quarta-feira, 16 de maio de 2018

EUTANÁSIA um «retrocesso civilizacional»


O bispo de Aveiro D. António Moiteiro publicou hoje uma nota pastoral sobre o tema da eutanásia, considerando que a eventual legalização desta prática constituiria um “retrocesso civilizacional” para Portugal.“
(...)
O que deveria estar a discutir-se seriam os modos de atuar para minorar o sofrimento e a dor de quem está perante o limite e a fragilidade”

O bispo de Aveiro entende que a eutanásia, enquanto antecipação da morte, “não poderá, de modo algum, considerar-se uma resposta humanamente adequada”.

“Ela significa abandono, desistência e incapacidade de responder com o cuidado humanizado em favor de quem se encontra em situação de debilidade”.
(...)
“Depois de legalizada, a eutanásia torna-se um horizonte que atinge todos aqueles que, um dia, venham a necessitar dos cuidados de saúde. Não apenas como uma possibilidade, mas como uma tentação: a de eliminar quem passasse a sentir-se como um peso para si próprio e para os demais”.

Sem comentários: