domingo, 15 de fevereiro de 2015

A CIDADE AINDA TEM LUGAR PARA O SAGRADO?


Como entender e alargar os espaços do sagrado na cidade? Estes, com efeito, não se limitam às igrejas e aos lugares de culto, mas estendem-se a todos os recantos onde vivem, sofrem e esperam as pessoas. Santo Ireneu escrevia que o homem vivo dá glória a Deus ainda antes que o esplendor das catedrais. Cada ser humano é templo vivo do Espírito Santo (1 Coríntios 13, 16-17), e, enquanto tal, é titular de sacralidade e de suma dignidade.

Sem comentários: