domingo, 17 de dezembro de 2017

EXULTO DE ALEGRIA NO SENHOR

Na carta aos Tessalonicenses, Paulo aconselha-nos a viver alegres, falando como se esse fosse o nosso dever: “Vivei sempre alegres” (1 Tes 5,16). É por isso que em português se diz que um santo triste é um triste santo. O cristão, consciente de ser amado por Deus, é alguém capaz de celebrar esse amor e de fazer da vida uma festa, mesmo quando encontra problemas e dificuldades. 

O cristão, consciente de ser amado por Deus, é alguém capaz de celebrar esse amor e de fazer da vida uma festa, mesmo quando encontra problemas e dificuldades. Não é a loucura ou a estupidez de quem não consegue ver a realidade crua e nua da dor e do sofrimento duma vida que corre para a morte, mas é a confiança nascida da esperança de que a morte será vencida e de que nós participaremos dessa vitória.

Sem comentários: