quarta-feira, 16 de maio de 2018

A PASTORAL DA FAMÍLIA CONVIDA, toda a comunidade a participar

DEBATE SOBRE A EUTANÁSIA
Hoje, dia 16 de Maio às 21h30, 
no SALÃO PAROQUIAL.
Mas, fundamentalmente, o que mais deveria preocupar os dirigentes sociais é o desaparecimento da ética, estrutura estabilizadora da sociedade, com o consequente confiar ao direito toda a força da regulamentação. É que este só se impõe pela força do direito… penal. O direito é bom, mas desde que não se torne exclusivo: ao confiar-lhe a totalidade da normalização social, abdicamos da força da liberdade constituinte da pessoa em detrimento da normativa exterior e coercitiva. O que vai sempre desembocar no positivismo jurídico, isto é, na aplicação fria da normativa, sem comiseração nem contemplações, como demonstrou o recente caso da criança inglesa Alfie Evans. A eutanásia representa, portanto, um terrível abaixamento do «tónus» moral da sociedade com consequências que, a médio prazo, podem ser dramáticas.

D. Manuel Linda
http://diocese-porto.pt/index.php?option=com_content&view=article&id=3683:eutanasia-pequeno-contributo-para-um-dialogo-cultural-serio&catid=153:textos-e-apresentacoes&Itemid=242

Sem comentários: