus holocaustos e os seus sacrifícios
serão aceites no meu altar,
porque a minha casa
será chamada ‘casa de oração para todos os povos’».

Palavra do Senhor.

sábado, 19 de agosto de 2017

DOMINGO XX DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL Salmo 66 (67), 2-3.5.6.8 (R. 4) 
Refrão: Louvado sejais, Senhor, 
pelos povos de toda a terra. 

Deus Se compadeça de nós e nos dê a sua bênção, 
resplandeça sobre nós a luz do seu rosto. 
Na terra se conhecerão os vossos caminhos 
e entre os povos a vossa salvação. 

Alegrem-se e exultem as nações, 
porque julgais os povos com justiça 
e governais as nações
sobre a terra. 

Os povos Vos louvem, ó Deus, 
todos os povos Vos louvem. 
Deus nos dê a sua bênção 
e chegue o seu temor aos confins da terra. 

10 ANO DE PAROQUIALIDADE, 2007 - 2017

Rev. José Manuel Costa Lima
Para guardar na memória e no coração...
Recordamos com imagens 
A Tomada de Posse da Paróquia, 
do Rev. Pe. Zé Manel, em 2007...

10 ANO DE PAROQUIALIDADE, de 2007 a 2017

Rev. Pe. José Manuel da Costa Lima
Ó pescador do lago da Galileia
deixa teu barco na areia e vai homens pescar. 
E tu sonhador, de não importa donde,
deixa tudo e responde, o Mestre está-te a chamar. 

Na manhã fresca de boa pesca Jesus passou
e ao pescador madrugador chamou, chamou.
Quero que deixes a rede, os peixes, a praia, o mar…
daqui em frente tu vais somente homens pescar.

Naquele cais da Galileia deixou os pais,
deixou a areia e foi pescar a outro mar.
Um a um, muitos, alegres juntos, os pescadores
foram pescar a outro mar peixes melhores.

No mar do mundo, no mar sem fundo, no mar em flor,
houve uma festa, houve uma pesca, pesca de amor;
ei-los cantando, no mar dançando, os pescadores
madrugadores na barca cheia da Galileia.

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

AS BOAS VINDAS,

Ao Rev. Pe. Zé Manel, 19 de Agosto de 2007
Memórias e recordações que também são de muita saudade,
 por todos os que estiveram presente nesse dia, 
19 de Agosto de 2007, mas já partiram para o Pai.
Fotos de Paula Duarte

ATENTADOS EM ESPANHA

Responsáveis católicos lamentam «barbárie» terrorista que voltou a ensombrar o país
Os bispos da Catalunha sublinharam em comunicado a sua “total consternação” pelo atentado terrorista ocorrido esta quinta-feira em Barcelona, que custou a vida a 14 pessoas e deixou mais de uma centena de feridos.

“Nenhuma causa justifica a violência nem a morte de ninguém”, frisam aqueles responsáveis católicos, numa nota publicada através da secretaria da Conferência Episcopal Tarraconense, que engloba dioceses das regiões espanholas de Barcelona e Tarragona.

REV. PADRE JOSÉ MANUEL DA COSTA LIMA

Amanhã, 19 de Agosto, passam 10 anos em que o Pe. Zé Manel se encontra ao serviço da Paróquia de S. Pedro de Vilar do Paraíso.
Em tempo de comemoração, agradecemos a Deus o dom da sua vida sacerdotal e todo o trabalho pastoral que desenvolveu na nossa comunidade.
Rezamos para que o futuro lhe traga muitas felicidades, e a concretização de outros projectos pastorais e pessoais.
Obrigada, por ter estado junto de nós durante todos estes anos!❤️

Nota: Nos próximos dias e para marcar esta data tão importante, publicaremos imagens - cedidas pela Paula Duarte - do dia 19 de Agosto de 2007.

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

LECTIO DIVINA - Quarta-feira da Semana XIX do Tempo Comum

Evangelho: Mt 18, 15-20

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Se o teu irmão te ofender, vai ter com ele e repreende-o a sós. Se te escutar, terás ganho o teu irmão. Se não te escutar, toma contigo mais uma ou duas pessoas, para que toda a questão fique resolvida pela palavra de duas ou três testemunhas. Mas se ele não lhes der ouvidos, comunica o caso à Igreja; e se também não der ouvidos à Igreja, considera-o como um pagão ou um publicano. Em verdade vos digo: Tudo o que ligardes na terra será ligado no Céu; e tudo o que desligardes na terra será desligado no Céu. Digo-vos ainda: Se dois de vós se unirem na terra para pedirem qualquer coisa, ser-lhes-á concedida por meu Pai que está nos Céus. Na verdade, onde estão dois ou três reunidos em meu nome, Eu estou no meio deles».

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA - 15 Agosto

Missas com Horário dos Domingos
08h00 - Capela de S. Martinho
09h30 - Igreja Paroquial e Capela de S. Caetano
11h00 - Capela de S. Martinho
«A minha alma glorifica o Senhor 
e o meu espírito se alegra em Deus, meu Salvador, 
porque pôs os olhos na humildade da sua serva: 
de hoje em diante me chamarão bem-aventurada 
todas as gerações. 
O Todo-Poderoso fez em mim maravilhas: 
Santo é o seu nome. 
A sua misericórdia se estende de geração em geração 
sobre aqueles que O temem. 
Manifestou o poder do seu braço 
e dispersou os soberbos. 
Derrubou os poderosos de seus tronos 
e exaltou os humildes. 
Aos famintos encheu de bens 
e aos ricos despediu de mãos vazias. 
Acolheu a Israel, seu servo, 
lembrado da sua misericórdia, 
como tinha prometido a nossos pais, 
a Abraão e à sua descendência para sempre». 

Lc 1, 46-56

ASSUNÇÃO DA VIRGEM SANTA MARIA – SOLENIDADE

15 de Agosto
SALMO RESPONSORIAL Salmo 44 (45), 10.11.12.16 (R. cf. 10b) 
Refrão: À vossa direita, Senhor, a Rainha do Céu, 
ornada do ouro mais fino. 

Ao vosso encontro vêm filhas de reis, 
à vossa direita a rainha, ornada com ouro de Ofir. 

Ouve, minha filha, vê e presta atenção, 
esquece o teu povo e a casa de teu pai. 

Da tua beleza se enamora o Rei; 
Ele é o teu Senhor, presta-Lhe homenagem. 

DOMINGO XIX DO TEMPO COMUM

ANTÍFONA DE ENTRADA 
Salmo 73, 20.19.22.23

Lembrai-Vos, Senhor, da vossa aliança
não esqueçais para sempre a vida dos vossos fiéis
Levantai-Vos, Senhor, defendei a vossa causa
escutai a voz daqueles que vos procuram

sábado, 12 de agosto de 2017

DOMINGO XIX DO TEMPO COMUM - Ano A

SALMO RESPONSORIAL Salmo 84 (85), 9ab-10.11-12.13-14 (R. 8) 

Refrão: Mostrai-nos o vosso amor,
dai-nos a vossa salvação; dai-nos a vossa salvação.

Deus fala de paz ao seu povo e aos seus fiéis 
e a quantos de coração a Ele se convertem. 
A sua salvação está perto dos que O temem 
e a sua glória habitará na nossa terra.

Encontraram-se a misericórdia e a fidelidade, 
abraçaram-se a paz e a justiça. 
A fidelidade vai germinar da terra 
e a justiça descerá do Céu.

O Senhor dará ainda o que é bom 
e a nossa terra produzirá os seus frutos. 
A justiça caminhará à sua frente 
e a paz seguirá os seus passos.

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

DIOCESE DO PORTO - Nomeações 2017

Para o serviço do Povo de Deus 
(...)
P.e José dos Santos Guedes (SMBN), Vigário Paroquial de S. Pedro de Vilar do Paraíso, Vigararia de Vila Nova de Gaia Norte;

P.e Manuel Jerónimo Nunes (SMBN), Administrador Paroquial de S. Pedro de Vilar do Paraíso, Vigararia de Vila Nova de Gaia Norte;
(...)

FESTAS EM HONRA DO BJM e SÃO CAETANO

 "Uma Procissão é um acto de culto público 
em honra de Deus ou dos Santos". 
Com solenidade, andores  engalanados, e
crianças representando figuras alegóricas,
ou segurando as mensagens. 
 O povo, sempre presente, 
e desejoso de cumprir as suas promessa,
segue atrás dos andores… 
 Elementos dos vários grupos corais 
que animaram a celebração da Eucaristia,
também participam.
 Presença das autoridades civis, 
a banda de música...
 Ao compasso de Avé, Avé, Avé-Maria
segue a procissão, em oração...
E a Relíquia da Santa Cruz, 
é trazida solenemente sob o Pálio.
Chegada dos andores à Capela 
e a sensação de missão cumprida.
E assim de cumpriu a tradição das Festas, com
Procissão do Bom Jesus do Monte e S. Caetano. 
 Muito obrigado a todos os que participaram
 e se empenharam para que tudo decorresse bem. 
Bênçãos do Bom Jesus do Monte e S. Caetano para todos,
 e que no próximo ano possam de novo participar 
e ajudar na realização das festas.

FESTAS EM HONRA DO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Mostrai, Senhor, a vossa imensa bondade 
aos filhos que Vos imploram 
e dignai-Vos renovar e conservar 
os dons da vossa graça naqueles que se gloriam 
de Vos ter por seu criador e sua providência. 
Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, 
que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.
 
Procissão de São Caetano
Agosto 2017

terça-feira, 8 de agosto de 2017

FESTAS AO BOM JESUS DO MONTE E SÃO CAETANO

Sorrisos de Festa!😃 
D. Lourdes e D. Olívia. 
 
Apesar do cansaço das muitas horas de trabalho, a
D. Lourdes e D. Olívia permanecem junto dos andores,
para acolher todos os que chegam.
 Oferta de flores:
Devoção e reconhecimento por graça recebida.
 Momentos de contemplação e oração, 
junto do Senhor do Monte. 
 Imagem bonita e expressiva da capela,
que estava particularmente bonita.
Parabéns, pelo bom gosto e trabalho! 💗
Azafama dos preparativos 
para se dar início à Procissão.
Troca de ideias e acerto de pormenores 
com o Rev. Pe. Zé Manel. 
 Chegada das autoridades civis
que participaram na Procissão.
 Opas vestidas, cada grupo já se organiza
para a missão de carregar o seu andor.
Estandarte do Bom Jesus do Monte, 
pronto para sair.
Momento de oração no altar, 
com o Rev. Pe. Zé Manel e Sr. Diácono Celestino.
E começa então a Procissão!